Loading
 
 
 
Loading
 
Bolonha: no Angelus com trabalhadores, Papa fala do desemprego
Loading
 
2 de Outubro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Bolonha - Itália (Segunda-feira, 02-10-2017, Gaudium Press) Neste domingo, 01/10, o Papa Francisco rezou o Angelus em Bolonha. Depois de visitar Cesena, o Papa deu continuidade a visita pastoral indo até esta famosa cidade do norte da Itália.

Deslocando-se no Papamóvel, o Santo Padre foi do Porto da cidade até a Praça Maior. Ali ele estava sendo esperado por uma multidão de trabalhadores e foi com eles que Francisco rezou a oração mariana do Angelus, depois de dirigir-lhes algumas palavras:

"Vocês representam diversas partes sociais, muitas vezes em discussão até ásperas, mas aprenderam que, somente juntos, se pode superar a crise e construir o futuro. Somente o diálogo permite encontrar respostas eficazes e inovadoras, sobretudo no que se refere à qualidade do trabalho e o indispensável bem-estar de todos", disse inicialmente o Papa, que ainda afirmou que são necessárias soluções estáveis, capazes de ajudar, as pessoas e as famílias, a encarar o futuro.

Conselho

O Papa aconselhou aos seus ouvintes a nunca rebaixem a solidariedade ao nível da lógica do lucro financeiro, porque, desta forma a roubamos dos mais frágeis, que têm tanta necessidade. Tornar a sociedade mais justa, explicou Francisco, não é um sonho do passado, mas um compromisso, um trabalho que precisa de todos nós.

Desemprego

Francisco falou também do desemprego, sobretudo juvenil, mas recordou também aqueles que perderam o trabalho e não conseguem inserir-se na sociedade: "O acolhimento e a luta contra a pobreza passam, em grande parte, através do trabalho. Não se pode oferecer ajuda aos pobres sem dar-lhes trabalho e dignidade".

Para Francisco, a crise econômica tem uma dimensão europeia e global, mas, é também uma crise ética, espiritual e humana. (JSG)

Loading
Bolonha: no Angelus com trabalhadores, Papa fala do desemprego

Bolonha - Itália (Segunda-feira, 02-10-2017, Gaudium Press) Neste domingo, 01/10, o Papa Francisco rezou o Angelus em Bolonha. Depois de visitar Cesena, o Papa deu continuidade a visita pastoral indo até esta famosa cidade do norte da Itália.

Deslocando-se no Papamóvel, o Santo Padre foi do Porto da cidade até a Praça Maior. Ali ele estava sendo esperado por uma multidão de trabalhadores e foi com eles que Francisco rezou a oração mariana do Angelus, depois de dirigir-lhes algumas palavras:

"Vocês representam diversas partes sociais, muitas vezes em discussão até ásperas, mas aprenderam que, somente juntos, se pode superar a crise e construir o futuro. Somente o diálogo permite encontrar respostas eficazes e inovadoras, sobretudo no que se refere à qualidade do trabalho e o indispensável bem-estar de todos", disse inicialmente o Papa, que ainda afirmou que são necessárias soluções estáveis, capazes de ajudar, as pessoas e as famílias, a encarar o futuro.

Conselho

O Papa aconselhou aos seus ouvintes a nunca rebaixem a solidariedade ao nível da lógica do lucro financeiro, porque, desta forma a roubamos dos mais frágeis, que têm tanta necessidade. Tornar a sociedade mais justa, explicou Francisco, não é um sonho do passado, mas um compromisso, um trabalho que precisa de todos nós.

Desemprego

Francisco falou também do desemprego, sobretudo juvenil, mas recordou também aqueles que perderam o trabalho e não conseguem inserir-se na sociedade: "O acolhimento e a luta contra a pobreza passam, em grande parte, através do trabalho. Não se pode oferecer ajuda aos pobres sem dar-lhes trabalho e dignidade".

Para Francisco, a crise econômica tem uma dimensão europeia e global, mas, é também uma crise ética, espiritual e humana. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/90219-Bolonha--no-Angelus-com-trabalhadores--Papa-fala-do-desemprego-. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A pintora Carmen Parra, que disse que é importante preservar a arte sacra após os terremotos, pois ...
 
São números que demonstram o grande interesse na Jornada que se desenvolverá na Cidade do Panamá ...
 
Na conclusão dos Exercícios Espirituais de Ariccia, Papa Francisco agradece ao Pe. Tolentino. ...
 
"Esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei". Veja como essa tocante súplica foi prontamente ...
 
Aprofundar o conhecimento de Fátima, descobrir sua Mensagem: fonte de espiritualidade para viver fe ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading