Loading
 
 
 
Loading
 
Mensagem de Natal de Dom Antônio Marto recorda que Deus se fez pequeno para aproximar-se mais de nós
Loading
 
19 de Dezembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Fátima - Portugal (Terça-feira, 19-12-2017, Gaudium Press) O bispo de Leiria-Fátima, em Portugal, Dom Antônio Marto, tornou pública a Mensagem de Natal ,2017 dirigida a seus diocesanos.

19-12Dom Antonio Marto.jpg


O prelado português afirma que o Natal é um convite dirigido a todos à alegria, à fraternidade e à esperança e desafiou as comunidades diocesanas a não ficarem indiferentes e a deixarem-se surpreender por um Deus que é amor.

"Não deixemos que nos roubem o autêntico Natal"

"O verdadeiro Natal de Cristo gera um novo despertar de fraternidade, partilha e solidariedade com os que à nossa volta conhecem a solidão, a pobreza, a precariedade", afirma Dom Antônio Marto na mensagem de Natal 2017 que tem como título: "Não deixemos que nos roubem o autêntico Natal".

Recorrendo à simbologia do presépio e à figura dos pastores "a quem foi feito o primeiro anúncio do Natal de Jesus" e que "estão lá como representantes dos mais pobres, frágeis, necessitados e descartados da nossa sociedade", Dom António desenvolve seu pensamento:

"Neste Natal não podemos faltar-lhes com a nossa solidariedade generosa", "de modo particular as vítimas dos incêndios", que trouxeram muito sofrimento para as comunidades diocesanas de Leiria-Fátima.

Mãos que acolhem

"Benditas as mãos que se abrem para acolher os pobres e socorrê-los: são mãos que levam esperança". Benditas as mãos que derramam óleo de consolação nas chagas da humanidade, diz o bispo recordando palavras do Papa.

Deus se faz pequeno para não termos medo dele

"Deus faz-se pequeno para que não tenhamos medo de O receber nos braços; faz-se pequeno para que os mais pobres e humilhados não tenham medo Dele e Nele encontrem acolhimento como os pastores de Belém; faz-se pequeno para tocar o coração dos poderosos deste mundo. É este o rosto que nós contemplamos no Natal! ", afirma o bispo de Leiria-Fátima.

Apelo

O prelado diocesano apela também para uma adesão massiva dos cristãos à campanha "10 milhões de estrelas, um gesto pela Paz", promovida pela Cáritas Internacional e levada a cabo pela Caritas diocesana e cujas receitas este ano serão destinadas também para as dos incêndios.

Autêntico Natal: vivido na Fé, alegria, esperança

"Nesta festa de Natal, em que celebramos o centésimo aniversário da restauração da nossa querida diocese de Leiria-Fátima, não deixemos que nos roubem o autêntico Natal celebrado e vivido na fé, na alegria, na partilha, na generosidade e na esperança! ", enfatiza Dom Antônio Marto encerrando sua Mensagem natalina 2017. (JSG)

 

Loading
Mensagem de Natal de Dom Antônio Marto recorda que Deus se fez pequeno para aproximar-se mais de nós

Fátima - Portugal (Terça-feira, 19-12-2017, Gaudium Press) O bispo de Leiria-Fátima, em Portugal, Dom Antônio Marto, tornou pública a Mensagem de Natal ,2017 dirigida a seus diocesanos.

19-12Dom Antonio Marto.jpg


O prelado português afirma que o Natal é um convite dirigido a todos à alegria, à fraternidade e à esperança e desafiou as comunidades diocesanas a não ficarem indiferentes e a deixarem-se surpreender por um Deus que é amor.

"Não deixemos que nos roubem o autêntico Natal"

"O verdadeiro Natal de Cristo gera um novo despertar de fraternidade, partilha e solidariedade com os que à nossa volta conhecem a solidão, a pobreza, a precariedade", afirma Dom Antônio Marto na mensagem de Natal 2017 que tem como título: "Não deixemos que nos roubem o autêntico Natal".

Recorrendo à simbologia do presépio e à figura dos pastores "a quem foi feito o primeiro anúncio do Natal de Jesus" e que "estão lá como representantes dos mais pobres, frágeis, necessitados e descartados da nossa sociedade", Dom António desenvolve seu pensamento:

"Neste Natal não podemos faltar-lhes com a nossa solidariedade generosa", "de modo particular as vítimas dos incêndios", que trouxeram muito sofrimento para as comunidades diocesanas de Leiria-Fátima.

Mãos que acolhem

"Benditas as mãos que se abrem para acolher os pobres e socorrê-los: são mãos que levam esperança". Benditas as mãos que derramam óleo de consolação nas chagas da humanidade, diz o bispo recordando palavras do Papa.

Deus se faz pequeno para não termos medo dele

"Deus faz-se pequeno para que não tenhamos medo de O receber nos braços; faz-se pequeno para que os mais pobres e humilhados não tenham medo Dele e Nele encontrem acolhimento como os pastores de Belém; faz-se pequeno para tocar o coração dos poderosos deste mundo. É este o rosto que nós contemplamos no Natal! ", afirma o bispo de Leiria-Fátima.

Apelo

O prelado diocesano apela também para uma adesão massiva dos cristãos à campanha "10 milhões de estrelas, um gesto pela Paz", promovida pela Cáritas Internacional e levada a cabo pela Caritas diocesana e cujas receitas este ano serão destinadas também para as dos incêndios.

Autêntico Natal: vivido na Fé, alegria, esperança

"Nesta festa de Natal, em que celebramos o centésimo aniversário da restauração da nossa querida diocese de Leiria-Fátima, não deixemos que nos roubem o autêntico Natal celebrado e vivido na fé, na alegria, na partilha, na generosidade e na esperança! ", enfatiza Dom Antônio Marto encerrando sua Mensagem natalina 2017. (JSG)

 


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que durou três dias, reuniu mais de 70 mil homens à Casa da Mãe Aparecida, se tornando ...
 
Há "por quês? que não têm resposta, diz Francisco. Não têm uma resposta humana, mas só divina ...
 
“A demasiada participação nas redes sociais também pode ser uma perda de tempo. Passamos muito ...
 
Segundo o purpurado, manter a fidelidade a Cristo e nutrir a Fé através do encontro com Deus na or ...
 
O reitor apresentou uma análise simbólica dos três elementos presentes na narração do evangelis ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading