Loading
 
 
 
Loading
 
Capela Real da Basílica Catedral de Plock, Polônia, é aberta ao público após restauração
Loading
 
12 de Dezembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Polônia - Plock (Terça-feira, 12-12-2017, Gaudium Press) A Capela Real da Basílica Catedral de Plock, Polônia, foi finalmente aberta ao público após os trabalhos de restauração que começaram no mês de junho de 2016. A Capela conta agora, além de uma beleza renovada, com um guia auditivo que expõem a história da Capela e os detalhes de seu projeto.

Capela Real da Basílica Catedral de Plock, Polônia, é aberta ao público após restauração.jpg

Segundo informou a agência KAI, o Pároco da Catedral, Padre Stefan Ceglowski, indicou que o propósito da restauração é promover um dos lugares de maior importância para a história da Polônia, já que a cidade de Plock era a capital do país desde o final do século XI e durante o século XII. A Capela Real é considerada o "coração" da Catedral da Assunção da Santíssima Virgem Maria, e onde se conservam os restos mortais de dois reis e quinze príncipes.

"O templo da Catedral ensinou esperança, virtudes, muitas vezes retratadas em portais e passagens inferiores. Ela ensinou a história da salvação, ela ensinou beleza", recordou o Bispo de Plock, Dom Piotr Libera, durante um dos eventos ligados ao processo de restauração. "Onde está a Europa de hoje se as Catedrais, especialmente na Europa Ocidental, são mais museus que casas de oração, cristãos e comunidades unidas com eles e sua vida litúrgica é microscópica e fortemente perturbada?".

O prelado afirmou que a restauração não significa que a Igreja pretenda regressar nostalgicamente ao passado, mas que deseja descobrir sua riqueza, também revelada na arquitetura sacra. "Queremos abrir suas portas para as novas gerações", indicou. O Bispo recordou que foram as Catedrais as instituições que ajudaram a dar forma à cultura europeia, também através das escolas catedralícias e universidades. Os prelados ensinaram a Fé através das Catedrais, e ainda "ensinaram arquitetura, escultura e pintura". (EPC)

Loading
Capela Real da Basílica Catedral de Plock, Polônia, é aberta ao público após restauração

Polônia - Plock (Terça-feira, 12-12-2017, Gaudium Press) A Capela Real da Basílica Catedral de Plock, Polônia, foi finalmente aberta ao público após os trabalhos de restauração que começaram no mês de junho de 2016. A Capela conta agora, além de uma beleza renovada, com um guia auditivo que expõem a história da Capela e os detalhes de seu projeto.

Capela Real da Basílica Catedral de Plock, Polônia, é aberta ao público após restauração.jpg

Segundo informou a agência KAI, o Pároco da Catedral, Padre Stefan Ceglowski, indicou que o propósito da restauração é promover um dos lugares de maior importância para a história da Polônia, já que a cidade de Plock era a capital do país desde o final do século XI e durante o século XII. A Capela Real é considerada o "coração" da Catedral da Assunção da Santíssima Virgem Maria, e onde se conservam os restos mortais de dois reis e quinze príncipes.

"O templo da Catedral ensinou esperança, virtudes, muitas vezes retratadas em portais e passagens inferiores. Ela ensinou a história da salvação, ela ensinou beleza", recordou o Bispo de Plock, Dom Piotr Libera, durante um dos eventos ligados ao processo de restauração. "Onde está a Europa de hoje se as Catedrais, especialmente na Europa Ocidental, são mais museus que casas de oração, cristãos e comunidades unidas com eles e sua vida litúrgica é microscópica e fortemente perturbada?".

O prelado afirmou que a restauração não significa que a Igreja pretenda regressar nostalgicamente ao passado, mas que deseja descobrir sua riqueza, também revelada na arquitetura sacra. "Queremos abrir suas portas para as novas gerações", indicou. O Bispo recordou que foram as Catedrais as instituições que ajudaram a dar forma à cultura europeia, também através das escolas catedralícias e universidades. Os prelados ensinaram a Fé através das Catedrais, e ainda "ensinaram arquitetura, escultura e pintura". (EPC)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que durou três dias, reuniu mais de 70 mil homens à Casa da Mãe Aparecida, se tornando ...
 
Há "por quês? que não têm resposta, diz Francisco. Não têm uma resposta humana, mas só divina ...
 
“A demasiada participação nas redes sociais também pode ser uma perda de tempo. Passamos muito ...
 
Segundo o purpurado, manter a fidelidade a Cristo e nutrir a Fé através do encontro com Deus na or ...
 
O reitor apresentou uma análise simbólica dos três elementos presentes na narração do evangelis ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading