Loading
 
 
 
Loading
 
Dom Nicioli fala sobre texto de orientações pastorais para as mídias católicas
Loading
 
30 de Outubro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Redação (Segunda-feira, 30-10-2017, Gaudium Press) Entre os dias 24 e 26 de outubro, o Conselho Permanente da CNBB esteve reunido em Brasília e aprovou com emendas e correções um texto contendo orientações pastorais dirigidas aos operadores de todas as mídias brasileiras que se apresentam como católicas.

Dom Nicioli fala sobre texto de orientações pastorais para as mídias católicas.png

O documento foi preparado com a participação de todas as comissões pastorais da Conferência e traz considerações importantes a serem observadas na TV, no rádio, nos impressos e nas chamadas mídias sociais da Igreja.

Sobre este assunto, o presidente da Comissão Episcopal para a Comunicação, Dom Darci José Nicioli, coordenou todo o processo de composição do documento, sendo ainda encarregado pelo Conselho a prosseguir com o processo que inclui a revisão, publicação e divulgação do arquivo por meio de anos de estudos e debates com os operadores das mídias.

"Todos os documentos que emanam da nossa Conferência Episcopal nascem da solicitude dos nós bispos em vista da animação da ação evangelizadora no Brasil. Nenhum desses textos é produzido sem essa mística. Em colegialidade fraterna, procuramos nos debruçar, na medida do possível, sobre todas as realidades que compõem a nossa ação pastoral. O campo da comunicação é importantíssimo!", afirmou Dom Darci.

Segundo o prelado, que é atualmente Arcebispo de Diamantina, Minas Gerais, "a necessidade de orientação para campos específicos do apostolado é comum à nossa ação evangelizadora. E vivendo em tempos de grandes transformações e expansão midiática, esse ambiente da vida eclesial e social pediu dos nossos bispos uma reflexão mais específica".

"Foi por isso que, por longos meses, estamos trabalhando nesse texto que foi aprovado pelo Conselho Permanente da CNBB e que, logo, estará nas mãos de todos os irmãos e irmãs que atuam em todas as mídias. Não é um texto pronto e acabado, mas um instrumento de estudo que poderá receber a influência de todos os que, efetivamente, atuam em mídias em nome da Igreja", explicou.

Ainda conforme Dom Nicioli, através deste documento, "os bispos decidiram falar aos operadores de todas as mídias que se apresentam como católicos diante da sociedade, tanto os que atuam em veículos da Igreja como aqueles que ocupam espaços próprios ou de terceiros e querem se comunicar a partir da experiência de fé vivida na Igreja Católica".

"Com isso queremos chegar não apenas aos olhos e ouvidos, mas aos corações de todos aqueles que trabalham nas emissoras de TV e Rádio, ligadas à Igreja de algum modo e também aqueles que participam dos meios laicos e se apresentam neles como católicos. Um dos destinatários pensados pelos bispos - enquanto preparávamos este documento que contou com a colaboração de vários comunicadores e de todas as comissões pastorais da CNBB - é o produtor de conteúdo na internet. Queremos também dialogar com as pessoas que assumem esse novo ambiente em sites, blogs ou redes sociais", acrescentou.

Por fim, o presidente da Comissão Episcopal para a Comunicação ressaltou que "a Igreja no Brasil merece o nosso esforço! O compromissa da fé em Jesus Cristo, nosso Redentor, pede nossa adesão para que tenhamos todas as áreas da evangelização bem refletidas nos trabalhos que são realizados no ambiente midiático".

"Este documento não é da Comissão de Comunicação, é um documento da CNBB e considerou a participação de todas as grandes linhas do nosso trabalho pastoral no Brasil! Gente boa! Meu agradecimento e abraço a todos!", concluiu. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações CNBB

Loading
Dom Nicioli fala sobre texto de orientações pastorais para as mídias católicas

Redação (Segunda-feira, 30-10-2017, Gaudium Press) Entre os dias 24 e 26 de outubro, o Conselho Permanente da CNBB esteve reunido em Brasília e aprovou com emendas e correções um texto contendo orientações pastorais dirigidas aos operadores de todas as mídias brasileiras que se apresentam como católicas.

Dom Nicioli fala sobre texto de orientações pastorais para as mídias católicas.png

O documento foi preparado com a participação de todas as comissões pastorais da Conferência e traz considerações importantes a serem observadas na TV, no rádio, nos impressos e nas chamadas mídias sociais da Igreja.

Sobre este assunto, o presidente da Comissão Episcopal para a Comunicação, Dom Darci José Nicioli, coordenou todo o processo de composição do documento, sendo ainda encarregado pelo Conselho a prosseguir com o processo que inclui a revisão, publicação e divulgação do arquivo por meio de anos de estudos e debates com os operadores das mídias.

"Todos os documentos que emanam da nossa Conferência Episcopal nascem da solicitude dos nós bispos em vista da animação da ação evangelizadora no Brasil. Nenhum desses textos é produzido sem essa mística. Em colegialidade fraterna, procuramos nos debruçar, na medida do possível, sobre todas as realidades que compõem a nossa ação pastoral. O campo da comunicação é importantíssimo!", afirmou Dom Darci.

Segundo o prelado, que é atualmente Arcebispo de Diamantina, Minas Gerais, "a necessidade de orientação para campos específicos do apostolado é comum à nossa ação evangelizadora. E vivendo em tempos de grandes transformações e expansão midiática, esse ambiente da vida eclesial e social pediu dos nossos bispos uma reflexão mais específica".

"Foi por isso que, por longos meses, estamos trabalhando nesse texto que foi aprovado pelo Conselho Permanente da CNBB e que, logo, estará nas mãos de todos os irmãos e irmãs que atuam em todas as mídias. Não é um texto pronto e acabado, mas um instrumento de estudo que poderá receber a influência de todos os que, efetivamente, atuam em mídias em nome da Igreja", explicou.

Ainda conforme Dom Nicioli, através deste documento, "os bispos decidiram falar aos operadores de todas as mídias que se apresentam como católicos diante da sociedade, tanto os que atuam em veículos da Igreja como aqueles que ocupam espaços próprios ou de terceiros e querem se comunicar a partir da experiência de fé vivida na Igreja Católica".

"Com isso queremos chegar não apenas aos olhos e ouvidos, mas aos corações de todos aqueles que trabalham nas emissoras de TV e Rádio, ligadas à Igreja de algum modo e também aqueles que participam dos meios laicos e se apresentam neles como católicos. Um dos destinatários pensados pelos bispos - enquanto preparávamos este documento que contou com a colaboração de vários comunicadores e de todas as comissões pastorais da CNBB - é o produtor de conteúdo na internet. Queremos também dialogar com as pessoas que assumem esse novo ambiente em sites, blogs ou redes sociais", acrescentou.

Por fim, o presidente da Comissão Episcopal para a Comunicação ressaltou que "a Igreja no Brasil merece o nosso esforço! O compromissa da fé em Jesus Cristo, nosso Redentor, pede nossa adesão para que tenhamos todas as áreas da evangelização bem refletidas nos trabalhos que são realizados no ambiente midiático".

"Este documento não é da Comissão de Comunicação, é um documento da CNBB e considerou a participação de todas as grandes linhas do nosso trabalho pastoral no Brasil! Gente boa! Meu agradecimento e abraço a todos!", concluiu. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações CNBB

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/90894-Dom-Nicioli-fala-sobre-texto-de-orientacoes-pastorais-para-as-midias-catolicas. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que durou três dias, reuniu mais de 70 mil homens à Casa da Mãe Aparecida, se tornando ...
 
Há "por quês? que não têm resposta, diz Francisco. Não têm uma resposta humana, mas só divina ...
 
“A demasiada participação nas redes sociais também pode ser uma perda de tempo. Passamos muito ...
 
Segundo o purpurado, manter a fidelidade a Cristo e nutrir a Fé através do encontro com Deus na or ...
 
O reitor apresentou uma análise simbólica dos três elementos presentes na narração do evangelis ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading