Loading
 
 
 
Loading
 
Memória de Benigna Cardoso é celebrada por milhares de fiéis no Ceará
Loading
 
27 de Outubro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Santana do Cariri - Ceará (Sexta-feira, 27-10-2017, Gaudium Press) Milhares de fiéis cearense saíram às ruas de Santana do Cariri para louvar e agradecer as graças alcançadas através da intercessão de Benigna Cardoso, considerada por muitos daquela região como a "Heroína da Castidade".

Memória de Benigna Cardoso é celebrada por milhares de fiéis no Ceará.JPG

"A devoção já extrapola os limites das redondezas; a romaria se tornou diocesana", afirmou o pároco local, Padre Paulo Lemos.

Após passar pela fase diocesana em 2013, sendo posteriormente entregue à Sagrada Congregação para a Causa dos Santos, em Roma, por intermédio do postulador, Monsenhor Vitailiano Mattioli (falecido em 2014), a "Serva de Deus" agora se encontra em processo de beatificação.

No local em que aconteceu o martírio, o distrito de Inhumas, a dois quilômetros da Igreja Matriz de Senhora Santana, um memorial foi construído em homenagem a Benigna. Neste espaço, costumam se reunir vários devotos durante a romaria anual, sempre celebrada no dia 24 de outubro, data da tragédia.

Este ano, a tradicional romaria chegou à sua 14ª edição, inspirada no tema "Com o testemunho mariano de Benigna, celebramos os 300 anos de Nossa Senhora Aparecida".

O ponto alto das celebrações foi a Santa Missa, presidida pelo bispo diocesano, Dom Gilberto Pastana. Em sua homilia, o prelado expressou a alegria de estar em Santana do Cariri, bem como de ter caminhado, junto com os fiéis, até a Matriz.

"Caminhei com vocês para sentir o calor espiritual, o calor devocional e da espiritualidade. Fiquei impressionado com a quantidade de crianças e jovens. Isso demonstra a iluminação do testemunho de Benigna, que, em sua simplicidade, vai tocando os corações", afirmou.

Segundo Dom Pastana, "no mundo em que vivemos, ela (Benigna) nos ensina como vencer o mal pela graça de Deus". "E nós somos convidados, hoje, a defender os valores da vida cristã e humana", exortou.

No final da cerimônia, o bispo lançou três desafios ao público, sendo o primeiro o de retornarem à romaria no próximo ano, o segundo o de comunicarem o que experimentaram e viveram, e o terceiro e último, o de trazerem mais pessoas para participarem dos festejos.

Benigna Cardoso

Memória de Benigna Cardoso é celebrada por milhares de fiéis no Ceará (2).JPG

Nascida em Santana do Cariri, em 15 de outubro de 1928, Benigna Cardoso conservava extrema religiosidade e temor a Deus. Sentia um grande desejo de fazer a Primeira Eucaristia, e depois desse sonho realizado, passou a seguir à risca os mandamentos divinos.

Quando completou 12 anos, a jovem foi abordada por um rapaz chamado Raul Alves, que logo, começou a assediá-la com propostas de namoro. Contudo, Benigna sempre se mostrava resistente quanto às investidas do menino, rejeitando-as de maneira educada.

Após diversos insucessos com a jovem, Raul resolveu surpreendê-la de forma desrespeitosa. Em uma tarde de sexta-feira, dia 24 de outubro de 1941, ao saber que Benigna iria pegar água em uma cacimba (uma espécie de poço artesanal) próxima à sua casa, saiu de trás do mato que o encobria e começou a abordá-la sexualmente.

Ela, no entanto, recusava as investidas brutais de Raul, que por sua vez, continuava a insistir com a jovem a ponto de tentar violentá-la. A moça lutou heroicamente para se defender do ato pecaminoso, que no seu entender cristão, ofenderia seu próprio corpo.

Diante daquela indesejável situação, Benigna preferiu morrer a pecar contra a castidade.

O corpo da moça foi sepultado na manhã do dia seguinte, no Cemitério Público São Miguel, em Santana do Cariri, acompanhado de comoção geral por parte dos moradores daquela região.

Desde aquela data, tiveram início as visitas ao túmulo e ao local do martírio. As rogativas feitas pelos fiéis a Benigna Cardoso geraram inúmeras graças alcançadas por intercessão dessa jovem, que ficou conhecida pela população cearense de fé como a "Heroína da Castidade". (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Diocese de Crato e www.jovembenigna.blogspot.com.br

Loading
Memória de Benigna Cardoso é celebrada por milhares de fiéis no Ceará

Santana do Cariri - Ceará (Sexta-feira, 27-10-2017, Gaudium Press) Milhares de fiéis cearense saíram às ruas de Santana do Cariri para louvar e agradecer as graças alcançadas através da intercessão de Benigna Cardoso, considerada por muitos daquela região como a "Heroína da Castidade".

Memória de Benigna Cardoso é celebrada por milhares de fiéis no Ceará.JPG

"A devoção já extrapola os limites das redondezas; a romaria se tornou diocesana", afirmou o pároco local, Padre Paulo Lemos.

Após passar pela fase diocesana em 2013, sendo posteriormente entregue à Sagrada Congregação para a Causa dos Santos, em Roma, por intermédio do postulador, Monsenhor Vitailiano Mattioli (falecido em 2014), a "Serva de Deus" agora se encontra em processo de beatificação.

No local em que aconteceu o martírio, o distrito de Inhumas, a dois quilômetros da Igreja Matriz de Senhora Santana, um memorial foi construído em homenagem a Benigna. Neste espaço, costumam se reunir vários devotos durante a romaria anual, sempre celebrada no dia 24 de outubro, data da tragédia.

Este ano, a tradicional romaria chegou à sua 14ª edição, inspirada no tema "Com o testemunho mariano de Benigna, celebramos os 300 anos de Nossa Senhora Aparecida".

O ponto alto das celebrações foi a Santa Missa, presidida pelo bispo diocesano, Dom Gilberto Pastana. Em sua homilia, o prelado expressou a alegria de estar em Santana do Cariri, bem como de ter caminhado, junto com os fiéis, até a Matriz.

"Caminhei com vocês para sentir o calor espiritual, o calor devocional e da espiritualidade. Fiquei impressionado com a quantidade de crianças e jovens. Isso demonstra a iluminação do testemunho de Benigna, que, em sua simplicidade, vai tocando os corações", afirmou.

Segundo Dom Pastana, "no mundo em que vivemos, ela (Benigna) nos ensina como vencer o mal pela graça de Deus". "E nós somos convidados, hoje, a defender os valores da vida cristã e humana", exortou.

No final da cerimônia, o bispo lançou três desafios ao público, sendo o primeiro o de retornarem à romaria no próximo ano, o segundo o de comunicarem o que experimentaram e viveram, e o terceiro e último, o de trazerem mais pessoas para participarem dos festejos.

Benigna Cardoso

Memória de Benigna Cardoso é celebrada por milhares de fiéis no Ceará (2).JPG

Nascida em Santana do Cariri, em 15 de outubro de 1928, Benigna Cardoso conservava extrema religiosidade e temor a Deus. Sentia um grande desejo de fazer a Primeira Eucaristia, e depois desse sonho realizado, passou a seguir à risca os mandamentos divinos.

Quando completou 12 anos, a jovem foi abordada por um rapaz chamado Raul Alves, que logo, começou a assediá-la com propostas de namoro. Contudo, Benigna sempre se mostrava resistente quanto às investidas do menino, rejeitando-as de maneira educada.

Após diversos insucessos com a jovem, Raul resolveu surpreendê-la de forma desrespeitosa. Em uma tarde de sexta-feira, dia 24 de outubro de 1941, ao saber que Benigna iria pegar água em uma cacimba (uma espécie de poço artesanal) próxima à sua casa, saiu de trás do mato que o encobria e começou a abordá-la sexualmente.

Ela, no entanto, recusava as investidas brutais de Raul, que por sua vez, continuava a insistir com a jovem a ponto de tentar violentá-la. A moça lutou heroicamente para se defender do ato pecaminoso, que no seu entender cristão, ofenderia seu próprio corpo.

Diante daquela indesejável situação, Benigna preferiu morrer a pecar contra a castidade.

O corpo da moça foi sepultado na manhã do dia seguinte, no Cemitério Público São Miguel, em Santana do Cariri, acompanhado de comoção geral por parte dos moradores daquela região.

Desde aquela data, tiveram início as visitas ao túmulo e ao local do martírio. As rogativas feitas pelos fiéis a Benigna Cardoso geraram inúmeras graças alcançadas por intercessão dessa jovem, que ficou conhecida pela população cearense de fé como a "Heroína da Castidade". (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Diocese de Crato e www.jovembenigna.blogspot.com.br

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/90870-Memoria-de-Benigna-Cardoso-e-celebrada-por-milhares-de-fieis-no-Ceara. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A pintora Carmen Parra, que disse que é importante preservar a arte sacra após os terremotos, pois ...
 
São números que demonstram o grande interesse na Jornada que se desenvolverá na Cidade do Panamá ...
 
Na conclusão dos Exercícios Espirituais de Ariccia, Papa Francisco agradece ao Pe. Tolentino. ...
 
"Esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei". Veja como essa tocante súplica foi prontamente ...
 
Aprofundar o conhecimento de Fátima, descobrir sua Mensagem: fonte de espiritualidade para viver fe ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading