Loading
 
 
 
Loading
 
“Para entrar nas Audiências não se deve pagar”, diz Francisco na Sala Paulo VI
Loading
 
11 de Janeiro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 11-01-2017, Gaudium Press) A falta de escrúpulo tem levado pessoas a cobrar bilhetes para assistir as Audiências Pública semanais do Papa.

O número de cresceu tanto que o Papa Francisco viu-se obrigado a intervir na questão.

Audiencia papal.jpg

No final da Audiência Geral de hoje, 11/01, o Papa precisou fazer um alerta. Ele chamou a atenção dos peregrinos para que não se deixem enganar: as audiências públicas semanais, no Vaticano, são gratuitas, como está escrito no verso do bilhete de entrada, em seis idiomas.

"Para entrar nas audiências existem bilhetes de entrada e em seis línguas se diz que "o bilhete é totalmente gratuito. Portanto, para entrar nas audiências (tanto na Sala Paulo VI quanto na Praça São Pedro) não se deve pagar", disse.

Para cerca de seis mil peregrinos reunidos na Sala Paulo VI, com um bilhete na mão, Francisco explicou que ia dizer uma coisa que gostaria de não dizer: a visita que se faz ao Papa é grátis.

"Soube que existem pessoas que se aproveitam, que fazem pagar o bilhete. Se alguém diz que para a audiência do Papa é preciso pagar é uma burla. Estejam atentos, por favor", pediu o Pontífice.

Francisco procurou ainda enfatizar afirmando que o Vaticano é a "casa de todos" onde vai-se sem pagar, por isso, quem cobra entradas e diz o contrário "é um delinquente". (JSG)

Loading
“Para entrar nas Audiências não se deve pagar”, diz Francisco na Sala Paulo VI

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 11-01-2017, Gaudium Press) A falta de escrúpulo tem levado pessoas a cobrar bilhetes para assistir as Audiências Pública semanais do Papa.

O número de cresceu tanto que o Papa Francisco viu-se obrigado a intervir na questão.

Audiencia papal.jpg

No final da Audiência Geral de hoje, 11/01, o Papa precisou fazer um alerta. Ele chamou a atenção dos peregrinos para que não se deixem enganar: as audiências públicas semanais, no Vaticano, são gratuitas, como está escrito no verso do bilhete de entrada, em seis idiomas.

"Para entrar nas audiências existem bilhetes de entrada e em seis línguas se diz que "o bilhete é totalmente gratuito. Portanto, para entrar nas audiências (tanto na Sala Paulo VI quanto na Praça São Pedro) não se deve pagar", disse.

Para cerca de seis mil peregrinos reunidos na Sala Paulo VI, com um bilhete na mão, Francisco explicou que ia dizer uma coisa que gostaria de não dizer: a visita que se faz ao Papa é grátis.

"Soube que existem pessoas que se aproveitam, que fazem pagar o bilhete. Se alguém diz que para a audiência do Papa é preciso pagar é uma burla. Estejam atentos, por favor", pediu o Pontífice.

Francisco procurou ainda enfatizar afirmando que o Vaticano é a "casa de todos" onde vai-se sem pagar, por isso, quem cobra entradas e diz o contrário "é um delinquente". (JSG)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.




 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O verdadeiro propósito da arte sacra, como o da boa teologia, não é dizer algo sobre Deus, mas se ...
 
Um sacerdote obteve por meio de sua experiência nos púlpitos de diversas comunidades cristãs, a c ...
 
O ato de bênção foi presidido Cardeal Giuseppe Bertello, Governador do Estado da Cidade do Vatica ...
 
Dom Héctor Aguer recordou que é seu dever “velar para que nas crianças, adolescentes e jovens n ...
 
O Arcebispo Emérito Dom Francisco Barroso presidiu uma das celebrações do dia. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading