Loading
 
 
 
Loading
 
João Paulo I: Francisco reconhece suas virtudes heroicas
Loading
 
9 de Novembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 09-11-2017, Gaudium Press) Albino Luciani, o Papa João Paulo I, foi reconhecido pelo Papa Francisco como tendo praticado as virtudes cristãs em grau heroico. O Servo de Deus morreu repentinamente em 1978 tendo estado à frente da direção da Igreja por apenas 33 dias.

O reconhecimento das virtudes heroicas deu-se durante a audiência que o Santo Padre concedeu ao Prefeito da Congregação das Causas dos Santos, Cardeal Angelo Amato, na quarta-feira, 08 de novembro.

09-11João Paulo I Francisco reconhece suas virtudes heroicas.jpg

Servo de Deus João Paulo I

João Paulo I nasceu em 17 de outubro de 1912, em Forno di Canale (Itália) e morreu em 28 de setembro de 1978, no Palácio Apostólico no Vaticano. Sua eleição como Papa havia sido realizada no conclave de 26 de agosto daquele mesmo ano, 33 dias antes de seu falecimento.

Outras promulgações

Durante a mesma reunião com o Cardeal Angelo Amato, o Papa Francisco autorizou ainda a promulgação dos seguintes decretos:

- o martírio do Servo de Deus João Brenner, Sacerdote diocesano; nascido na Hungria, morreu no país em 1957;

- o martírio da Serva de Deus Leonella Sgorbati, irmã professa do Instituto das Missionárias da Consolata. Ela nasce na Itália e foi martirizada em 17 de setembro de 2006 em Mogadíscio, na Somália;

- as virtudes heroicas do Beato Bernardo di Baden, Marquês de Baden. Ele nasceu em 1428, na Alemanha, e morreu em 1458, na Itália;

- as virtudes heroicas do Servo de Deus Gregório Fioravanti, Sacerdote professo da Ordem dos Frades Menores, fundador da Congregação das Irmãs Franciscanas Missionárias do Sagrado Coração; morreu na Itália 1894;

- as virtudes heroicas do Servo de Deus Tomás Morales Pérez, Sacerdote professo da Companhia de Jesus, fundador dos Institutos Seculares Cruzados e Cruzadas de Santa Maria; nasceu na Venezuela em 1908 e morreu na Espanha em 1994;

- as virtudes heroicas do Servo de Deus Marcellino da Capradosso, leigo professo da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos; morreu na Itália em 1909;

- as virtudes heroicas da Serva de Deus Teresa Fardella, viúva De Blasi, fundadora do Instituto das Irmãs Pobres, nasceu nos Estados Unidos em 1867 e morreu em 1957 em Trapani, na Itália. (JSG)

 

 

Loading
João Paulo I: Francisco reconhece suas virtudes heroicas

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 09-11-2017, Gaudium Press) Albino Luciani, o Papa João Paulo I, foi reconhecido pelo Papa Francisco como tendo praticado as virtudes cristãs em grau heroico. O Servo de Deus morreu repentinamente em 1978 tendo estado à frente da direção da Igreja por apenas 33 dias.

O reconhecimento das virtudes heroicas deu-se durante a audiência que o Santo Padre concedeu ao Prefeito da Congregação das Causas dos Santos, Cardeal Angelo Amato, na quarta-feira, 08 de novembro.

09-11João Paulo I Francisco reconhece suas virtudes heroicas.jpg

Servo de Deus João Paulo I

João Paulo I nasceu em 17 de outubro de 1912, em Forno di Canale (Itália) e morreu em 28 de setembro de 1978, no Palácio Apostólico no Vaticano. Sua eleição como Papa havia sido realizada no conclave de 26 de agosto daquele mesmo ano, 33 dias antes de seu falecimento.

Outras promulgações

Durante a mesma reunião com o Cardeal Angelo Amato, o Papa Francisco autorizou ainda a promulgação dos seguintes decretos:

- o martírio do Servo de Deus João Brenner, Sacerdote diocesano; nascido na Hungria, morreu no país em 1957;

- o martírio da Serva de Deus Leonella Sgorbati, irmã professa do Instituto das Missionárias da Consolata. Ela nasce na Itália e foi martirizada em 17 de setembro de 2006 em Mogadíscio, na Somália;

- as virtudes heroicas do Beato Bernardo di Baden, Marquês de Baden. Ele nasceu em 1428, na Alemanha, e morreu em 1458, na Itália;

- as virtudes heroicas do Servo de Deus Gregório Fioravanti, Sacerdote professo da Ordem dos Frades Menores, fundador da Congregação das Irmãs Franciscanas Missionárias do Sagrado Coração; morreu na Itália 1894;

- as virtudes heroicas do Servo de Deus Tomás Morales Pérez, Sacerdote professo da Companhia de Jesus, fundador dos Institutos Seculares Cruzados e Cruzadas de Santa Maria; nasceu na Venezuela em 1908 e morreu na Espanha em 1994;

- as virtudes heroicas do Servo de Deus Marcellino da Capradosso, leigo professo da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos; morreu na Itália em 1909;

- as virtudes heroicas da Serva de Deus Teresa Fardella, viúva De Blasi, fundadora do Instituto das Irmãs Pobres, nasceu nos Estados Unidos em 1867 e morreu em 1957 em Trapani, na Itália. (JSG)

 

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/91115-Joao-Paulo-I--Francisco-reconhece-suas-virtudes-heroicas--. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A pintora Carmen Parra, que disse que é importante preservar a arte sacra após os terremotos, pois ...
 
São números que demonstram o grande interesse na Jornada que se desenvolverá na Cidade do Panamá ...
 
Na conclusão dos Exercícios Espirituais de Ariccia, Papa Francisco agradece ao Pe. Tolentino. ...
 
"Esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei". Veja como essa tocante súplica foi prontamente ...
 
Aprofundar o conhecimento de Fátima, descobrir sua Mensagem: fonte de espiritualidade para viver fe ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading