Loading
 
 
 
Loading
 
Novo Bispo de Valença (RJ) escreve mensagem pela sua chegada ao bispado
Loading
 
12 de Fevereiro de 2014 / 2 Comentários
 
Imprimir
 
 

Valença - Rio de Janeiro (Quarta-feira, 12-02-2014, Gaudium Press) Alegria por parte dos fiéis da Diocese de Valença, no Rio de Janeiro. Após o pedido de renúncia de Dom Elias James Manning, Bispo que esteve 24 anos à frente do Bispado, era aguardado o momento do anúncio do novo prelado.

Anunciado nesta quarta-feira, 12, pelo Papa Francisco, através do Núncio Apostólico do Brasil, Dom Giovanni D'Aniello, Dom Nelson Francelino Ferreira, até então Bispo titular de Alava e Auxiliar de São Sebastião do Rio de Janeiro, terá um novo ministério a servir e sabe que, para isso, precisa contar com o apoio e as orações dos fiéis diocesanos.

Sendo assim, Dom Nelson tratou de escrever uma carta publicada no site da Diocese de Valença onde enaltece seu chamado e felicidade pela escolha feita pelo Santo Padre.

De acordo com o prelado, "ser Bispo não é uma honra, mas um serviço e, por isso, respondi sim ao chamado para assumir o pastoreio dessa Diocese, que mesmo sem conhecê-la em profundidade, já posso dizer que a amo intensamente".

"Desejo caminhar junto com todos os que aí já trabalham; e sempre em comunhão com a Igreja, com o Santo Padre, o Papa Francisco, com os Bispos do Leste I, com o Clero, com os agentes de pastoral e movimentos, com as equipes de trabalho, ministérios, associações religiosas, com todo o povo e autoridades desses nove municípios que compõem essa Diocese. Quero, com paciência e caridade, conhecer, ouvir, refletir, esperar e acolher sempre. Que o Bom Deus nos ajude e nos oriente."

Dom Nelson ainda agradeceu, de modo especial, os apoios vindos do Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, do Bispo Emérito de Valença, Dom Elias, e todos os diáconos, padres, seminaristas, religiosos e leigos da Diocese da cidade localizada na região Sul do Estado do Rio de Janeiro.

"Que São Sebastião interceda pelo nosso ministério. Confio-me inteiramente a mim e a toda Diocese a nossa Senhora, Mãe e Modelo da Igreja, para que consigamos corresponder às expectativas e sempre exercer o Ministério Episcopal com alegria e solicitude, em conformidade com tudo aquilo que fora semeado pelos meus ilustríssimos antecessores que marcaram com êxitos a história desta quase centenária Diocese", concluiu.

O Bispo antecessor, Dom Elias, também manifestou sua satisfação pelo anúncio de Dom Nelson como novo administrador diocesano:

"É com muita alegria que acolhemos o nosso novo Pastor, Dom Nelson Francelino Ferreira. Ele é amigo nosso conhecido de anos atrás quando, como padre da Arquidiocese do Rio, era o responsável pela Pastoral da Juventude no Estado do Rio. Quem conhece o Dom Nelson sabe que é pessoa abençoada por Deus com os talentos e as qualidades pessoais que o deixam mais do que capacitado para assumir a nova missão na Diocese de Valença. Vamos recebê-lo de braços e corações abertos como nosso novo Pastor."

A Missa de posse do novo Bispo de Valença será realizada no próximo dia 5 de abril, às 16h, na Catedral de Nossa Senhora da Glória, na cidade localizada no Rio. (LMI)

Da redação, com informações Diocese de Valença

Loading
Novo Bispo de Valença (RJ) escreve mensagem pela sua chegada ao bispado

Valença - Rio de Janeiro (Quarta-feira, 12-02-2014, Gaudium Press) Alegria por parte dos fiéis da Diocese de Valença, no Rio de Janeiro. Após o pedido de renúncia de Dom Elias James Manning, Bispo que esteve 24 anos à frente do Bispado, era aguardado o momento do anúncio do novo prelado.

Anunciado nesta quarta-feira, 12, pelo Papa Francisco, através do Núncio Apostólico do Brasil, Dom Giovanni D'Aniello, Dom Nelson Francelino Ferreira, até então Bispo titular de Alava e Auxiliar de São Sebastião do Rio de Janeiro, terá um novo ministério a servir e sabe que, para isso, precisa contar com o apoio e as orações dos fiéis diocesanos.

Sendo assim, Dom Nelson tratou de escrever uma carta publicada no site da Diocese de Valença onde enaltece seu chamado e felicidade pela escolha feita pelo Santo Padre.

De acordo com o prelado, "ser Bispo não é uma honra, mas um serviço e, por isso, respondi sim ao chamado para assumir o pastoreio dessa Diocese, que mesmo sem conhecê-la em profundidade, já posso dizer que a amo intensamente".

"Desejo caminhar junto com todos os que aí já trabalham; e sempre em comunhão com a Igreja, com o Santo Padre, o Papa Francisco, com os Bispos do Leste I, com o Clero, com os agentes de pastoral e movimentos, com as equipes de trabalho, ministérios, associações religiosas, com todo o povo e autoridades desses nove municípios que compõem essa Diocese. Quero, com paciência e caridade, conhecer, ouvir, refletir, esperar e acolher sempre. Que o Bom Deus nos ajude e nos oriente."

Dom Nelson ainda agradeceu, de modo especial, os apoios vindos do Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, do Bispo Emérito de Valença, Dom Elias, e todos os diáconos, padres, seminaristas, religiosos e leigos da Diocese da cidade localizada na região Sul do Estado do Rio de Janeiro.

"Que São Sebastião interceda pelo nosso ministério. Confio-me inteiramente a mim e a toda Diocese a nossa Senhora, Mãe e Modelo da Igreja, para que consigamos corresponder às expectativas e sempre exercer o Ministério Episcopal com alegria e solicitude, em conformidade com tudo aquilo que fora semeado pelos meus ilustríssimos antecessores que marcaram com êxitos a história desta quase centenária Diocese", concluiu.

O Bispo antecessor, Dom Elias, também manifestou sua satisfação pelo anúncio de Dom Nelson como novo administrador diocesano:

"É com muita alegria que acolhemos o nosso novo Pastor, Dom Nelson Francelino Ferreira. Ele é amigo nosso conhecido de anos atrás quando, como padre da Arquidiocese do Rio, era o responsável pela Pastoral da Juventude no Estado do Rio. Quem conhece o Dom Nelson sabe que é pessoa abençoada por Deus com os talentos e as qualidades pessoais que o deixam mais do que capacitado para assumir a nova missão na Diocese de Valença. Vamos recebê-lo de braços e corações abertos como nosso novo Pastor."

A Missa de posse do novo Bispo de Valença será realizada no próximo dia 5 de abril, às 16h, na Catedral de Nossa Senhora da Glória, na cidade localizada no Rio. (LMI)

Da redação, com informações Diocese de Valença

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/55801-Novo-Bispo-de-Valenca--RJ--escreve-mensagem-pela-sua-chegada-ao-bispado. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.





2 Comentarios para "Gaudium Press"
 

MQNOEL

2014-02-19 10:10:05

São palavras do SANTO PADRE, bem adequadas ao momento da Igreja em Valença-RJ.

8/01/2014 15:17 | Categorias: Igreja Católica, Papa Francisco
A Igreja não vai adiante "apenas com as forças humanas", diz o Papa

O Papa menciona os sacerdotes que dão verdadeiro testemunho de santidade no silêncio: “Faz mais barulho uma árvore que cai, do que uma floresta que cresce”.

Ontem, durante sua Missa matutina na Casa Santa Marta, o Papa Francisco recordou a constituição divina do sacerdócio. Ele explicou que a Igreja não pode ser entendida simplesmente como uma organização humana: os sacerdotes não são chefes de "uma empresa", mas pessoas ungidas por Deus para levar a cabo a Sua obra de salvação.

"Os bispos não são eleitos apenas para levar avante uma organização, que se chama Igreja particular; são ungidos, eles têm a unção e o Espírito do Senhor está com eles. (...) O que faz a Igreja realmente, e o que dá unidade à Igreja, é a pessoa do bispo, em nome de Jesus Cristo, porque ele é ungido, não porque ele foi eleito pela maioria. Porque é ungido. É nesta unção que uma Igreja particular tem a sua força. E por participação também os sacerdotes são ungidos."

Justamente por essa interferência do sobrenatural na vida da Igreja, não é possível entender nem explicar "como a Igreja vai avante somente com as forças humanas". "Esta diocese vai avante porque tem um povo santo, tantas coisas, e também um ungido que a conduz, que a ajuda a crescer. Esta paróquia vai para frente porque há muitas organizações, tantas coisas, mas também tem um sacerdote, um ungido que a leva para frente", afirmou o Pontífice.

O Santo Padre também ofereceu um tributo aos sacerdotes que vivem a santidade no anonimato de suas paróquias e comunidades, a todos "os párocos do interior ou da cidade, que com a sua unção deram força ao povo, transmitiram a doutrina, deram os sacramentos, isto é a santidade":

"Mas, padre, eu li em um jornal que um bispo fez tal coisa, ou que um padre fez tal coisa. Oh sim, também eu li, mas, me diga, os jornais dão também notícias daquilo que fazem tantos sacerdotes, tantos padres em muitas paróquias da cidade ou do interior, que fazem tanta caridade, tanto trabalho para levar avante o seu povo? Isso, não! Isso não é notícia. É sempre assim: faz mais barulho uma árvore que cai, do que uma floresta que cresce. Hoje, pensando na unção de Davi, nos faz bem pensar em nossos bispos e nos nossos sacerdotes corajosos, santos, bons, fiéis, e rezar por eles. Graças a eles hoje nós estamos aqui."

Na mesma homilia, Francisco sublinhou que é a unção que dá aos sacerdotes a força "para viver ao serviço de um povo".

Foi ressaltando esse mesmo espírito de serviço que Sua Santidade endereçou uma carta aos prelados escolhidos para serem feitos cardeais no próximo Consistório. Em breves linhas, o Papa destacou que "o Cardinalato não significa uma promoção, uma honra ou uma decoração", mas "um serviço" que "exige que se alargue o olhar e se amplie o coração".

Ao final da correspondência, ele fez um pedido especial: "É por isso que te peço, por favor, que recebas esta designação com um coração simples e humilde. E, não obstante tu devas fazê-lo com júbilo e alegria, faz com que este sentimento permaneça distante de qualquer expressão de mundanidade, de qualquer festa alheia ao espírito evangélico de austeridade, sobriedade e pobreza"1.

Entre os bispos escolhidos para receber o barrete cardinalício está o arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta. O Consistório que criará outros 15 cardeais acontecerá no próximo dia 22 de fevereiro.

Por Equipe Christo Nihil Praeponere | Informações: Rádio Vaticano





MQNOEL

2014-02-18 17:19:44

Felicidades e nossas orações pedindo a Nossa Senhora da Gloria que o oriente à frente de nossa diocese para torná-la mais santa e mais fervorosa no AMOR A DEUS!







 

Deixe seu comentario
O seu endereco de email nao sera publicado Campos obrigatorios sao marcados *




 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Regional Sul 2 da CNBB, que abrange o Estado do Paraná, promoverá a sua 35ª Assembleia do Povo ...
 
"A Palavra de Deus em nossa vida" é o título do mais recente artigo de Dom José Gislon, Bispo da ...
 
Na ocasião, os presentes tiveram a oportunidade de ter o contato com a Exortação Apostólica Verb ...
 
“Se podemos ajudar com a Fé, ou a vida de oração ou a prática espiritual, isso vai se notar no ...
 
Cerca de 7 mil fiéis estiveram presentes na peregrinação ao Santuário Nossa Senhora da Piedade, ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading