Loading
 
 
 
Loading
 
Academia Marial de Aparecida e seus projetos para 2018
Loading
 
5 de Janeiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Aparecida - São Paulo (Sexta-feira, 05-01-2018, Gaudium Press) A Academia Marial de Aparecida realizou em 2017 diversas atividades que marcaram o ano na instituição, considerada o único centro de pesquisas marianas do país.

Academia Marial de Aparecida e seus projetos para 2018.jpg

Novos dirigentes e curso em Mariologia

No ano em que a Academia completou seus 32 anos, novos dirigentes tomaram posse do centro de estudos, renovando os trabalhos e trazendo projetos para 2018.

Outros destaques ficaram por conta da realização do curso de pós-graduação em Mariologia, visto como pioneiro no Brasil e resultante de uma parceria com a Faculdade Dehoniana. As aulas acontecem a distância, com encontros a cada seis meses. Ao todo, cerca de 60 pessoas participam dos estudos, que têm a previsão de finalização em julho de 2018.

Eventos internacionais e Congresso Mariológico

A Academia ainda promoveu eventos internacionais, sendo o primeiro deles a peregrinação aos santuários marianos da Europa. Durante 14 dias, igrejas de Portugal e da França foram visitadas pelos participantes do grupo.

Por sua vez, o Congresso Mariológico também contou com colaboradores internacionais, representados pela Pontifícia Academia Mariológica Internacional (PAMI).

Novo presidente e despedida

No campo das mudanças, uma em especial ocorreu no início de janeiro passado. O Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, tomou posse como novo presidente da Academia.

Já em agosto, foi a vez do então diretor, Padre Valdivino Guimarães, se despedir da instituição para estudar em Roma, na Itália.
Assim, o Padre César Moreira passou a dirigir o centro de estudos. O sacerdote, inclusive, reconheceu o trabalho realizado pela gestão anterior. "O trabalho que padre Valdivino realizou conosco foi muito bonito. Nosso desejo é dar continuidade e aprimorá-lo mais ainda em 2018", contou.

Atividades planejadas

Para este ano novo, diversas atividades de cunho catequético, pastoral, acadêmico, comunicacional e institucional estão planejadas. Entre os destaques estão a realização do primeiro retiro mariano, previsto para acontecer entre os meses de março e abril.

Vale ressaltar que a instituição assumiu a responsabilidade pela pregação da Consagração a Nossa Senhora Aparecida, tradicional celebração do Santuário Nacional.

"Ao longo da semana nós fazemos um ciclo de catequeses para levar o devoto a entender quem de fato é Maria e, por meio dela, leva-lo a conhecer quem é Jesus", destacou o Padre César.

Atividades tradicionais como o Congresso Mariológico e o curso de pós-graduação em Mariologia continuarão acontecendo ao longo de 2018. As inscrições para ambas as atividades se iniciam na segunda quinzena de janeiro. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações A12

Loading
Academia Marial de Aparecida e seus projetos para 2018

Aparecida - São Paulo (Sexta-feira, 05-01-2018, Gaudium Press) A Academia Marial de Aparecida realizou em 2017 diversas atividades que marcaram o ano na instituição, considerada o único centro de pesquisas marianas do país.

Academia Marial de Aparecida e seus projetos para 2018.jpg

Novos dirigentes e curso em Mariologia

No ano em que a Academia completou seus 32 anos, novos dirigentes tomaram posse do centro de estudos, renovando os trabalhos e trazendo projetos para 2018.

Outros destaques ficaram por conta da realização do curso de pós-graduação em Mariologia, visto como pioneiro no Brasil e resultante de uma parceria com a Faculdade Dehoniana. As aulas acontecem a distância, com encontros a cada seis meses. Ao todo, cerca de 60 pessoas participam dos estudos, que têm a previsão de finalização em julho de 2018.

Eventos internacionais e Congresso Mariológico

A Academia ainda promoveu eventos internacionais, sendo o primeiro deles a peregrinação aos santuários marianos da Europa. Durante 14 dias, igrejas de Portugal e da França foram visitadas pelos participantes do grupo.

Por sua vez, o Congresso Mariológico também contou com colaboradores internacionais, representados pela Pontifícia Academia Mariológica Internacional (PAMI).

Novo presidente e despedida

No campo das mudanças, uma em especial ocorreu no início de janeiro passado. O Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, tomou posse como novo presidente da Academia.

Já em agosto, foi a vez do então diretor, Padre Valdivino Guimarães, se despedir da instituição para estudar em Roma, na Itália.
Assim, o Padre César Moreira passou a dirigir o centro de estudos. O sacerdote, inclusive, reconheceu o trabalho realizado pela gestão anterior. "O trabalho que padre Valdivino realizou conosco foi muito bonito. Nosso desejo é dar continuidade e aprimorá-lo mais ainda em 2018", contou.

Atividades planejadas

Para este ano novo, diversas atividades de cunho catequético, pastoral, acadêmico, comunicacional e institucional estão planejadas. Entre os destaques estão a realização do primeiro retiro mariano, previsto para acontecer entre os meses de março e abril.

Vale ressaltar que a instituição assumiu a responsabilidade pela pregação da Consagração a Nossa Senhora Aparecida, tradicional celebração do Santuário Nacional.

"Ao longo da semana nós fazemos um ciclo de catequeses para levar o devoto a entender quem de fato é Maria e, por meio dela, leva-lo a conhecer quem é Jesus", destacou o Padre César.

Atividades tradicionais como o Congresso Mariológico e o curso de pós-graduação em Mariologia continuarão acontecendo ao longo de 2018. As inscrições para ambas as atividades se iniciam na segunda quinzena de janeiro. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações A12

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92242-Academia-Marial-de-Aparecida-e-seus-projetos-para-2018. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

“Por muitas razões históricas, entre outras, o dizer-se católico não soa bem na sociedade. Me ...
 
Recordar o amor vivido, compartilhar com humildade a própria dor e caminhar junto com os irmãos at ...
 
A cerimônia se converteu em uma oportunidade para unir a preparação espiritual do tempo da Quares ...
 
O relatório relata inúmeros atos de violência, impunidade anticristã e falta de ação por parte ...
 
A Basílica de Ecce Homo foi edificada no século XIX no lugar que corresponde segundo a tradição ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading