Loading
 
 
 
Loading
 
Os valores cristãos sem Cristo não servem de nada, afirma Dom Pizzaballa
Loading
 
12 de Setembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Rímini - Itália (Terça-feira, 12-09-2017, Gaudium Press) O Administrador Apostólico do Patriarcado Latino de Jerusalém, Dom Pierbattista Pizzaballa, fez um alerta de grande importância durante uma exposição no 'Meeting de Rímini', na Itália. Segundo o prelado, o cenário atual do cristianismo global enfrenta um problema de grandes dimensões: a Fé não está sendo transmitida às novas gerações. Esta interrupção da tradição cristã representa uma perda de gigantescas proporções: já que a tradição é "o que recebemos de nossos pais na Fé, nada menos que a verdade sobre o homem e sobre a história", e "nossa época se caracteriza pela ruptura com a tradição".

Esta ameaça para a transmissão da Fé provêm de causas culturais como no Ocidente ou, como é o caso do Oriente Médio, pelos conflitos armados que "destruíram o tecido social, cultural e religioso e destroçaram essa continuidade geracional na transmissão da Fé", denunciou Dom Pizzaballa, segundo reportou Religión en Libertad. Para enfrentar este mal, os cristãos são chamados a renovar seu testemunho, já que a Fé não é simplesmente um conteúdo, mas "é Deus, é nossa relação com Ele, é tudo o que procede dessa consciência, a ideia de homem e de humanidade, do mundo e do criado, da cultura e de tudo o que constrói o homem".

Os valores cristãos sem Cristo não servem de nada, afirma Dom Pizzaballa.jpg

O panorama de uma cultura sem tradição é o de uma sociedade órfã, carente de memória e identidade. Os cristãos de hoje devem "captar o sentido, o motivo e o desejo que animaram aos nossos pais e torná-lo compreensivo ao homem do nosso tempo". Sobre esta comunicação da Fé, o prelado esclareceu que a Fé não consiste unicamente em "valores sublimes, em uma boa ética, em uma perspectiva de perfeição" que se pode chegar a encontrar em pessoas sem Fé. "Nossa herança é a Páscoa, a vida nova, a vida de Deus em nós", recordou Dom Pizzaballa. "É disto que temos sede e o mundo tem sede, e quando isto chega, chega também a alegria".

Além disso, o Administrador Apostólico indicou que o fiel não deve temer diante do poder cultural das ideologias nem das modas, porque a Fé tem uma mensagem original e uma contribuição de novidade para qualquer âmbito da cultura, da técnica e da educação. Mas para alcançar esse fim deve recordar-se que não é útil para ninguém "um cristianismo puramente moral e impessoal", muito menos ajuda "falar de valores cristãos sem dizer que Cristo é o melhor que alguém pode encontrar na vida".

"A Bíblia começa em um jardim e termina em uma cidade. Começa em um lugar feito somente por Deus e acaba em um lugar onde a obra de Deus se trança necessariamente com a obra do homem: a Jerusalém do Apocalipse, a cidade que desce do céu, uma criação que Deus não quer edificar sem a ajuda do homem", concluiu Dom Pizzaballa. "Por isso consigna a cada qual seus talentos, para uns cinco, para outros três, para outros um. Nossa tarefa é convertê-los em ladrilhos da nova Jerusalém". (EPC)

Com informações de Religión en Libertad.

Loading
Os valores cristãos sem Cristo não servem de nada, afirma Dom Pizzaballa

Rímini - Itália (Terça-feira, 12-09-2017, Gaudium Press) O Administrador Apostólico do Patriarcado Latino de Jerusalém, Dom Pierbattista Pizzaballa, fez um alerta de grande importância durante uma exposição no 'Meeting de Rímini', na Itália. Segundo o prelado, o cenário atual do cristianismo global enfrenta um problema de grandes dimensões: a Fé não está sendo transmitida às novas gerações. Esta interrupção da tradição cristã representa uma perda de gigantescas proporções: já que a tradição é "o que recebemos de nossos pais na Fé, nada menos que a verdade sobre o homem e sobre a história", e "nossa época se caracteriza pela ruptura com a tradição".

Esta ameaça para a transmissão da Fé provêm de causas culturais como no Ocidente ou, como é o caso do Oriente Médio, pelos conflitos armados que "destruíram o tecido social, cultural e religioso e destroçaram essa continuidade geracional na transmissão da Fé", denunciou Dom Pizzaballa, segundo reportou Religión en Libertad. Para enfrentar este mal, os cristãos são chamados a renovar seu testemunho, já que a Fé não é simplesmente um conteúdo, mas "é Deus, é nossa relação com Ele, é tudo o que procede dessa consciência, a ideia de homem e de humanidade, do mundo e do criado, da cultura e de tudo o que constrói o homem".

Os valores cristãos sem Cristo não servem de nada, afirma Dom Pizzaballa.jpg

O panorama de uma cultura sem tradição é o de uma sociedade órfã, carente de memória e identidade. Os cristãos de hoje devem "captar o sentido, o motivo e o desejo que animaram aos nossos pais e torná-lo compreensivo ao homem do nosso tempo". Sobre esta comunicação da Fé, o prelado esclareceu que a Fé não consiste unicamente em "valores sublimes, em uma boa ética, em uma perspectiva de perfeição" que se pode chegar a encontrar em pessoas sem Fé. "Nossa herança é a Páscoa, a vida nova, a vida de Deus em nós", recordou Dom Pizzaballa. "É disto que temos sede e o mundo tem sede, e quando isto chega, chega também a alegria".

Além disso, o Administrador Apostólico indicou que o fiel não deve temer diante do poder cultural das ideologias nem das modas, porque a Fé tem uma mensagem original e uma contribuição de novidade para qualquer âmbito da cultura, da técnica e da educação. Mas para alcançar esse fim deve recordar-se que não é útil para ninguém "um cristianismo puramente moral e impessoal", muito menos ajuda "falar de valores cristãos sem dizer que Cristo é o melhor que alguém pode encontrar na vida".

"A Bíblia começa em um jardim e termina em uma cidade. Começa em um lugar feito somente por Deus e acaba em um lugar onde a obra de Deus se trança necessariamente com a obra do homem: a Jerusalém do Apocalipse, a cidade que desce do céu, uma criação que Deus não quer edificar sem a ajuda do homem", concluiu Dom Pizzaballa. "Por isso consigna a cada qual seus talentos, para uns cinco, para outros três, para outros um. Nossa tarefa é convertê-los em ladrilhos da nova Jerusalém". (EPC)

Com informações de Religión en Libertad.

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/89852-Os-valores-cristaos-sem-Cristo-nao-servem-de-nada--afirma-Dom-Pizzaballa. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.




 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Ela parece ser a única sobrevivente das que foram plantadas por São Martinho de Porres há 400 ano ...
 
O prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, está realizando uma visita pastoral a ...
 
A finalidade do encontro é o de “viver um novo Pentecostes” como resposta ao desafio de ser uma ...
 
O Arcebispo Dom Fernando Saburido presidiu a missa em ação de graças pelos 60 anos do Movimento n ...
 
Inspirado no tema “Somos Missionários”, o evento contará ainda com a presença dos bispos auxi ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading