Loading
 
 
 
Loading
 
Canonização é "responsabilidade" para a Igreja em Portugal, diz Arcebispo de Braga
Loading
 
3 de Maio de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Fátima - Portugal (Quarta-feira, 03-05-2017, Gaudium Press) O arcebispo de Braga disse que a canonização dos pastorinhos Francisco e Jacinta Marto, no próximo dia 13 de maio, em Fátima, que contará inclusive com a presença do Papa Francisco que presidirá a cerimônia, é uma "responsabilidade" para a Igreja Católica em Portugal.

Canonização é responsabilidade para a Igreja em Portugal, diz Arcebispo de Braga.jpg

Para Dom Jorge Ortiga, "A canonização é, em primeiro lugar, uma graça, uma graça para os portugueses, para a Igreja em Portugal, que tem de ser acolhida como uma responsabilidade", em um intervalo das reuniões da Assembleia Plenária da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), que se iniciou na segunda-feira e vai até quinta-feira, dia 04 de maio.

Modelos e referências

Para o arcebispo primaz, sendo declarados santos, Francisco e Jacinta, "para além de intercessores, são essencialmente modelos e referências".

"Estas duas crianças são um livro aberto onde se pode ler o testemunho de uma vida verdadeiramente evangélica, no qual transparece muita oração", disse.

A primeira canonização em Portugal deve representar, segundo D. Jorge Ortiga, uma "aposta na santidade", que é o caminho proposto aos cristãos, no seu quotidiano, apresentando as "lições" da vida dos novos santos. "Como crianças, elas viveram essa santidade e o que tem de caraterístico é que foram crianças marcadas pelo amor de Deus", sublinhou.

Canonização e Convite à responsabilidade

O arcebispo de Braga convida os católicos a assumir a responsabilidade de "imitar estas crianças tão simples, tão humildes e, ao mesmo tempo, tão apaixonadas por valores de perenidade que continuam hoje a ter uma atualidade muito grande".

A Missa a que o Papa vai presidir a 13 de maio, pelas 10h00, inclui o rito de canonização propriamente dito, em português, no qual o bispo de Leiria-Fátima, acompanhado pela postuladora da causa, irmã Ângela Coelho, pede em três momentos sucessivos que os beatos sejam inscritos no "álbum dos Santos".

Após a fórmula de canonização, pronunciada em português pelo Papa, D. António Marto, acompanhado pela postuladora da Causa da Canonização de Francisco e Jacinta, agradece a proclamação.

A canonização é a confirmação, por parte da Igreja, que um fiel católico é digno de culto público universal (no caso dos beatos, o culto é diocesano) e de ser dado aos fiéis como intercessor e modelo de santidade.

Este é um ato reservado ao Papa, desde o século XII, a quem compete inscrever o novo Santo no cânone.

(Da Redação Gaudium Press, com informações Agencia Ecclesia)

Loading
Canonização é "responsabilidade" para a Igreja em Portugal, diz Arcebispo de Braga

Fátima - Portugal (Quarta-feira, 03-05-2017, Gaudium Press) O arcebispo de Braga disse que a canonização dos pastorinhos Francisco e Jacinta Marto, no próximo dia 13 de maio, em Fátima, que contará inclusive com a presença do Papa Francisco que presidirá a cerimônia, é uma "responsabilidade" para a Igreja Católica em Portugal.

Canonização é responsabilidade para a Igreja em Portugal, diz Arcebispo de Braga.jpg

Para Dom Jorge Ortiga, "A canonização é, em primeiro lugar, uma graça, uma graça para os portugueses, para a Igreja em Portugal, que tem de ser acolhida como uma responsabilidade", em um intervalo das reuniões da Assembleia Plenária da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), que se iniciou na segunda-feira e vai até quinta-feira, dia 04 de maio.

Modelos e referências

Para o arcebispo primaz, sendo declarados santos, Francisco e Jacinta, "para além de intercessores, são essencialmente modelos e referências".

"Estas duas crianças são um livro aberto onde se pode ler o testemunho de uma vida verdadeiramente evangélica, no qual transparece muita oração", disse.

A primeira canonização em Portugal deve representar, segundo D. Jorge Ortiga, uma "aposta na santidade", que é o caminho proposto aos cristãos, no seu quotidiano, apresentando as "lições" da vida dos novos santos. "Como crianças, elas viveram essa santidade e o que tem de caraterístico é que foram crianças marcadas pelo amor de Deus", sublinhou.

Canonização e Convite à responsabilidade

O arcebispo de Braga convida os católicos a assumir a responsabilidade de "imitar estas crianças tão simples, tão humildes e, ao mesmo tempo, tão apaixonadas por valores de perenidade que continuam hoje a ter uma atualidade muito grande".

A Missa a que o Papa vai presidir a 13 de maio, pelas 10h00, inclui o rito de canonização propriamente dito, em português, no qual o bispo de Leiria-Fátima, acompanhado pela postuladora da causa, irmã Ângela Coelho, pede em três momentos sucessivos que os beatos sejam inscritos no "álbum dos Santos".

Após a fórmula de canonização, pronunciada em português pelo Papa, D. António Marto, acompanhado pela postuladora da Causa da Canonização de Francisco e Jacinta, agradece a proclamação.

A canonização é a confirmação, por parte da Igreja, que um fiel católico é digno de culto público universal (no caso dos beatos, o culto é diocesano) e de ser dado aos fiéis como intercessor e modelo de santidade.

Este é um ato reservado ao Papa, desde o século XII, a quem compete inscrever o novo Santo no cânone.

(Da Redação Gaudium Press, com informações Agencia Ecclesia)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/87002-Canonizacao-e--responsabilidade--para-a-Igreja-em-Portugal--diz-Arcebispo-de-Braga-. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.




 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Em 25 de junho o Cardeal Amato vai beatificar o arcebispo mártir da era soviética. ...
 
Veículos da grande imprensa estão divulgando informações falsas e mal apuradas sobre a Associaç ...
 
A programação da reunião terá atividades diversas, como momentos de oração do Santo Terço e p ...
 
“O Senhor nos escolheu, ainda jovens, e nos tornamos anciãos pela ordenação”, lembrou o Carde ...
 
O amor do Sagrado Coração a cada um foi levado ao inimaginável. Como não ter confiança absoluta ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading