Loading
 
 
 
Loading
 
Fiéis não são trabalhadores sociais, mas discípulos de Cristo, afirma Bispo dos EUA
Loading
 
8 de Fevereiro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Estados Unidos - Washington (Quinta-feira, 08-02-2018, Gaudium Press) O Bispo Auxiliar de Seattle, Estados Unidos, Dom Eusebio L. Elizondo, presidiu a Missa de Abertura do Encontro de Ministérios Sociais Católicos 2018 e encorajou aos presentes a não se identificarem como trabalhadores ou ativistas sociais, mas como "testemunhas católicas do amor de Jesus". O evento de quatro dias de duração busca aprofundar na doutrina social da Igreja e promover projetos católicos na esfera pública do país.

Fiéis não são trabalhadores sociais, mas discípulos de Cristo, afirma Bispo dos EUA.jpg
Dom Eusebio L. Elizondo, Bispo Auxiliar
de Seattle, Estados Unidos
"Nós não somos socialistas. Nós não somos comunistas", expressou o prelado em sua homilia sobre a inspiração que leva os fiéis a trabalhar em favor dos mais necessitados. "Estamos tratando de descobrir a cada ser humano como um irmão ou irmã em Jesus Cristo". O Bispo recordou o chamado de Deus que pergunta: "Onde está o teu irmão?", para recordar que os fiéis não podem ser indiferentes aos outros, mas defender e proclamar a dignidade de cada pessoa, bem como o seu direito de viver, sua liberdade e sua capacidade de buscar sua própria felicidade.

Dom Elizondo encorajou a um compromisso decidido com a mensagem cristã e lamentou que muitos fiéis parecem dormir em seu testemunho. "Não necessitamos de mais números na Igreja", indicou. "Precisamos de discípulos". O prelado lamentou as circunstâncias sociais que desconhecem a visão cristã sobre a pessoa humana como a rejeição aos imigrantes e a promoção legal do aborto, assinalando que nem sempre a ordem jurídica reflete a moralidade e a justiça. O prelado encorajou a aperfeiçoar a lei para refletir a vontade de Deus e colocar um rosto aos mais necessitados e desprotegidos em um espírito de caridade e de amor. "Quanto mais você ama, mais você é obrigado", concluiu o Bispo. "Vamos e sejamos missionários desse amor".

O Encontro de Ministérios Sociais Católicos de 2018 é organizado pela Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos e reúne a mais de 500 delegados de diversos ministérios sociais diocesanos, comunidades religiosas, instituições educacionais e outras organizações católicas em todo o país. (EPC)

Loading
Fiéis não são trabalhadores sociais, mas discípulos de Cristo, afirma Bispo dos EUA

Estados Unidos - Washington (Quinta-feira, 08-02-2018, Gaudium Press) O Bispo Auxiliar de Seattle, Estados Unidos, Dom Eusebio L. Elizondo, presidiu a Missa de Abertura do Encontro de Ministérios Sociais Católicos 2018 e encorajou aos presentes a não se identificarem como trabalhadores ou ativistas sociais, mas como "testemunhas católicas do amor de Jesus". O evento de quatro dias de duração busca aprofundar na doutrina social da Igreja e promover projetos católicos na esfera pública do país.

Fiéis não são trabalhadores sociais, mas discípulos de Cristo, afirma Bispo dos EUA.jpg
Dom Eusebio L. Elizondo, Bispo Auxiliar
de Seattle, Estados Unidos
"Nós não somos socialistas. Nós não somos comunistas", expressou o prelado em sua homilia sobre a inspiração que leva os fiéis a trabalhar em favor dos mais necessitados. "Estamos tratando de descobrir a cada ser humano como um irmão ou irmã em Jesus Cristo". O Bispo recordou o chamado de Deus que pergunta: "Onde está o teu irmão?", para recordar que os fiéis não podem ser indiferentes aos outros, mas defender e proclamar a dignidade de cada pessoa, bem como o seu direito de viver, sua liberdade e sua capacidade de buscar sua própria felicidade.

Dom Elizondo encorajou a um compromisso decidido com a mensagem cristã e lamentou que muitos fiéis parecem dormir em seu testemunho. "Não necessitamos de mais números na Igreja", indicou. "Precisamos de discípulos". O prelado lamentou as circunstâncias sociais que desconhecem a visão cristã sobre a pessoa humana como a rejeição aos imigrantes e a promoção legal do aborto, assinalando que nem sempre a ordem jurídica reflete a moralidade e a justiça. O prelado encorajou a aperfeiçoar a lei para refletir a vontade de Deus e colocar um rosto aos mais necessitados e desprotegidos em um espírito de caridade e de amor. "Quanto mais você ama, mais você é obrigado", concluiu o Bispo. "Vamos e sejamos missionários desse amor".

O Encontro de Ministérios Sociais Católicos de 2018 é organizado pela Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos e reúne a mais de 500 delegados de diversos ministérios sociais diocesanos, comunidades religiosas, instituições educacionais e outras organizações católicas em todo o país. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/93057-Fieis-nao-sao-trabalhadores-sociais--mas-discipulos-de-Cristo--afirma-Bispo-dos-EUA. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

“Por muitas razões históricas, entre outras, o dizer-se católico não soa bem na sociedade. Me ...
 
Recordar o amor vivido, compartilhar com humildade a própria dor e caminhar junto com os irmãos at ...
 
A cerimônia se converteu em uma oportunidade para unir a preparação espiritual do tempo da Quares ...
 
O relatório relata inúmeros atos de violência, impunidade anticristã e falta de ação por parte ...
 
A Basílica de Ecce Homo foi edificada no século XIX no lugar que corresponde segundo a tradição ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading