Loading
 
 
 
Loading
 
Bispo comenta os trabalhos da 3ª Missão Jovem na Amazônia
Loading
 
18 de Dezembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Caxias - Maranhão (Segunda-feira, 18-12-2017, Gaudium Press) A 3ª Missão Jovem na Amazônia, na Diocese de Caxias, no Maranhão, contou com momentos de comunhão, crescimento, conversão pessoal e pastoral e animação para o trabalho com a juventude, segundo o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB, Dom Vilsom Basso.

No total, 35 jovens de diferentes regionais da CNBB e outros 70, entre diocesanos de Caxias e de outras Igrejas particulares do Maranhão, fizeram parte de uma dinâmica da Missão Jovem, que teve momentos de formação e espiritualidade, além de um trabalho missionário nas diversas realidades, como presídios, centros de recuperação, periferias e áreas rurais.

"Os frutos são em primeiro lugar de comunhão, são diferentes regiões, diferentes expressões juvenis (a PJ, os movimentos, as novas comunidades, congregações religiosas) e formam uma família só a serviço da missão", afirmou Dom Vilsom.

Ao apontar os testemunhos de crescimento e conversão pessoal, o prelado ressaltou: "um abrir os olhos, conhecer que há as diferentes realidades em nosso pais, em nossa Igreja. Então há uma mudança nas pessoas que são visitadas, nas realidades que são visitadas".

Dom Vilsom lembrou ainda que há "um acreditar na força evangelizadora da juventude, na força criativa, na força criadora dos jovens, força de mudança nesta parcela desta Igreja jovem, em saída, que vai às periferias físicas e existenciais e ali, como sal e luz, fermento na massa, levam a mensagem transformadora do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo".

Para a Comissão Episcopal e todos os que trabalham com a evangelização da juventude, os frutos são de animação, "sem medo de caminhar", conforme o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações CNBB

Loading
Bispo comenta os trabalhos da 3ª Missão Jovem na Amazônia

Caxias - Maranhão (Segunda-feira, 18-12-2017, Gaudium Press) A 3ª Missão Jovem na Amazônia, na Diocese de Caxias, no Maranhão, contou com momentos de comunhão, crescimento, conversão pessoal e pastoral e animação para o trabalho com a juventude, segundo o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB, Dom Vilsom Basso.

No total, 35 jovens de diferentes regionais da CNBB e outros 70, entre diocesanos de Caxias e de outras Igrejas particulares do Maranhão, fizeram parte de uma dinâmica da Missão Jovem, que teve momentos de formação e espiritualidade, além de um trabalho missionário nas diversas realidades, como presídios, centros de recuperação, periferias e áreas rurais.

"Os frutos são em primeiro lugar de comunhão, são diferentes regiões, diferentes expressões juvenis (a PJ, os movimentos, as novas comunidades, congregações religiosas) e formam uma família só a serviço da missão", afirmou Dom Vilsom.

Ao apontar os testemunhos de crescimento e conversão pessoal, o prelado ressaltou: "um abrir os olhos, conhecer que há as diferentes realidades em nosso pais, em nossa Igreja. Então há uma mudança nas pessoas que são visitadas, nas realidades que são visitadas".

Dom Vilsom lembrou ainda que há "um acreditar na força evangelizadora da juventude, na força criativa, na força criadora dos jovens, força de mudança nesta parcela desta Igreja jovem, em saída, que vai às periferias físicas e existenciais e ali, como sal e luz, fermento na massa, levam a mensagem transformadora do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo".

Para a Comissão Episcopal e todos os que trabalham com a evangelização da juventude, os frutos são de animação, "sem medo de caminhar", conforme o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações CNBB

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/91887-Bispo-comenta-os-trabalhos-da-3a--Missao-Jovem-na-Amazonia. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A pintora Carmen Parra, que disse que é importante preservar a arte sacra após os terremotos, pois ...
 
São números que demonstram o grande interesse na Jornada que se desenvolverá na Cidade do Panamá ...
 
Na conclusão dos Exercícios Espirituais de Ariccia, Papa Francisco agradece ao Pe. Tolentino. ...
 
"Esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei". Veja como essa tocante súplica foi prontamente ...
 
Aprofundar o conhecimento de Fátima, descobrir sua Mensagem: fonte de espiritualidade para viver fe ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading