Loading
 
 
 
Loading
 
Tráfico humano: Francisco pede a conversão dos traficantes
Loading
 
8 de Fevereiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 08-02-2018, Gaudium Press) Na última Audiência Geral, (07/02), o Papa fez um apelo contra o tráfico humano e recordou a memória de Santa Josefina Bakhita, comemorada nesta quinta-feira, 8 de fevereiro, ocasião em que se celebra também o Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o Tráfico Humano.

08-02-2018 Tráfico humano, Francisco pede a conversão dos traficantes.jpg

Para este ano, o tema escolhido por Francisco foi: "Migração sem Tráfico. Sim à liberdade! Não ao Tráfico! ".

O Papa Francisco afirmou na Audiência que, diante das poucas possibilidades de canais regulares, muitos migrantes decidem aventurar-se por outras vias e são caminhos onde, com frequência os aguardam abusos de todo tipo, exploração e escravidão.

Francisco recordou que as organizações criminosas que se dedicam ao tráfico de pessoas, usam essas rotas migratórias para esconder as próprias vítimas entre os migrantes e os refugiados:

"Portanto, convido todos, cidadãos e instituições, a unir as forças para prevenir o tráfico e garantir proteção e assistência às vítimas. Rezemos para que o Senhor converta o coração dos traficantes - que palavra feia 'traficante de pessoa' - e dê esperança de reconquistar a liberdade a quem sofre por esta chaga vergonhosa."

Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o Tráfico Humano

O Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o Tráfico Humano foi celebrada pela primeira vez em 8 de fevereiro de 2015, sugerido pelo Papa Francisco.

A União Internacional das Superioras e dos Superiores Gerais foi encarregada de promover este evento.
Desde o início o Talitha Kum, a rede mundial da vida consagrada que luta contra o tráfico de pessoas, assumiu a coordenação do evento.

Santa Bakhita

Santa Josefina Bakhita nasceu 1869 em Darfur, no Sudão. Ela é mais conhecida como "Mãe Moretta" (nossa Mãe Morena), trazia em seu corpo 144 cicatrizes marcadas ao longo de sua vida e que foram recebidas depois de seu sequestro aos nove anos e vendida como escrava.
Santa Bakhita morreu em 8 de fevereiro de 1947 na Itália. Foi canonizada por São João Paulo II, em 1º de outubro de 2000. (JSG)
(Da Redação Gaudium Press, com informações Vatican News)

 

 

Loading
Tráfico humano: Francisco pede a conversão dos traficantes

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 08-02-2018, Gaudium Press) Na última Audiência Geral, (07/02), o Papa fez um apelo contra o tráfico humano e recordou a memória de Santa Josefina Bakhita, comemorada nesta quinta-feira, 8 de fevereiro, ocasião em que se celebra também o Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o Tráfico Humano.

08-02-2018 Tráfico humano, Francisco pede a conversão dos traficantes.jpg

Para este ano, o tema escolhido por Francisco foi: "Migração sem Tráfico. Sim à liberdade! Não ao Tráfico! ".

O Papa Francisco afirmou na Audiência que, diante das poucas possibilidades de canais regulares, muitos migrantes decidem aventurar-se por outras vias e são caminhos onde, com frequência os aguardam abusos de todo tipo, exploração e escravidão.

Francisco recordou que as organizações criminosas que se dedicam ao tráfico de pessoas, usam essas rotas migratórias para esconder as próprias vítimas entre os migrantes e os refugiados:

"Portanto, convido todos, cidadãos e instituições, a unir as forças para prevenir o tráfico e garantir proteção e assistência às vítimas. Rezemos para que o Senhor converta o coração dos traficantes - que palavra feia 'traficante de pessoa' - e dê esperança de reconquistar a liberdade a quem sofre por esta chaga vergonhosa."

Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o Tráfico Humano

O Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o Tráfico Humano foi celebrada pela primeira vez em 8 de fevereiro de 2015, sugerido pelo Papa Francisco.

A União Internacional das Superioras e dos Superiores Gerais foi encarregada de promover este evento.
Desde o início o Talitha Kum, a rede mundial da vida consagrada que luta contra o tráfico de pessoas, assumiu a coordenação do evento.

Santa Bakhita

Santa Josefina Bakhita nasceu 1869 em Darfur, no Sudão. Ela é mais conhecida como "Mãe Moretta" (nossa Mãe Morena), trazia em seu corpo 144 cicatrizes marcadas ao longo de sua vida e que foram recebidas depois de seu sequestro aos nove anos e vendida como escrava.
Santa Bakhita morreu em 8 de fevereiro de 1947 na Itália. Foi canonizada por São João Paulo II, em 1º de outubro de 2000. (JSG)
(Da Redação Gaudium Press, com informações Vatican News)

 

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/93054-Trafico-humano--Francisco-pede-a-conversao-dos-traficantes. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A pintora Carmen Parra, que disse que é importante preservar a arte sacra após os terremotos, pois ...
 
São números que demonstram o grande interesse na Jornada que se desenvolverá na Cidade do Panamá ...
 
Na conclusão dos Exercícios Espirituais de Ariccia, Papa Francisco agradece ao Pe. Tolentino. ...
 
"Esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei". Veja como essa tocante súplica foi prontamente ...
 
Aprofundar o conhecimento de Fátima, descobrir sua Mensagem: fonte de espiritualidade para viver fe ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading