Loading
 
 
 
Loading
 
Arcebispo filipino afirma que a Igreja tem o dever de pregar até o martírio
Loading
 
8 de Setembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Dagupan - Filipinas (Sexta-feira, 08-09-2017, Gaudium Press) Dom Sócrates Villegas, Arcebispo de Lingayen-Dagupan e anterior Presidente da Conferência de Bispos Católicos das Filipinas, pregou sobre o dever da Igreja de dar testemunho da verdade sem deixar-se abater pela oposição de outros, inclusive quando isto possa levar ao martírio. O prelado se dirigiu aos participantes do segundo Sínodo Arquidiocesano, no dia 02 de setembro, segundo informou CBCP News.

Arcebispo filipino afirma que a Igreja tem o dever de pregar até o martírio.jpg
"Devemos ensinar inclusive quando nossas vozes se tornem incômodas. Temos que ensinar inclusive se nos ameaçam", indicou o Arcebispo. "Temos que ensinar inclusive se nos matam, e se nos matam nossa mensagem terá mais eco porque a melhor maneira de pregar é com o martírio", indicou Dom Villegas.

As palavras do prelado tem um especial significado em momentos em que a Igreja local padece fortes tensões com as autoridades civis durante o governo do presidente Rodrigo Duterte, que se caracterizou pelos seus insultos aos Bispos e inclusive ao Pontífice e uma firme oposição às posições da Igreja tanto em temas como a imoralidade da anticoncepção como na administração de justiça e as execuções extrajudiciais que aumentaram de maneira radical desde sua chegada ao poder. Os Bispos tem sido também vítimas de campanhas de desprestígio através de notícias falsas difundidas através da Internet.

"Nas luzes e sombras da vida, nos dias tormentosos e ensolarados, nas perseguições que suportamos e os triunfos que temos fala o Senhor", animou Dom Villegas. O prelado recordou que a vontade da Igreja não é manter suas condições atuais mas avançar no seguimento de Cristo, pelo que animou os presentes a darem nova vitalidade às obras de evangelização e buscar chegar às pessoas em todos os lugares. (EPC)

Com informações da CBCP News.

Loading
Arcebispo filipino afirma que a Igreja tem o dever de pregar até o martírio

Dagupan - Filipinas (Sexta-feira, 08-09-2017, Gaudium Press) Dom Sócrates Villegas, Arcebispo de Lingayen-Dagupan e anterior Presidente da Conferência de Bispos Católicos das Filipinas, pregou sobre o dever da Igreja de dar testemunho da verdade sem deixar-se abater pela oposição de outros, inclusive quando isto possa levar ao martírio. O prelado se dirigiu aos participantes do segundo Sínodo Arquidiocesano, no dia 02 de setembro, segundo informou CBCP News.

Arcebispo filipino afirma que a Igreja tem o dever de pregar até o martírio.jpg
"Devemos ensinar inclusive quando nossas vozes se tornem incômodas. Temos que ensinar inclusive se nos ameaçam", indicou o Arcebispo. "Temos que ensinar inclusive se nos matam, e se nos matam nossa mensagem terá mais eco porque a melhor maneira de pregar é com o martírio", indicou Dom Villegas.

As palavras do prelado tem um especial significado em momentos em que a Igreja local padece fortes tensões com as autoridades civis durante o governo do presidente Rodrigo Duterte, que se caracterizou pelos seus insultos aos Bispos e inclusive ao Pontífice e uma firme oposição às posições da Igreja tanto em temas como a imoralidade da anticoncepção como na administração de justiça e as execuções extrajudiciais que aumentaram de maneira radical desde sua chegada ao poder. Os Bispos tem sido também vítimas de campanhas de desprestígio através de notícias falsas difundidas através da Internet.

"Nas luzes e sombras da vida, nos dias tormentosos e ensolarados, nas perseguições que suportamos e os triunfos que temos fala o Senhor", animou Dom Villegas. O prelado recordou que a vontade da Igreja não é manter suas condições atuais mas avançar no seguimento de Cristo, pelo que animou os presentes a darem nova vitalidade às obras de evangelização e buscar chegar às pessoas em todos os lugares. (EPC)

Com informações da CBCP News.

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/89775-Arcebispo-filipino-afirma-que-a-Igreja-tem-o-dever-de-pregar-ate-o-martirio. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.




 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Ela parece ser a única sobrevivente das que foram plantadas por São Martinho de Porres há 400 ano ...
 
O prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, está realizando uma visita pastoral a ...
 
A finalidade do encontro é o de “viver um novo Pentecostes” como resposta ao desafio de ser uma ...
 
O Arcebispo Dom Fernando Saburido presidiu a missa em ação de graças pelos 60 anos do Movimento n ...
 
Inspirado no tema “Somos Missionários”, o evento contará ainda com a presença dos bispos auxi ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading