Loading
 
 
 
Loading
 
Cardeal Osoro escreve mensagem aos fiéis por ocasião do ano novo
Loading
 
29 de Dezembro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Espanha - Madri (Sexta-feira, 29-12-2017, Gaudium Press) Após a celebração do Natal e antes do início do ano novo, o Cardeal Carlos Osoro, Arcebispo de Madri, em sua mais recente carta semanal, fez um chamado a colocar o olhar no amor de Deus que nos conduz a amar.

Cardeal Carlos Osoro.jpg

"O nascimento de Jesus Cristo nos convida a deixar-nos envolver por essa força de amor que vem de Deus que se fez presente entre nós, que assumiu um rosto, que caminhou entre nós, que nos salva e nos devolve a dignidade aos homens. Seu amor nos leva a amar: sejamos conscientes de que somos filhos de Deus e, por isso, irmãos de todos os homens", escreve o purpurado.

Então acrescenta: "Viver assim significa ter a dignidade do Senhor, do Filho de Deus. Uma dignidade que cresce e se desenvolve à medida que vamos nos encontramos mais e mais com Ele: salvos pelo Amor, nós salvamos e vivemos de seu amor".

Nesse sentido, o Cardeal oferece diretrizes sobre como podemos nos aproximar para viver o amor de Deus e manter viva o que ele chama, "a revolução que nos leva a amar", especialmente antes da chegada do novo ano.

Diz que "adorar a Jesus nos leva a amar", por isso é necessário "cultivar nestes momentos da vida e da história dos homens a vida interior". Aqui, o Arcebispo nos convida a falar com confiança a Deus: "façamo-nos filhos, rezemos, falemos de nós mesmos, dos homens, das situações nas quais é o amor o que precisamente se destaca, e abramos também nosso coração (...) Falemos ao Senhor de coração".

Assinala, por sua vez, que "acolher a Jesus nos leva a amar", e quem acolhe "renuncia ao 'eu' e faz entrar na vida ao 'teu' e ao 'nós'". E começa a entender que Jesus veio a este mundo para acolher e acompanhar sem queixar-se, para criar paz e concórdia, dar a comunhão, semear a vida de generosidade e paz mesmo quando não é correspondida, assim devemos viver".

Conclui afirmando que "sair como Jesus nos leva a amar", uma vez que o amor "é sempre dinâmico, sai de si mesmo (...) nos faz que disponhamos nossa vida para ir, para sair".

"Contemplai Maria e José no silêncio, aos pastores anunciando a Jesus com suas canções, aos Magos retornando por outro caminho pois haviam sido levados pelo amor do Senhor e não quiseram voltar para Herodes, que era o caminho da morte. Situar-nos junto a Belém é nos encher de amor e sair em busca de todos os homens para anunciá-lo", finaliza o Cardeal Osoro. (EPC)

Loading
Cardeal Osoro escreve mensagem aos fiéis por ocasião do ano novo

Espanha - Madri (Sexta-feira, 29-12-2017, Gaudium Press) Após a celebração do Natal e antes do início do ano novo, o Cardeal Carlos Osoro, Arcebispo de Madri, em sua mais recente carta semanal, fez um chamado a colocar o olhar no amor de Deus que nos conduz a amar.

Cardeal Carlos Osoro.jpg

"O nascimento de Jesus Cristo nos convida a deixar-nos envolver por essa força de amor que vem de Deus que se fez presente entre nós, que assumiu um rosto, que caminhou entre nós, que nos salva e nos devolve a dignidade aos homens. Seu amor nos leva a amar: sejamos conscientes de que somos filhos de Deus e, por isso, irmãos de todos os homens", escreve o purpurado.

Então acrescenta: "Viver assim significa ter a dignidade do Senhor, do Filho de Deus. Uma dignidade que cresce e se desenvolve à medida que vamos nos encontramos mais e mais com Ele: salvos pelo Amor, nós salvamos e vivemos de seu amor".

Nesse sentido, o Cardeal oferece diretrizes sobre como podemos nos aproximar para viver o amor de Deus e manter viva o que ele chama, "a revolução que nos leva a amar", especialmente antes da chegada do novo ano.

Diz que "adorar a Jesus nos leva a amar", por isso é necessário "cultivar nestes momentos da vida e da história dos homens a vida interior". Aqui, o Arcebispo nos convida a falar com confiança a Deus: "façamo-nos filhos, rezemos, falemos de nós mesmos, dos homens, das situações nas quais é o amor o que precisamente se destaca, e abramos também nosso coração (...) Falemos ao Senhor de coração".

Assinala, por sua vez, que "acolher a Jesus nos leva a amar", e quem acolhe "renuncia ao 'eu' e faz entrar na vida ao 'teu' e ao 'nós'". E começa a entender que Jesus veio a este mundo para acolher e acompanhar sem queixar-se, para criar paz e concórdia, dar a comunhão, semear a vida de generosidade e paz mesmo quando não é correspondida, assim devemos viver".

Conclui afirmando que "sair como Jesus nos leva a amar", uma vez que o amor "é sempre dinâmico, sai de si mesmo (...) nos faz que disponhamos nossa vida para ir, para sair".

"Contemplai Maria e José no silêncio, aos pastores anunciando a Jesus com suas canções, aos Magos retornando por outro caminho pois haviam sido levados pelo amor do Senhor e não quiseram voltar para Herodes, que era o caminho da morte. Situar-nos junto a Belém é nos encher de amor e sair em busca de todos os homens para anunciá-lo", finaliza o Cardeal Osoro. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92116-Cardeal-Osoro-escreve-mensagem-aos-fieis-por-ocasiao-do-ano-novo. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que durou três dias, reuniu mais de 70 mil homens à Casa da Mãe Aparecida, se tornando ...
 
Há "por quês? que não têm resposta, diz Francisco. Não têm uma resposta humana, mas só divina ...
 
“A demasiada participação nas redes sociais também pode ser uma perda de tempo. Passamos muito ...
 
Segundo o purpurado, manter a fidelidade a Cristo e nutrir a Fé através do encontro com Deus na or ...
 
O reitor apresentou uma análise simbólica dos três elementos presentes na narração do evangelis ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading