Loading
 
 
 
Loading
 
Presidente da pastoral de ecologia e meio ambiente dominicana pede sanções aos crimes ambientais
Loading
 
5 de Junho de 2009 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Santo Domingo (Sexta, 05-06-2009, Gaudium Press) A Comissão Nacional da Pastoral de Ecologia e Meio Ambiente da República Dominicana pediu nesta sexta-feira que os violadores de leis ambientais recebam sanções e punições da Justiça.

O pedido feito pelo presidente do órgão, o bispo emérito de Barahona, monsenhor Fabio Mamerto Rivas, durante a celebração eucarística do Dia Mundial do Meio Ambiente ainda demanda um reforço na vigilância policial em ‘áreas vulneráveis', e também uma melhor delimitação das zonas de proteção a fim de evitar o tráfico ilegal de espécies.

"Reafirmamos nosso pedido a toda a nação para que seja mantido um equilíbrio ecológico, compromisso contraído com nossos filhos (...) que devem ter consciencia de que lhes deixamos um mundo melhor que o que recebemos", enfatizou o religioso.

Durante a homilia, monsenhor Mamerto Rivas ainda pediu aos cidadãos que evitem jogar lixo no solo e às autoridades que ‘façam sua parte' para proteger os recursos naturais.

 

Loading
Presidente da pastoral de ecologia e meio ambiente dominicana pede sanções aos crimes ambientais

Santo Domingo (Sexta, 05-06-2009, Gaudium Press) A Comissão Nacional da Pastoral de Ecologia e Meio Ambiente da República Dominicana pediu nesta sexta-feira que os violadores de leis ambientais recebam sanções e punições da Justiça.

O pedido feito pelo presidente do órgão, o bispo emérito de Barahona, monsenhor Fabio Mamerto Rivas, durante a celebração eucarística do Dia Mundial do Meio Ambiente ainda demanda um reforço na vigilância policial em ‘áreas vulneráveis', e também uma melhor delimitação das zonas de proteção a fim de evitar o tráfico ilegal de espécies.

"Reafirmamos nosso pedido a toda a nação para que seja mantido um equilíbrio ecológico, compromisso contraído com nossos filhos (...) que devem ter consciencia de que lhes deixamos um mundo melhor que o que recebemos", enfatizou o religioso.

Durante a homilia, monsenhor Mamerto Rivas ainda pediu aos cidadãos que evitem jogar lixo no solo e às autoridades que ‘façam sua parte' para proteger os recursos naturais.

 


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.




 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Francisco reflexionou sobre as Bodas de Caná e a alegria que vem de Deus e “se propaga de geraç ...
 
“A Arquidiocese tem procurado, por meio de suas paróquias e nas festividades de padroeiros, refle ...
 
Carlos e Paula, juntos há sete anos e com duas filhas, aceitaram desafio de Francisco e se uniram e ...
 
O prelado expôs os perigos do primeiro e recomendou as virtudes do segundo, que descreveu como “u ...
 
O monumento em honra a Padroeira do Brasil teve sua Instalação na Rótula da avenida principal do ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading