Loading
 
 
 
Loading
 
Polônia dedica 2018 a Santo Estanislau Kostka
Loading
 
17 de Janeiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Polônia - Varsóvia (Quarta-feira, 17-01-2018, Gaudium Press) Através de uma mensagem lida ao final das celebrações litúrgicas do domingo, 14 de janeiro, os bispos poloneses divulgaram que o ano de 2018 na Polônia será dedicado ao jesuíta Santo Estanislau Kostka (1550-1568), padroeiro da juventude acadêmica, cujos restos mortais repousam na Igreja de Sant'Andrea al Quirinale, em Roma.

Polônia dedica 2018 a Santo Estanislau Kostka.jpg

"Santo Estanislau foi um vigilante jardineiro que extirpava as ervas daninhas da fraqueza e do pecado, para que as flores e os frutos crescessem ainda mais belos", diz um trecho da carta.

A mensagem ressalta a importância da figura do Santo por ocasião do 100° aniversário da independência da Polônia que será celebrado em novembro. Com a aproximação do Sínodo dedicados aos jovens Santo Estanislau Kostka adquire maior relevância no país.

Santo Estanislau Kostka

Nascido na nobre família dos Kostka, no dia 28 de outubro de 1550, no Castelo de Rostkow, na vila de Prasnitz (Polônia), Estanislau possuía uma sólida vida de piedade familiar.

Aos quatorze anos de idade foi, junto com o seu irmão mais velho, para Viena estudar. Mas o internato jesuíta onde estudavam foi fechado devido uma ordem do Imperador Maximiliano I. Os irmãos se refugiaram no castelo de um príncipe luterano. Durante esse período Estanislau sofreu agressões físicas e tentações da Corte, as quais respondeu com firmes propósitos cristãos: "Eu nasci para as coisas eternas e não para as coisas do mundo".

Com toda essa pressão, a saúde de Estanislau ficou seriamente prejudicada, e ele pediu que providenciassem um sacerdote para que pudesse comungar, mas não foi atendido. Entretanto, um milagre ocorreu. Santa Bárbara lhe apareceu, na companhia de anjos, portando Jesus Eucarístico e, em seguida, trazendo-lhe a saúde física, surgiu Nossa Senhora com o Menino Jesus.

O jovem discerniu aí sua vocação à vida religiosa como jesuíta, o que o fez enfrentar familiares e fugir para a Companhia de Jesus, onde foi acolhido pelo Provincial, que após o ouvir se encantou com sua história. Estanislau tinha apenas 18 anos de idade, mas viveu somente nove meses no Noviciado, pois uma misteriosa febre o atingiu. Antes de entregar sua alma a Deus disse aos presentes: "Maria veio buscar-me, acompanhada de virgens para me levar consigo".

No ano de 1674 (antes ainda de sua canonização que ocorreu no ano de 1726) o Papa Clemente X proclamou Santo Estanislau Padroeiro do Reino da Polônia e do Grão Ducado da Lituânia. (EPC)

Loading
Polônia dedica 2018 a Santo Estanislau Kostka

Polônia - Varsóvia (Quarta-feira, 17-01-2018, Gaudium Press) Através de uma mensagem lida ao final das celebrações litúrgicas do domingo, 14 de janeiro, os bispos poloneses divulgaram que o ano de 2018 na Polônia será dedicado ao jesuíta Santo Estanislau Kostka (1550-1568), padroeiro da juventude acadêmica, cujos restos mortais repousam na Igreja de Sant'Andrea al Quirinale, em Roma.

Polônia dedica 2018 a Santo Estanislau Kostka.jpg

"Santo Estanislau foi um vigilante jardineiro que extirpava as ervas daninhas da fraqueza e do pecado, para que as flores e os frutos crescessem ainda mais belos", diz um trecho da carta.

A mensagem ressalta a importância da figura do Santo por ocasião do 100° aniversário da independência da Polônia que será celebrado em novembro. Com a aproximação do Sínodo dedicados aos jovens Santo Estanislau Kostka adquire maior relevância no país.

Santo Estanislau Kostka

Nascido na nobre família dos Kostka, no dia 28 de outubro de 1550, no Castelo de Rostkow, na vila de Prasnitz (Polônia), Estanislau possuía uma sólida vida de piedade familiar.

Aos quatorze anos de idade foi, junto com o seu irmão mais velho, para Viena estudar. Mas o internato jesuíta onde estudavam foi fechado devido uma ordem do Imperador Maximiliano I. Os irmãos se refugiaram no castelo de um príncipe luterano. Durante esse período Estanislau sofreu agressões físicas e tentações da Corte, as quais respondeu com firmes propósitos cristãos: "Eu nasci para as coisas eternas e não para as coisas do mundo".

Com toda essa pressão, a saúde de Estanislau ficou seriamente prejudicada, e ele pediu que providenciassem um sacerdote para que pudesse comungar, mas não foi atendido. Entretanto, um milagre ocorreu. Santa Bárbara lhe apareceu, na companhia de anjos, portando Jesus Eucarístico e, em seguida, trazendo-lhe a saúde física, surgiu Nossa Senhora com o Menino Jesus.

O jovem discerniu aí sua vocação à vida religiosa como jesuíta, o que o fez enfrentar familiares e fugir para a Companhia de Jesus, onde foi acolhido pelo Provincial, que após o ouvir se encantou com sua história. Estanislau tinha apenas 18 anos de idade, mas viveu somente nove meses no Noviciado, pois uma misteriosa febre o atingiu. Antes de entregar sua alma a Deus disse aos presentes: "Maria veio buscar-me, acompanhada de virgens para me levar consigo".

No ano de 1674 (antes ainda de sua canonização que ocorreu no ano de 1726) o Papa Clemente X proclamou Santo Estanislau Padroeiro do Reino da Polônia e do Grão Ducado da Lituânia. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92481-Polonia-dedica-2018-a-Santo-Estanislau-Kostka. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Papa autorizou a promulgação dos decretos relativos às virtudes heroicas de 12 servos de Deus. ...
 
Os prelados recordaram que receber a aula de religião é um direito fundamental reconhecido pela Co ...
 
Mais de 2 mil pessoas, além de dezenas de sacerdotes, participaram do evento realizado no municípi ...
 
Com um chicote, Jesus expulsou todos do Templo: "Não façais da casa de meu Pai uma casa de com ...
 
A iniciativa pretende estimular os fiéis a vivenciarem um processo contínuo de preparação para a ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading