Loading
 
 
 
Loading
 
Mais de 1,3 milhão de pessoas participam da Missa do Papa em Bogotá
Loading
 
8 de Setembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Bogotá - Colômbia (Sexta-feira, 08-09-2017, Gaudium Press) Um ambiente de festa, acolhimento e benção: foi assim que milhares de fiéis colombianos presenciaram na tarde desta quinta-feira, 7 de setembro, no Parque Simón Bolivar, situado na capital Bogotá, a primeira Missa presidida pelo Papa Francisco, que faz parte da programação de sua visita apostólica a Colômbia.

 Mais de 1,3 milhão de pessoas participam da Missa do Papa em Bogotá.jpg
A Missa iniciou às 16h30 (horário da Colômbia).
O tema central foi a promoção da vida e Maria Santíssima
como a Mãe da Vida | Foto: Sonia Trujillo

A Gaudium Press acompanhou vários grupos de fiéis que horas antes estavam chegando ao parque, que abriu suas portas das 5h (horário da Colômbia) até às 14h. No total, estavam congregadas naquele espaço à espera do Sucessor de São Pedro cerca de 1,3 milhão de pessoas, de acordo com informações fornecidas pelo Posto de Mando Unificado (PMU) da administração de Bogotá.

Enquanto uns entraram levantando suas bandeiras, outros entoavam cânticos e os demais, na companhia de Maria Santíssima, rezavam a oração do Santo Rosário. Nem mesmo a chuva pesada que caiu em dois momentos do dia e muito menos o frio que veio com os fortes ventos extinguiram a alegria deste encontro, que foi antecedido pela festa da vida com testemunhos e variadas interpretações musicais.

Quando o relógio já marcava as 14h, o parque vivia naquele instante um momento especial: houve a consagração de todo o espaço, que se tornou temporariamente o templo para a celebração eucarística. O encarregado de realizar esta consagração foi Dom Guido Marini, Maestro de Cerimônias do Santo Padre.

A partir dali, somente faltava preparar os corações para receber o Vigário de Cristo, sobretudo Nosso Senhor Jesus Cristo que se fazia presente na Santa Eucaristia.

Como já se havia anunciado no itinerário da visita apostólica, o Papa Francisco chegou ao parque por volta das 16h e, em seu papamóvel, saudou e atravessou a multidão de fiéis, que presenciou o gozo da presença do Pontífice e a unidade que se alcança através do coração de Deus.

Na sequência, deu-se início a Missa às 16h30, inspirada no tema central, que foi a promoção da vida e Maria Santíssima como a Mãe da Vida. Acompanhando a liturgia estava a Orquestra Filarmônica de Bogotá e a cantora colombiana Maía, que fez uma interpretação única do Salmo 97, segundo manifestaram vários dos paroquianos.

Em sua homilia, comentando o Evangelho que narra o momento em que Jesus chama a seus discípulos, o Papa assinalou que a Palavra "tem o poder para converter corações, mudar planos e projetos".

Depois, o Santo Padre indicou que em Bogotá e na Colômbia haviam "multidões ansiosas por uma palavra de vida, que ilumina com sua luz todos os esforços e mostra o significado da beleza e da existência humana", e que habitam em uma terra "de fecundidade inimaginável, que gera frutos para todos".

 Mais de 1,3 milhão de pessoas participam da Missa do Papa em Bogotá (2).jpg
O Santo Padre saudando os fiéis em seu percurso
no papamóvel pelo Parque Simón Bolívar
Foto: Sonia Trujillo

"Mas também - prosseguiu o Sumo Pontífice - aqui, assim como em outras partes, existe uma densas escuridões que ameaçam e destroem a vida: a escuridão da injustiça e da inequidade social; a escuridão corruptora dos interesses pessoais, que consomem de maneira egoísta e desaforada o que está destinado para o bem-estar de todos; a escuridão do desrespeito pela vida humana que cega diariamente a existência de tantos inocentes, que com o sangue clamam ao céu; a escuridão da sede de vingança e do ódio que mancha com sangue humano as mãos daqueles que tomam a justiça por sua conta; a escuridão daqueles que se tornam insensíveis diante da dor de tantas vítimas. A todas essas escuridões, Jesus as dissipas e as destroem com seu comando na embarcação de São Pedro: ‘naveguem mar adentro'".

Digo que assim como ocorreu com Simón, Jesus também nos convida a "ir mar adentro", e nos incentiva a partilharmos os riscos: "não tenham medo de arriscarem juntos", expressou.

"Navegar mar adentro, disse Jesus. E os discípulos fizeram sinais para que todos se juntassem na embarcação. Que assim seja para o povo colombiano", concluiu o Santo Padre.

 Mais de 1,3 milhão de pessoas participam da Missa do Papa em Bogotá (3).jpg
Cerca de 1,3 milhão de pessoas estiveram
presentes nesta celebração eucarística
Foto: Sonia Trujillo

Ao finalizar a Eucaristia, o Cardeal Rubén Salazar Gómez, Arcebispo de Bogotá e Primaz da Colômbia, expressou seu agradecimento em nome de todos os colombianos: "obrigado Santo Padre por sua presença, testemunho e amor!".

Os pés já estavam cansados depois de tantas horas de espera, entretanto, a alegria nos corações era o sentimento geral de muitos fiéis, que celebraram unidos este encontro com Francisco.

Por Sonia Trujillo

Traduzido por Leandro Massoni Ilhéu

Loading
Mais de 1,3 milhão de pessoas participam da Missa do Papa em Bogotá

Bogotá - Colômbia (Sexta-feira, 08-09-2017, Gaudium Press) Um ambiente de festa, acolhimento e benção: foi assim que milhares de fiéis colombianos presenciaram na tarde desta quinta-feira, 7 de setembro, no Parque Simón Bolivar, situado na capital Bogotá, a primeira Missa presidida pelo Papa Francisco, que faz parte da programação de sua visita apostólica a Colômbia.

 Mais de 1,3 milhão de pessoas participam da Missa do Papa em Bogotá.jpg
A Missa iniciou às 16h30 (horário da Colômbia).
O tema central foi a promoção da vida e Maria Santíssima
como a Mãe da Vida | Foto: Sonia Trujillo

A Gaudium Press acompanhou vários grupos de fiéis que horas antes estavam chegando ao parque, que abriu suas portas das 5h (horário da Colômbia) até às 14h. No total, estavam congregadas naquele espaço à espera do Sucessor de São Pedro cerca de 1,3 milhão de pessoas, de acordo com informações fornecidas pelo Posto de Mando Unificado (PMU) da administração de Bogotá.

Enquanto uns entraram levantando suas bandeiras, outros entoavam cânticos e os demais, na companhia de Maria Santíssima, rezavam a oração do Santo Rosário. Nem mesmo a chuva pesada que caiu em dois momentos do dia e muito menos o frio que veio com os fortes ventos extinguiram a alegria deste encontro, que foi antecedido pela festa da vida com testemunhos e variadas interpretações musicais.

Quando o relógio já marcava as 14h, o parque vivia naquele instante um momento especial: houve a consagração de todo o espaço, que se tornou temporariamente o templo para a celebração eucarística. O encarregado de realizar esta consagração foi Dom Guido Marini, Maestro de Cerimônias do Santo Padre.

A partir dali, somente faltava preparar os corações para receber o Vigário de Cristo, sobretudo Nosso Senhor Jesus Cristo que se fazia presente na Santa Eucaristia.

Como já se havia anunciado no itinerário da visita apostólica, o Papa Francisco chegou ao parque por volta das 16h e, em seu papamóvel, saudou e atravessou a multidão de fiéis, que presenciou o gozo da presença do Pontífice e a unidade que se alcança através do coração de Deus.

Na sequência, deu-se início a Missa às 16h30, inspirada no tema central, que foi a promoção da vida e Maria Santíssima como a Mãe da Vida. Acompanhando a liturgia estava a Orquestra Filarmônica de Bogotá e a cantora colombiana Maía, que fez uma interpretação única do Salmo 97, segundo manifestaram vários dos paroquianos.

Em sua homilia, comentando o Evangelho que narra o momento em que Jesus chama a seus discípulos, o Papa assinalou que a Palavra "tem o poder para converter corações, mudar planos e projetos".

Depois, o Santo Padre indicou que em Bogotá e na Colômbia haviam "multidões ansiosas por uma palavra de vida, que ilumina com sua luz todos os esforços e mostra o significado da beleza e da existência humana", e que habitam em uma terra "de fecundidade inimaginável, que gera frutos para todos".

 Mais de 1,3 milhão de pessoas participam da Missa do Papa em Bogotá (2).jpg
O Santo Padre saudando os fiéis em seu percurso
no papamóvel pelo Parque Simón Bolívar
Foto: Sonia Trujillo

"Mas também - prosseguiu o Sumo Pontífice - aqui, assim como em outras partes, existe uma densas escuridões que ameaçam e destroem a vida: a escuridão da injustiça e da inequidade social; a escuridão corruptora dos interesses pessoais, que consomem de maneira egoísta e desaforada o que está destinado para o bem-estar de todos; a escuridão do desrespeito pela vida humana que cega diariamente a existência de tantos inocentes, que com o sangue clamam ao céu; a escuridão da sede de vingança e do ódio que mancha com sangue humano as mãos daqueles que tomam a justiça por sua conta; a escuridão daqueles que se tornam insensíveis diante da dor de tantas vítimas. A todas essas escuridões, Jesus as dissipas e as destroem com seu comando na embarcação de São Pedro: ‘naveguem mar adentro'".

Digo que assim como ocorreu com Simón, Jesus também nos convida a "ir mar adentro", e nos incentiva a partilharmos os riscos: "não tenham medo de arriscarem juntos", expressou.

"Navegar mar adentro, disse Jesus. E os discípulos fizeram sinais para que todos se juntassem na embarcação. Que assim seja para o povo colombiano", concluiu o Santo Padre.

 Mais de 1,3 milhão de pessoas participam da Missa do Papa em Bogotá (3).jpg
Cerca de 1,3 milhão de pessoas estiveram
presentes nesta celebração eucarística
Foto: Sonia Trujillo

Ao finalizar a Eucaristia, o Cardeal Rubén Salazar Gómez, Arcebispo de Bogotá e Primaz da Colômbia, expressou seu agradecimento em nome de todos os colombianos: "obrigado Santo Padre por sua presença, testemunho e amor!".

Os pés já estavam cansados depois de tantas horas de espera, entretanto, a alegria nos corações era o sentimento geral de muitos fiéis, que celebraram unidos este encontro com Francisco.

Por Sonia Trujillo

Traduzido por Leandro Massoni Ilhéu

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/89781-Mais-de-1-3-milhao-de-pessoas-participam-da-Missa-do-Papa-em-Bogota. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.




 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Ela parece ser a única sobrevivente das que foram plantadas por São Martinho de Porres há 400 ano ...
 
O prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, está realizando uma visita pastoral a ...
 
A finalidade do encontro é o de “viver um novo Pentecostes” como resposta ao desafio de ser uma ...
 
O Arcebispo Dom Fernando Saburido presidiu a missa em ação de graças pelos 60 anos do Movimento n ...
 
Inspirado no tema “Somos Missionários”, o evento contará ainda com a presença dos bispos auxi ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading