Loading
 
 
 
Loading
 
Milagre de São Genaro se repete e comove fiéis
Loading
 
21 de Dezembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Itália - Nápoles (Quinta-feira, 21-12-2017, Gaudium Press) A Catedral de Nápoles ficou pequena diante da grande quantidade de fiéis que se reuniram na manhã do último sábado, 16, para acompanhar o aguardado milagre da liquefação do sangue de São Genaro, padroeiro de Nápoles.

Milagre de São Genaro se repete e comove fiéis.jpg

Às 09h os fiéis já estavam no templo. A cerimônia foi presidida pelo Abade, Monsenhor Vincenzo De Gregorio, na Capela Real do Tesouro. Seguindo a tradição, às 12h07 foi levantado o lenço branco que indica que o milagre ocorreu novamente.

Esse milagre da liquefação do sangue de São Genaro normalmente ocorre apenas três vezes por ano: no sábado anterior ao primeiro domingo de maio, dia da transladação das relíquias do Santo do cemitério Agro Marciano às catacumbas de Capodimonte; no dia 19 de setembro, quando se comemora o seu martírio; e no dia 16 de dezembro, data na qual ele é celebrado como padroeiro da cidade. Mas nem sempre o milagre se repete. Quando o sangue não se liquefaz, os fiéis interpretam como anúncio de alguma tragédia.

No ano de 2015, na época em que o Papa Francisco estava visitando a cidade, o sangue se liquefez diante do Pontífice, fato incomum porque a última vez em que o milagre havia ocorrido com um Pontífice tinha sido em 1848, com Pio IX. O mesmo não ocorreu quando os Papas João Paulo II e Bento XVI visitaram a região em 1979 e em 2007, respectivamente. (EPC)

Loading
Milagre de São Genaro se repete e comove fiéis

Itália - Nápoles (Quinta-feira, 21-12-2017, Gaudium Press) A Catedral de Nápoles ficou pequena diante da grande quantidade de fiéis que se reuniram na manhã do último sábado, 16, para acompanhar o aguardado milagre da liquefação do sangue de São Genaro, padroeiro de Nápoles.

Milagre de São Genaro se repete e comove fiéis.jpg

Às 09h os fiéis já estavam no templo. A cerimônia foi presidida pelo Abade, Monsenhor Vincenzo De Gregorio, na Capela Real do Tesouro. Seguindo a tradição, às 12h07 foi levantado o lenço branco que indica que o milagre ocorreu novamente.

Esse milagre da liquefação do sangue de São Genaro normalmente ocorre apenas três vezes por ano: no sábado anterior ao primeiro domingo de maio, dia da transladação das relíquias do Santo do cemitério Agro Marciano às catacumbas de Capodimonte; no dia 19 de setembro, quando se comemora o seu martírio; e no dia 16 de dezembro, data na qual ele é celebrado como padroeiro da cidade. Mas nem sempre o milagre se repete. Quando o sangue não se liquefaz, os fiéis interpretam como anúncio de alguma tragédia.

No ano de 2015, na época em que o Papa Francisco estava visitando a cidade, o sangue se liquefez diante do Pontífice, fato incomum porque a última vez em que o milagre havia ocorrido com um Pontífice tinha sido em 1848, com Pio IX. O mesmo não ocorreu quando os Papas João Paulo II e Bento XVI visitaram a região em 1979 e em 2007, respectivamente. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/91971-Milagre-de-Sao-Genaro-se-repete-e-comove-fieis. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Padre Tolentino, na pregação de hoje: "As lágrimas podem nos tornar santos, depois de humanos". ...
 
A iniciativa calcula que um milhão e meio de terços, fabricados por famílias de Belém, serão do ...
 
A tese do escritor é claramente resumida no título do texto: “Homens sem convicções, templos s ...
 
A experiência demonstrou que há interesse por essas pregações já que elas são muito populares ...
 
O Papa ainda lembrou que a Quaresma é um período de arrependimento e conversão. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading