Loading
 
 
 
Loading
 
Encerrado processo diocesano da causa de frade de Joaçaba (SC)
Loading
 
18 de Janeiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Joaçaba - Santa Catarina (Quinta-feira, 18-01-2018, Gaudium Press) O bispo da Diocese de Joaçaba, em Santa Catarina, Dom Mário Marquez, anunciou oficialmente na última terça-feira, 16 de janeiro, que após cinco anos, houve a conclusão do processo diocesano da Causa de Frei Bruno Linden. O religioso franciscano deixou suas marcas de santidade no Estado, mais precisamente no Oeste e no Vale do Itajaí.

Encerrado processo diocesano da causa de frade de Joaçaba (SC).jpg

Para marcar este momento histórico, a multidão que participa todos os anos da Caminhada Penitencial Frei Bruno poderá se fazer presente durante a última sessão solene do Tribunal Eclesiástico para a Causa do franciscano, no dia 25 de fevereiro, às 8h, em frente à Catedral Santa Terezinha de Joaçaba.

Em seguida, terá início a Caminhada Penitencial, que terminará no Cemitério Frei Edgar com a celebração eucarística.

"É uma grande satisfação estar informando neste momento que estamos encerrando o processo diocesano da Causa de Frei Bruno. Há cinco anos criei o Tribunal eclesiástico e iniciei o processo para a beatificação de Frei Bruno. Graças a Deus, com o empenho do Tribunal que recolheu os depoimentos e testemunhos das pessoas e da Comissão Histórica, estamos concluindo esta fase para enviar o processo a Roma, entregando a documentação lacrada aos dois vice-postuladores, Frei Estêvão Ottenbreit e Frei Alex Ciarnoscki, que farão chegar a documentação às mãos do Postulador da Ordem Franciscana, Giuseppe Califano. Ele, por sua vez, entregará os documentos à Congregação para as Causas dos Santos no Vaticano", explicou Dom Mário.

O coroamento desta fase, segundo Dom Mário, é resultado da demonstração de fé da população catarinense através das caminhadas penitenciais e do amor a Frei Bruno. "Tudo isso veio fortalecer a nossa ação cristã, a nossa evangelização, a nossa missão como cristãos no mundo tendo em vista que Frei Bruno, como um bom franciscano, na sua humildade e seu jeito de ser, marcou tanto nossa região no Oeste Catarinense e toda Santa Catarina. Por isso, nos orgulhamos e esperamos que seja aprovado esse processo e que seja conhecido futuramente, além de sua beatificação, a sua canonização", destacou.

No dia 7 de maio de 2013, o processo da Causa de Frei Bruno recebeu o "nihil obstat" (nada contrário). Na época, o Cardeal Angelo Amato, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, enviou documento a Dom Mário Marquez informando não existir impedimento para iniciar oficialmente o processo de beatificação do frade franciscano da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil.

No mesmo ano, em 30 de outubro, foi instalado o Tribunal Eclesiástico da Diocese, formado pelo Padre Davi Lenor Ribeiro dos Santos, delegado do bispo; Padre Clair José Lovera, promotor de justiça; Michelle Selig, notária (secretária); e Cláudio Orço, notário auxiliar.
Também trabalhou neste processo uma Comissão histórica formada por Frei Clarêncio Neotti e a historiadora Iraci Lopes, que teve a missão de recolher toda a documentação sobre Frei Bruno, como tudo o que já foi escrito sobre ele e as referências à vida e santidade do franciscano.

O vice-postulador, Frei Alex Ciarnoscki, celebra com entusiasmo esta nova fase do processo. "Depois de quase cinco anos nos vimos cada vez mais como Frei Bruno viveu as virtudes cristãs em grau heroico. Podemos chegar à conclusão que Frei Bruno foi uma pessoa de Deus. Uma pessoa que viveu a sua vida cristã, a sua vocação cristã, de uma forma tão intensa, torna-se para nós modelo de vida consagrada e de vivência cristã. Para o povo da região do oeste catarinense e do Vale do Itajaí, celebrar este momento, essa caminhada, é motivo para agradecer a Deus que nos concedeu Frei Bruno como amigo e como intercessor junto ao povo de Deus".

"Aqui merece ser feito um agradecimento a Dom Mário e aos membros do Tribunal Eclesiástico - Pe. Davi, Pe. Clair, Michelle, Cláudio e à Comissão Histórica pelo grande trabalho feito", enfatizou o frade.

Ainda conforme o Frei Alex, a documentação será encaminhada para a Secretaria da Congregação da Causa dos Santos, em Roma, Itália, e após, será aguardada a avaliação positiva. "Depois desta fase, o Tribunal deverá agora começar a segunda próxima etapa, que se trata de recolher aqueles pretensos milagres realizados por intercessão de Frei Bruno. Essa etapa deverá começar em meados deste ano", lembrou. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Florianópolis

Loading
Encerrado processo diocesano da causa de frade de Joaçaba (SC)

Joaçaba - Santa Catarina (Quinta-feira, 18-01-2018, Gaudium Press) O bispo da Diocese de Joaçaba, em Santa Catarina, Dom Mário Marquez, anunciou oficialmente na última terça-feira, 16 de janeiro, que após cinco anos, houve a conclusão do processo diocesano da Causa de Frei Bruno Linden. O religioso franciscano deixou suas marcas de santidade no Estado, mais precisamente no Oeste e no Vale do Itajaí.

Encerrado processo diocesano da causa de frade de Joaçaba (SC).jpg

Para marcar este momento histórico, a multidão que participa todos os anos da Caminhada Penitencial Frei Bruno poderá se fazer presente durante a última sessão solene do Tribunal Eclesiástico para a Causa do franciscano, no dia 25 de fevereiro, às 8h, em frente à Catedral Santa Terezinha de Joaçaba.

Em seguida, terá início a Caminhada Penitencial, que terminará no Cemitério Frei Edgar com a celebração eucarística.

"É uma grande satisfação estar informando neste momento que estamos encerrando o processo diocesano da Causa de Frei Bruno. Há cinco anos criei o Tribunal eclesiástico e iniciei o processo para a beatificação de Frei Bruno. Graças a Deus, com o empenho do Tribunal que recolheu os depoimentos e testemunhos das pessoas e da Comissão Histórica, estamos concluindo esta fase para enviar o processo a Roma, entregando a documentação lacrada aos dois vice-postuladores, Frei Estêvão Ottenbreit e Frei Alex Ciarnoscki, que farão chegar a documentação às mãos do Postulador da Ordem Franciscana, Giuseppe Califano. Ele, por sua vez, entregará os documentos à Congregação para as Causas dos Santos no Vaticano", explicou Dom Mário.

O coroamento desta fase, segundo Dom Mário, é resultado da demonstração de fé da população catarinense através das caminhadas penitenciais e do amor a Frei Bruno. "Tudo isso veio fortalecer a nossa ação cristã, a nossa evangelização, a nossa missão como cristãos no mundo tendo em vista que Frei Bruno, como um bom franciscano, na sua humildade e seu jeito de ser, marcou tanto nossa região no Oeste Catarinense e toda Santa Catarina. Por isso, nos orgulhamos e esperamos que seja aprovado esse processo e que seja conhecido futuramente, além de sua beatificação, a sua canonização", destacou.

No dia 7 de maio de 2013, o processo da Causa de Frei Bruno recebeu o "nihil obstat" (nada contrário). Na época, o Cardeal Angelo Amato, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, enviou documento a Dom Mário Marquez informando não existir impedimento para iniciar oficialmente o processo de beatificação do frade franciscano da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil.

No mesmo ano, em 30 de outubro, foi instalado o Tribunal Eclesiástico da Diocese, formado pelo Padre Davi Lenor Ribeiro dos Santos, delegado do bispo; Padre Clair José Lovera, promotor de justiça; Michelle Selig, notária (secretária); e Cláudio Orço, notário auxiliar.
Também trabalhou neste processo uma Comissão histórica formada por Frei Clarêncio Neotti e a historiadora Iraci Lopes, que teve a missão de recolher toda a documentação sobre Frei Bruno, como tudo o que já foi escrito sobre ele e as referências à vida e santidade do franciscano.

O vice-postulador, Frei Alex Ciarnoscki, celebra com entusiasmo esta nova fase do processo. "Depois de quase cinco anos nos vimos cada vez mais como Frei Bruno viveu as virtudes cristãs em grau heroico. Podemos chegar à conclusão que Frei Bruno foi uma pessoa de Deus. Uma pessoa que viveu a sua vida cristã, a sua vocação cristã, de uma forma tão intensa, torna-se para nós modelo de vida consagrada e de vivência cristã. Para o povo da região do oeste catarinense e do Vale do Itajaí, celebrar este momento, essa caminhada, é motivo para agradecer a Deus que nos concedeu Frei Bruno como amigo e como intercessor junto ao povo de Deus".

"Aqui merece ser feito um agradecimento a Dom Mário e aos membros do Tribunal Eclesiástico - Pe. Davi, Pe. Clair, Michelle, Cláudio e à Comissão Histórica pelo grande trabalho feito", enfatizou o frade.

Ainda conforme o Frei Alex, a documentação será encaminhada para a Secretaria da Congregação da Causa dos Santos, em Roma, Itália, e após, será aguardada a avaliação positiva. "Depois desta fase, o Tribunal deverá agora começar a segunda próxima etapa, que se trata de recolher aqueles pretensos milagres realizados por intercessão de Frei Bruno. Essa etapa deverá começar em meados deste ano", lembrou. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Florianópolis

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/92525-Encerrado-processo-diocesano-da-causa-de-frade-de-Joacaba--SC-. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A pintora Carmen Parra, que disse que é importante preservar a arte sacra após os terremotos, pois ...
 
São números que demonstram o grande interesse na Jornada que se desenvolverá na Cidade do Panamá ...
 
Na conclusão dos Exercícios Espirituais de Ariccia, Papa Francisco agradece ao Pe. Tolentino. ...
 
"Esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei". Veja como essa tocante súplica foi prontamente ...
 
Aprofundar o conhecimento de Fátima, descobrir sua Mensagem: fonte de espiritualidade para viver fe ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading