Loading
 
 
 
Loading
 
Esperança é o tema de Audiência Geral do Papa Francisco
Loading
 
20 de Setembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 20-09-2017, Gaudium Press) Na Audiência Geral desta quarta-feira, 20, o Papa Francisco retomou o tema das catequeses precedentes: a esperança.

Para tratar desse conteúdo, o Pontífice utilizou uma série de exortações. "Não se renda às trevas", foi a primeira delas. O primeiro inimigo a combater não está fora de você, mas dentro. Portanto, não dê espaço aos pensamentos negativos; a luta que conduzimos aqui não é inútil, ao final da existência não nos espera o naufrágio: em nós palpita algo de absoluto.

"Onde quer que esteja, construa! Se estiver no chão, levante-se! Se estiver sentado, coloque-se em caminho! Se o tédio o paralisa, realize obras de bem! Se estiver desmoralizado, peça que o Espírito Santo possa preencher o seu vazio", exortou.

O Papa convidou os fiéis a promoverem a paz em meio aos homens, não ouvindo a voz de quem espalha ódio e divisão. Por mais diferente que sejam, as pessoas foram criadas para viverem juntas: "ame os seres humanos. Cada criança que nasce é a promessa de uma vida que, mais uma vez, se demonstra mais forte do que a morte. Jesus nos entregou uma luz que brilha nas trevas: proteja-a. Esta única chama é a maior riqueza confiada a sua vida."

Dirigindo-se aos jovens o Pontífice fez outra exortação: "Sonhe, não tenha medo de sonhar, sonhe um mundo que ainda não se vê, mas que certamente chegará". Os homens que cultivaram esperanças são também os que venceram a escravidão e promoveram melhores condições de vida sobre a terra. "Seja responsável por este mundo e pela vida de cada homem." Toda injustiça contra um pobre é uma ferida aberta. A vida não acaba com a sua existência, neste mundo virão outras gerações.

"O nosso inimigo mais insidioso nada pode contra a Fé. Se um dia o medo o tomar, pense simplesmente que Jesus vive em você. Tenha sempre a coragem da verdade", lembrando-se porém que não é superior a ninguém, levando no coração os sofrimentos de toda criatura.

Outro conselho dado pelo Papa Francisco foi o de cultivar os ideais. Que se viva por algo que supere o homem. Se errar, levante-se: nada é mais humano do que cometer erros. O Filho de Deus não veio para os saudáveis, mas para os doentes. "Deus é seu amigo. Aprenda com a maravilha, cultive o estupor. Viva, ame, sonhe, acredite. E, com a graça de Deus, jamais se desespere", concluiu. (EPC)

Loading
Esperança é o tema de Audiência Geral do Papa Francisco

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 20-09-2017, Gaudium Press) Na Audiência Geral desta quarta-feira, 20, o Papa Francisco retomou o tema das catequeses precedentes: a esperança.

Para tratar desse conteúdo, o Pontífice utilizou uma série de exortações. "Não se renda às trevas", foi a primeira delas. O primeiro inimigo a combater não está fora de você, mas dentro. Portanto, não dê espaço aos pensamentos negativos; a luta que conduzimos aqui não é inútil, ao final da existência não nos espera o naufrágio: em nós palpita algo de absoluto.

"Onde quer que esteja, construa! Se estiver no chão, levante-se! Se estiver sentado, coloque-se em caminho! Se o tédio o paralisa, realize obras de bem! Se estiver desmoralizado, peça que o Espírito Santo possa preencher o seu vazio", exortou.

O Papa convidou os fiéis a promoverem a paz em meio aos homens, não ouvindo a voz de quem espalha ódio e divisão. Por mais diferente que sejam, as pessoas foram criadas para viverem juntas: "ame os seres humanos. Cada criança que nasce é a promessa de uma vida que, mais uma vez, se demonstra mais forte do que a morte. Jesus nos entregou uma luz que brilha nas trevas: proteja-a. Esta única chama é a maior riqueza confiada a sua vida."

Dirigindo-se aos jovens o Pontífice fez outra exortação: "Sonhe, não tenha medo de sonhar, sonhe um mundo que ainda não se vê, mas que certamente chegará". Os homens que cultivaram esperanças são também os que venceram a escravidão e promoveram melhores condições de vida sobre a terra. "Seja responsável por este mundo e pela vida de cada homem." Toda injustiça contra um pobre é uma ferida aberta. A vida não acaba com a sua existência, neste mundo virão outras gerações.

"O nosso inimigo mais insidioso nada pode contra a Fé. Se um dia o medo o tomar, pense simplesmente que Jesus vive em você. Tenha sempre a coragem da verdade", lembrando-se porém que não é superior a ninguém, levando no coração os sofrimentos de toda criatura.

Outro conselho dado pelo Papa Francisco foi o de cultivar os ideais. Que se viva por algo que supere o homem. Se errar, levante-se: nada é mais humano do que cometer erros. O Filho de Deus não veio para os saudáveis, mas para os doentes. "Deus é seu amigo. Aprenda com a maravilha, cultive o estupor. Viva, ame, sonhe, acredite. E, com a graça de Deus, jamais se desespere", concluiu. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/90004-Esperanca-e-o-tema-de-Audiencia-Geral-do-Papa-Francisco. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.




 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O sistema da mídia vaticana passa a adotar um novo modelo produtivo, baseado na integração e ge ...
 
Na ocasião, serão apresentadas as propostas de vigílias que acontecerão ao longo de todo o ano, ...
 
“A exposição é um recorte mínimo do que Deus realizou nesta Diocese de Nazaré nos 100 anos de ...
 
“Para poder servir a Deus e aos irmãos, é necessário este despojamento constante e contínuo” ...
 
Encerrada quarta-feira a Reunião do C9: a Cúria Romana como instrumento de evangelização. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading