Loading
 
 
 
Loading
 
Festa do Santuário de Nossa Senhora das Graças, na Paróquia de Cimbres, Agreste de Pernambuco
Loading
 
25 de Agosto de 2015 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Pesqueira - Pernambuco (Terça-feira, 25/08/2015, Gaudium Press) - A Paróquia de Nossa Senhora das Montanhas de Cimbres, Diocese de Pesqueira, está divulgando a programação da 79ª Festa de Nossa Senhora das Graças, no Santuário a ela dedicado.

Imagem Santuário (1).JPG

As comemorações são realizadas entre os dias 28 e 31 de agosto e tiveram seu início em 1936, depois que duas meninas afirmaram ter tido uma visão da Virgem Maria. Uma devoção marcadamente popular que já está chegando aos 80 anos.

Durante os dias da festa, a programação é enriquecida por celebrações e orações tais como Missas, Terços, Ofício da Imaculada e Adoração. Confira o programa de cada dia:
28 de agosto (Sexta-Feira) Dia dedicado a todas as lideranças indígenas
29 de agosto (Sábado) Dia dedicado aos Catequistas
30 de agosto (Domingo) Dia dedicado às famílias e peregrinos.
31 de agosto (Segunda-Feira) Dia dedicado às famílias e visitantes do Santuário

O Santuário

O Santuário está localizado dentro da reserva indígena Xucuru do Ororubá, na Aldeia Guarda, distante 215 km da Capital Recife, e a aproximadamente 25 km da Cidade de Pesqueira, na Região do Agreste pernambucano.

O acesso pode ser feito pela rodovia PE-219 até Cimbres, Sede da Paróquia, e dali chega-se à Aldeia Cajueiro por estrada municipal.

História

A festa em torno da afirmação das meninas de que a Virgem Maria lhes apareceu é celebrada em 31 de Agosto, data em que as videntes afirmam ter sido a última das aparições.

Tudo aconteceu no ano de 1936, dia 6 de agosto, quando Arthur Teixeira mandou sua filha Maria da Luz com Maria da Conceição ao sítio para colher sementes de mamona.

Obedientes seguiram as duas, conversando sobre o tempo passado de perseguição e perigo. Em dado momento, Maria da Luz perguntou a sua companheira: "O que você faria se agora mesmo chegasse aqui Lampião?" - Imediatamente esta respondeu: "Nossa Senhora haveria de dar-nos um jeito para este malvado não nos ofender."

E olhando em direção a serra, ficou por um momento surpreendida. Parecia-lhe ver no alto da serra uma imagem em forma de mulher com uma criança que lhe fazia sinais com a mão. Programação Santuário.jpg

Apontando para a serra disse bem alto:

--"Olha lá uma imagem!"

"Maria da Luz olhou na direção apontada e também viu a imagem." "Uma Mulher bonita com um Menino nos braços."
Por uns momentos, nenhuma ousou proferir palavra alguma, talvez se lembrando da conversa e com a preocupação nos bandidos.

Logo, porém cessou a apreensão e ao notarem que esta mulher era muito bonita e seu menino nos braços ainda mais belo, e que esta as chamava fazendo sinais com a mão desocupada.

Como era de ser esperar a notícia se espalhou pela região como fogo. De toda parte chegaram fiéis para rezar no lugar e fazer seus pedidos a Nossa Senhora.

No terceiro dia, havendo muitas pessoas presentes, grande parte do povo dizia que só acreditava se a imagem desse um sinal visível para todos.

Tristes, as meninas então pediram que desse um sinal a fim de convencer a todos que elas não mentiram. "Darei" disse a imagem.

No dia seguinte, 10 de agosto, cedinho, as meninas foram visitar o seu lugar predileto e ao chegarem a imagem lhes apontou logo a água que saía da rocha em frente ao lugar da aparição. Há na rocha uma pequena cavidade sem rachadura e estava cheia d'água e receberam esta resposta: "Para curar doenças".

Também o vigário de Pesqueira, Padre Manoel Marques, ouviu falar da aparição. Ele mandou pedir ao Sr. Arthur que para a festa de 15 de agosto levasse a menina, a fim de que ela assistisse ao retiro das Filhas de Maria. Seu pai fez conforme o pedido, tendo esta, posteriormente, recebido a fita de "Filha de Maria".
Depois da Missa, o vigário falou muito tempo com Maria da Luz e seu pai a respeito da aparição e mandou que ela fosse ao palácio do Exmo. Senhor Bispo Diocesano a fim de lhe contar todo ocorrido.
Oitenta anos se passaram...

História Completa

Para ter acesso à história completa, acessar >> http://paroquia-nsa-sra-das-montanhas.webnode.com/santuario-da-gra%C3%A7a-/ <<.

Loading
Festa do Santuário de Nossa Senhora das Graças, na Paróquia de Cimbres, Agreste de Pernambuco

Pesqueira - Pernambuco (Terça-feira, 25/08/2015, Gaudium Press) - A Paróquia de Nossa Senhora das Montanhas de Cimbres, Diocese de Pesqueira, está divulgando a programação da 79ª Festa de Nossa Senhora das Graças, no Santuário a ela dedicado.

Imagem Santuário (1).JPG

As comemorações são realizadas entre os dias 28 e 31 de agosto e tiveram seu início em 1936, depois que duas meninas afirmaram ter tido uma visão da Virgem Maria. Uma devoção marcadamente popular que já está chegando aos 80 anos.

Durante os dias da festa, a programação é enriquecida por celebrações e orações tais como Missas, Terços, Ofício da Imaculada e Adoração. Confira o programa de cada dia:
28 de agosto (Sexta-Feira) Dia dedicado a todas as lideranças indígenas
29 de agosto (Sábado) Dia dedicado aos Catequistas
30 de agosto (Domingo) Dia dedicado às famílias e peregrinos.
31 de agosto (Segunda-Feira) Dia dedicado às famílias e visitantes do Santuário

O Santuário

O Santuário está localizado dentro da reserva indígena Xucuru do Ororubá, na Aldeia Guarda, distante 215 km da Capital Recife, e a aproximadamente 25 km da Cidade de Pesqueira, na Região do Agreste pernambucano.

O acesso pode ser feito pela rodovia PE-219 até Cimbres, Sede da Paróquia, e dali chega-se à Aldeia Cajueiro por estrada municipal.

História

A festa em torno da afirmação das meninas de que a Virgem Maria lhes apareceu é celebrada em 31 de Agosto, data em que as videntes afirmam ter sido a última das aparições.

Tudo aconteceu no ano de 1936, dia 6 de agosto, quando Arthur Teixeira mandou sua filha Maria da Luz com Maria da Conceição ao sítio para colher sementes de mamona.

Obedientes seguiram as duas, conversando sobre o tempo passado de perseguição e perigo. Em dado momento, Maria da Luz perguntou a sua companheira: "O que você faria se agora mesmo chegasse aqui Lampião?" - Imediatamente esta respondeu: "Nossa Senhora haveria de dar-nos um jeito para este malvado não nos ofender."

E olhando em direção a serra, ficou por um momento surpreendida. Parecia-lhe ver no alto da serra uma imagem em forma de mulher com uma criança que lhe fazia sinais com a mão. Programação Santuário.jpg

Apontando para a serra disse bem alto:

--"Olha lá uma imagem!"

"Maria da Luz olhou na direção apontada e também viu a imagem." "Uma Mulher bonita com um Menino nos braços."
Por uns momentos, nenhuma ousou proferir palavra alguma, talvez se lembrando da conversa e com a preocupação nos bandidos.

Logo, porém cessou a apreensão e ao notarem que esta mulher era muito bonita e seu menino nos braços ainda mais belo, e que esta as chamava fazendo sinais com a mão desocupada.

Como era de ser esperar a notícia se espalhou pela região como fogo. De toda parte chegaram fiéis para rezar no lugar e fazer seus pedidos a Nossa Senhora.

No terceiro dia, havendo muitas pessoas presentes, grande parte do povo dizia que só acreditava se a imagem desse um sinal visível para todos.

Tristes, as meninas então pediram que desse um sinal a fim de convencer a todos que elas não mentiram. "Darei" disse a imagem.

No dia seguinte, 10 de agosto, cedinho, as meninas foram visitar o seu lugar predileto e ao chegarem a imagem lhes apontou logo a água que saía da rocha em frente ao lugar da aparição. Há na rocha uma pequena cavidade sem rachadura e estava cheia d'água e receberam esta resposta: "Para curar doenças".

Também o vigário de Pesqueira, Padre Manoel Marques, ouviu falar da aparição. Ele mandou pedir ao Sr. Arthur que para a festa de 15 de agosto levasse a menina, a fim de que ela assistisse ao retiro das Filhas de Maria. Seu pai fez conforme o pedido, tendo esta, posteriormente, recebido a fita de "Filha de Maria".
Depois da Missa, o vigário falou muito tempo com Maria da Luz e seu pai a respeito da aparição e mandou que ela fosse ao palácio do Exmo. Senhor Bispo Diocesano a fim de lhe contar todo ocorrido.
Oitenta anos se passaram...

História Completa

Para ter acesso à história completa, acessar >> http://paroquia-nsa-sra-das-montanhas.webnode.com/santuario-da-gra%C3%A7a-/ <<.


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.




 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A segurança do Papa é planejada milimetricamente: inteligência, informações, observação do pe ...
 
O intuito do evento é refletir sobre o caráter teológico de Maria Santíssima na fé cristã e na ...
 
O texto é assinado pelo Arcebispo de Curitiba e presidente da Comissão para a Animação Bíblico- ...
 
A cerimônia reuniu comunidades de fé e colaboradores do Vicariato Episcopal da Arquidiocese de Bel ...
 
Os novos países da América do Sul a receber o Papa Francisco serão o Chile e o Peru, em janeiro. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading