Loading
 
 
 
Loading
 
Adoração dos Pastores é tema de exposição inaugurada no Museu Diocesano de Milão
Loading
 
20 de Outubro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Milão - Itália (Sexta-feira, 20-10-2017, Gaudium Press) Foi inaugurada na tarde da última quinta-feira, 19 de outubro, no Museu Diocesano Carlo Maria Martini de Milão a Exposição a "Adoração dos Pastores", que tem como eixo central a obra mestra de Pietro Vanucci, artista italiano conhecido como o Perugino.

Adoração dos Pastores é tema de exposição inaugurada no Museu Diocesano de Milão.jpg

A mostra, que permanecerá aberta ao público até o dia 28 de janeiro de 2018, foi instalada pelo Arcebispo de Milão, Dom Mario Delpini, no marco de um evento celebrado no Museu Diocesano.

Ali se destaca uma obra de Perugino que faz parte de um políptico que o artista pintou para a igreja de Santo Agostinho de Perugia a pedido dos frades agostinhos no ano 1502. Para sua elaboração Vanucci demorou 20 anos, tanto que na sua morte ainda faltavam alguns toques finais. O políptico era um grande retábulo com vários compartimentos que media mais de 8 pés de altura e era constituído por mais de 30 mesas.

Em 1654 a imponente estrutura, por novas disposições litúrgicas, é desmontada e se divide em duas partes. A partir deste momento a grande obra se dispersa chegando a várias partes do mundo. A maioria das peças chegaram à França, onde permanecem; outras chegaram a várias cidades dos Estados Unidos, entre elas Bimingham no Alabama, onde se encontra a Obra de São Bartolomeu.

Na Perugia, no templo beneditino de São Pedro, também se encontra outra das grandes obras que faziam parte do políptico: a de Cristo sustentado por Nicodemos entre a Santíssima Virgem e São João Evangelista.

"A pureza formal, o projeto claro e elegante, a composição equilibrada e a doçura de suas figuras são elementos presentes em sua obra até o amadurecimento, como é evidente na Adoração dos pastores", destaca em nota de imprensa o portal 'Chiesa di Milano'.

Vários foram as tentativas de recuperar a obra completa, entre elas as adiantadas pelo arquiteto Alessandro Colombo do estúdio Cerri & Associati, que elaborou todo um espaço arquitetônico para recordar o grande políptico. Este espaço é o que constitui a exposição de Perugino no Museu Diocesano de Milão. (EPC)

Loading
Adoração dos Pastores é tema de exposição inaugurada no Museu Diocesano de Milão

Milão - Itália (Sexta-feira, 20-10-2017, Gaudium Press) Foi inaugurada na tarde da última quinta-feira, 19 de outubro, no Museu Diocesano Carlo Maria Martini de Milão a Exposição a "Adoração dos Pastores", que tem como eixo central a obra mestra de Pietro Vanucci, artista italiano conhecido como o Perugino.

Adoração dos Pastores é tema de exposição inaugurada no Museu Diocesano de Milão.jpg

A mostra, que permanecerá aberta ao público até o dia 28 de janeiro de 2018, foi instalada pelo Arcebispo de Milão, Dom Mario Delpini, no marco de um evento celebrado no Museu Diocesano.

Ali se destaca uma obra de Perugino que faz parte de um políptico que o artista pintou para a igreja de Santo Agostinho de Perugia a pedido dos frades agostinhos no ano 1502. Para sua elaboração Vanucci demorou 20 anos, tanto que na sua morte ainda faltavam alguns toques finais. O políptico era um grande retábulo com vários compartimentos que media mais de 8 pés de altura e era constituído por mais de 30 mesas.

Em 1654 a imponente estrutura, por novas disposições litúrgicas, é desmontada e se divide em duas partes. A partir deste momento a grande obra se dispersa chegando a várias partes do mundo. A maioria das peças chegaram à França, onde permanecem; outras chegaram a várias cidades dos Estados Unidos, entre elas Bimingham no Alabama, onde se encontra a Obra de São Bartolomeu.

Na Perugia, no templo beneditino de São Pedro, também se encontra outra das grandes obras que faziam parte do políptico: a de Cristo sustentado por Nicodemos entre a Santíssima Virgem e São João Evangelista.

"A pureza formal, o projeto claro e elegante, a composição equilibrada e a doçura de suas figuras são elementos presentes em sua obra até o amadurecimento, como é evidente na Adoração dos pastores", destaca em nota de imprensa o portal 'Chiesa di Milano'.

Vários foram as tentativas de recuperar a obra completa, entre elas as adiantadas pelo arquiteto Alessandro Colombo do estúdio Cerri & Associati, que elaborou todo um espaço arquitetônico para recordar o grande políptico. Este espaço é o que constitui a exposição de Perugino no Museu Diocesano de Milão. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/90672-Adoracao-dos-Pastores-e-tema-de-exposicao-inaugurada-no-Museu-Diocesano-de-Milao. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.




 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Os monges relatam a história de seu encontro com Deus e os desafios de iniciar uma nova vida confia ...
 
Myanmar tem 50 milhões de habitantes. Destes, por volta de 1 por cento são cristãos. ...
 
“Esta data é a festa das (religiosas) contemplativas”, explicou a Madre Priora, Sor Marie Gemma ...
 
A comemoração mariana é uma das mais importantes da cidade espanhola com a participação de devo ...
 
A comunidade religiosa não conta com recursos suficientes para assumir a onerosa obrigação. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading