Loading
 
 
 
Loading
 
Desejo uma primavera “florida” de boas obras, com raízes em Jesus, disse Papa
Loading
 
21 de Março de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 21-03-2018, Gaudium Press) O Papa Francisco destacou hoje no Vaticano o início da primavera, no hemisfério norte, desejando que todos tenham uma vida "florida" de boas obras, com "raízes" de fé.

Ele disse aos peregrinos reunidos na Praça São Pedro:

"Desejo que esta primavera seja para vós uma primavera florida, como será a Páscoa, florida; florida de boas obras, de virtudes, de fazer o bem aos outros. Entendestes?".

Poesia para pregar

De improviso, Francisco quis citar aos peregrinos e visitantes um verso "muito bonito", de um escritor conterrâneo do Papa: "Aquilo que a árvore tem de florido vem do que tem soterrado".

"Nunca cortem as raízes com Jesus", pediu aos presentes, ainda falando de improviso.

Usando imagens da natureza, o Papa observou que quem não "rega" a sua vida com a oração e os sacramentos não terá "flores cristãs".

"Sem raízes não se pode florescer", declarou.


Falando sobre a Missa

O dia que amanheceu chuvoso, em Roma, transformou-se numa manhã de sol que levou milhares de pessoas ao Vaticano.

O Papa prosseguiu as suas catequeses sobre a celebração da Missa, refletindo sobre a necessidade de reconhecer os pecados, antes de comungar.

"Jesus perdoa sempre, Jesus não se cansa de perdoar, somos nós que nos cansamos de pedir perdão", observou.

A reflexão sobre a Comunhão sublinhou o simbolismo do "banquete eucarístico" que se exprime com "maior plenitude" quando os fiéis comungam "sob as duas espécies" . (JSG)

 

 

Loading
Desejo uma primavera “florida” de boas obras, com raízes em Jesus, disse Papa

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 21-03-2018, Gaudium Press) O Papa Francisco destacou hoje no Vaticano o início da primavera, no hemisfério norte, desejando que todos tenham uma vida "florida" de boas obras, com "raízes" de fé.

Ele disse aos peregrinos reunidos na Praça São Pedro:

"Desejo que esta primavera seja para vós uma primavera florida, como será a Páscoa, florida; florida de boas obras, de virtudes, de fazer o bem aos outros. Entendestes?".

Poesia para pregar

De improviso, Francisco quis citar aos peregrinos e visitantes um verso "muito bonito", de um escritor conterrâneo do Papa: "Aquilo que a árvore tem de florido vem do que tem soterrado".

"Nunca cortem as raízes com Jesus", pediu aos presentes, ainda falando de improviso.

Usando imagens da natureza, o Papa observou que quem não "rega" a sua vida com a oração e os sacramentos não terá "flores cristãs".

"Sem raízes não se pode florescer", declarou.


Falando sobre a Missa

O dia que amanheceu chuvoso, em Roma, transformou-se numa manhã de sol que levou milhares de pessoas ao Vaticano.

O Papa prosseguiu as suas catequeses sobre a celebração da Missa, refletindo sobre a necessidade de reconhecer os pecados, antes de comungar.

"Jesus perdoa sempre, Jesus não se cansa de perdoar, somos nós que nos cansamos de pedir perdão", observou.

A reflexão sobre a Comunhão sublinhou o simbolismo do "banquete eucarístico" que se exprime com "maior plenitude" quando os fiéis comungam "sob as duas espécies" . (JSG)

 

 


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Dom Ramón Dus, destacou que “vocação e santidade se juntam como resposta ao amor incondicional, ...
 
O Arcebispo de Islamabad felicitou a comunidade cristã da Faculdade de Agricultura pela construçã ...
 
Centenas de jovens se reuniram no Estádio Rommel Fernández, no Panamá, para participar do 48º En ...
 
O programa da Jornada Mundial de Oração pelas Vocações e as Vocações Nativas leva por lema “ ...
 
A Basílica Nacional de Nossa Senhora de Luján iniciou, com a celebração do rito de mudança do m ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading