Loading
 
 
 
Loading
 
Em Mensagem, Papa coloca-se contra a eutanásia e o encarniçamento terapêutico
Loading
 
17 de Novembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Sexta-feira, 17-11-2017, Gaudium Press) O Papa Francisco lançou ontem, 16/11, um alerta contra a eutanásia e o encarniçamento ou obstinação terapêutica, pedindo respeito pela vida e por cada doente.

17-11Em Mensagem, Papa coloca-se contra a eutanásia e o encarniçamento terapêutico.jpg

A Mensagem do Papa é dirigida ao presidente da Academia Pontifícia para a Vida, D. Vincenzo Paglia, e aos participantes do encontro regional europeu da Associação Médica Mundial (‘World Medical Association') sobre o fim da vida. O Encontro está sendo realizado até hoje, sexta-feira, no Vaticano.

Encarniçamento e Eutanásia

De acordo com nota distribuída pela Sala Stampa vaticana a Mensagem afirma que "Não utilizar meios desproporcionados ou suspender a sua utilização equivale a evitar o encarniçamento terapêutico, isto é, cumprir uma ação que tem um significado ético completamente diferente da eutanásia, que continua a ser sempre ilícita, dado que se propõe interromper a vida, procurando a morte".

Efeitos poderosos que não beneficiam

Francisco sublinha a legitimidade das opções que assumem os "limites" da condição humana, mortal, sem "abrir justificações para a supressão do viver". Ele recorda que as intervenções médicas sobre o corpo humano são "cada vez mais eficazes", mas nem sempre resolvem os problemas.

A mensagem apela para um "suplemento de sabedoria" capaz de barrar a "insidiosa tentação" de insistir em tratamentos que "produzem efeitos poderosos sobre o corpo, mas não beneficiam o bem integral da pessoa".

Nunca abandonar o doente

Este é um "imperativo categórico", diz Francisco: "nunca abandonar o doente", e deixou elogios ao campo da medicina paliativa, de "grande importância também no plano cultural", por ajudar a combater tudo o que torna a morte "mais angustiante e sofrida, ou seja, a dor e a solidão".

(JSG)

Loading
Em Mensagem, Papa coloca-se contra a eutanásia e o encarniçamento terapêutico

Cidade do Vaticano (Sexta-feira, 17-11-2017, Gaudium Press) O Papa Francisco lançou ontem, 16/11, um alerta contra a eutanásia e o encarniçamento ou obstinação terapêutica, pedindo respeito pela vida e por cada doente.

17-11Em Mensagem, Papa coloca-se contra a eutanásia e o encarniçamento terapêutico.jpg

A Mensagem do Papa é dirigida ao presidente da Academia Pontifícia para a Vida, D. Vincenzo Paglia, e aos participantes do encontro regional europeu da Associação Médica Mundial (‘World Medical Association') sobre o fim da vida. O Encontro está sendo realizado até hoje, sexta-feira, no Vaticano.

Encarniçamento e Eutanásia

De acordo com nota distribuída pela Sala Stampa vaticana a Mensagem afirma que "Não utilizar meios desproporcionados ou suspender a sua utilização equivale a evitar o encarniçamento terapêutico, isto é, cumprir uma ação que tem um significado ético completamente diferente da eutanásia, que continua a ser sempre ilícita, dado que se propõe interromper a vida, procurando a morte".

Efeitos poderosos que não beneficiam

Francisco sublinha a legitimidade das opções que assumem os "limites" da condição humana, mortal, sem "abrir justificações para a supressão do viver". Ele recorda que as intervenções médicas sobre o corpo humano são "cada vez mais eficazes", mas nem sempre resolvem os problemas.

A mensagem apela para um "suplemento de sabedoria" capaz de barrar a "insidiosa tentação" de insistir em tratamentos que "produzem efeitos poderosos sobre o corpo, mas não beneficiam o bem integral da pessoa".

Nunca abandonar o doente

Este é um "imperativo categórico", diz Francisco: "nunca abandonar o doente", e deixou elogios ao campo da medicina paliativa, de "grande importância também no plano cultural", por ajudar a combater tudo o que torna a morte "mais angustiante e sofrida, ou seja, a dor e a solidão".

(JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/91291-Em-Mensagem--Papa-coloca-se-contra-a-eutanasia-e-o-encarnicamento-terapeutico. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.




 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

“É um momento de alegria profunda para a Arquidiocese, para a Igreja toda, porque mais uma vez ma ...
 
A festa em honra à Guadalupana contou com a presença de um considerável número de mexicanos, al ...
 
O bispo Dom João Wilk refletiu com os ordenados o trecho bíblico do Evangelista São João, “Já ...
 
José Cruz, cobrou dos jovens maior participação no inquérito preparatório do próximo Sínodo d ...
 
Atualmente, a capela abriga 23 afrescos do artista plástico romeno Emeric Marcier, refugiado no Bra ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading