Loading
 
 
 
Loading
 
Franciscanos completam 800 anos custodiando os lugares Santos
Loading
 
13 de Outubro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Jerusalém - Israel (Sexta-feira, 13-10-2017, Gaudium Press) Os Franciscanos da Terra Santa completam 800 anos de presença no Oriente Médio. Para celebrar a data, serão realizados diversos encontros e conferências durante três dias na cidade velha de Jerusalém.

As celebrações serão iniciadas na segunda-feira, 16, na igreja de São Salvador, através de uma Santa Missa presidida pelo ministro geral da Ordem dos Frades Menores, Frei Michael Perry. Já na terça-feira, 17, o prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais, Cardeal Leonardo Sandri, fará uma conferência intitulada: "O papel dos franciscanos na Terra Santa". Por fim, na quarta-feira, 18, será feita uma reflexão sobre o significado dos afrescos da Basílica Superior de São Francisco de Assis.

"Como franciscanos, lemos estes oito séculos como uma manifestação da Providência, da fidelidade e da bondade de Deus para conosco, porque escolheu um instrumento eclesial simples e pobre, diversificado e por vezes também um pouco desorganizado qual somos nós, para levar adiante aqui, não a nossa, mas a Sua história, que é sempre história de salvação", afirmou o custódio da Terra Santa, Frei Francesco Patton.

Em junho deste ano começaram as celebrações pelos 800 anos da presença franciscana, através da peregrinação de alguns frades para Acri, na Terra Santa, lugar do primeiro desembarque em 1217.

A Custódia da Terra Santa pretende realizar uma série de iniciativas nos próximos dois anos, para chegar a comemorar o encontro que o padre fundador da Ordem, São Francisco, teve em 1219 com o sultão Malek-El-Kamel em Damieta, no Egito.

Desde 1217, quando os primeiros franciscanos desembarcaram em Acri, o hábito franciscano sempre esteve presente na Terra Santa, sendo que os religiosos se dedicam à custódia dos lugares do cristianismo e ao auxílio à população local. (EPC)

Loading
Franciscanos completam 800 anos custodiando os lugares Santos

Jerusalém - Israel (Sexta-feira, 13-10-2017, Gaudium Press) Os Franciscanos da Terra Santa completam 800 anos de presença no Oriente Médio. Para celebrar a data, serão realizados diversos encontros e conferências durante três dias na cidade velha de Jerusalém.

As celebrações serão iniciadas na segunda-feira, 16, na igreja de São Salvador, através de uma Santa Missa presidida pelo ministro geral da Ordem dos Frades Menores, Frei Michael Perry. Já na terça-feira, 17, o prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais, Cardeal Leonardo Sandri, fará uma conferência intitulada: "O papel dos franciscanos na Terra Santa". Por fim, na quarta-feira, 18, será feita uma reflexão sobre o significado dos afrescos da Basílica Superior de São Francisco de Assis.

"Como franciscanos, lemos estes oito séculos como uma manifestação da Providência, da fidelidade e da bondade de Deus para conosco, porque escolheu um instrumento eclesial simples e pobre, diversificado e por vezes também um pouco desorganizado qual somos nós, para levar adiante aqui, não a nossa, mas a Sua história, que é sempre história de salvação", afirmou o custódio da Terra Santa, Frei Francesco Patton.

Em junho deste ano começaram as celebrações pelos 800 anos da presença franciscana, através da peregrinação de alguns frades para Acri, na Terra Santa, lugar do primeiro desembarque em 1217.

A Custódia da Terra Santa pretende realizar uma série de iniciativas nos próximos dois anos, para chegar a comemorar o encontro que o padre fundador da Ordem, São Francisco, teve em 1219 com o sultão Malek-El-Kamel em Damieta, no Egito.

Desde 1217, quando os primeiros franciscanos desembarcaram em Acri, o hábito franciscano sempre esteve presente na Terra Santa, sendo que os religiosos se dedicam à custódia dos lugares do cristianismo e ao auxílio à população local. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/90515-Franciscanos-completam-800-anos-custodiando-os-lugares-Santos. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Padre Tolentino, na pregação de hoje: "As lágrimas podem nos tornar santos, depois de humanos". ...
 
A iniciativa calcula que um milhão e meio de terços, fabricados por famílias de Belém, serão do ...
 
A tese do escritor é claramente resumida no título do texto: “Homens sem convicções, templos s ...
 
A experiência demonstrou que há interesse por essas pregações já que elas são muito populares ...
 
O Papa ainda lembrou que a Quaresma é um período de arrependimento e conversão. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading