Loading
 
 
 
Loading
 
Número de Confrades na Espanha triplicou nas últimas duas décadas
Loading
 
28 de Março de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Espanha - Madri (Quarta-feira, 28-03-2018, Gaudium Press) Um relatório da revista espanhola 'Vida Nueva' relata o notável crescimento das Confrarias na Espanha, que triplicaram o número de seus membros nos últimos 20 anos. O início da Semana Santa e as tradições com as quais as comunidades locais fomentam a devoção tornam notório a atração cada vez maior que essas devoções têm para os fiéis na atualidade.

Número de Confrades na Espanha triplicou nas últimas duas décadas.jpg

"Fechamos 2017 com 13.841 Confrades e, atualmente, já temos 14.274. Nosso crescimento é grande, tendo em conta que os inscritos têm que unir os centenas de milhares de devotos", relatou o Irmão Maior da Confraria da Macarena Hispalense, José Antonio Fernández Cabrero. Em Sevilha, o número de Confrades passou de 100 mil em 1998 para 215 mil na atualidade, apesar que a adesão implica um custo de uma cota anual e um investimento de entre 350 a 900 euros nos diferentes trajes e ornamentos empregados durante a Semana Santa.

Questionado sobre o número nacional de Confrades, o Delegado de Confrarias e Irmandades da Diocese de Calahora e La Calzada-Logroño, Fermín Labarga afirmou: "Provavelmente sejam muito mais do que três milhões em todo o país, com um crescimento significativo nos últimos anos em regiões onde se havia perdido a tradição, como o País Basco e a Catalunha".

Prelados como o Bispo de Córdoba, Dom Demetrio Fernández, aproveitaram o interesse que Irmandades e Confrarias suscitam para promover a devoção e um maior testemunho da Fé. "Estamos criando uma consciência de identidade eclesial. A Confraria nasce na Igreja, não na prefeitura ou na diretoria", declarou o Bispo à 'Vida Nueva'. "Em todos os nossos encontros, insisto em três conceitos: a necessidade de fortalecer a identidade cristã, promover a formação catequética e desenvolver a caridade".

"O substrato está em todas as casas. Em todas as famílias há ao menos uma pessoa diretamente envolvida na Semana Santa", expôs Dom Fernandez, que alertou que esta participação é alheia às preferências e afiliações políticas locais, algumas das quais inclusive tem estipulado proibições de participação em atos religiosos. "No entanto, no palco de autoridades das procissões estão todos, porque sabem que a força e o peso das Confrarias é maior do que qualquer ideologia". (EPC)

Loading
Número de Confrades na Espanha triplicou nas últimas duas décadas

Espanha - Madri (Quarta-feira, 28-03-2018, Gaudium Press) Um relatório da revista espanhola 'Vida Nueva' relata o notável crescimento das Confrarias na Espanha, que triplicaram o número de seus membros nos últimos 20 anos. O início da Semana Santa e as tradições com as quais as comunidades locais fomentam a devoção tornam notório a atração cada vez maior que essas devoções têm para os fiéis na atualidade.

Número de Confrades na Espanha triplicou nas últimas duas décadas.jpg

"Fechamos 2017 com 13.841 Confrades e, atualmente, já temos 14.274. Nosso crescimento é grande, tendo em conta que os inscritos têm que unir os centenas de milhares de devotos", relatou o Irmão Maior da Confraria da Macarena Hispalense, José Antonio Fernández Cabrero. Em Sevilha, o número de Confrades passou de 100 mil em 1998 para 215 mil na atualidade, apesar que a adesão implica um custo de uma cota anual e um investimento de entre 350 a 900 euros nos diferentes trajes e ornamentos empregados durante a Semana Santa.

Questionado sobre o número nacional de Confrades, o Delegado de Confrarias e Irmandades da Diocese de Calahora e La Calzada-Logroño, Fermín Labarga afirmou: "Provavelmente sejam muito mais do que três milhões em todo o país, com um crescimento significativo nos últimos anos em regiões onde se havia perdido a tradição, como o País Basco e a Catalunha".

Prelados como o Bispo de Córdoba, Dom Demetrio Fernández, aproveitaram o interesse que Irmandades e Confrarias suscitam para promover a devoção e um maior testemunho da Fé. "Estamos criando uma consciência de identidade eclesial. A Confraria nasce na Igreja, não na prefeitura ou na diretoria", declarou o Bispo à 'Vida Nueva'. "Em todos os nossos encontros, insisto em três conceitos: a necessidade de fortalecer a identidade cristã, promover a formação catequética e desenvolver a caridade".

"O substrato está em todas as casas. Em todas as famílias há ao menos uma pessoa diretamente envolvida na Semana Santa", expôs Dom Fernandez, que alertou que esta participação é alheia às preferências e afiliações políticas locais, algumas das quais inclusive tem estipulado proibições de participação em atos religiosos. "No entanto, no palco de autoridades das procissões estão todos, porque sabem que a força e o peso das Confrarias é maior do que qualquer ideologia". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/94093-Numero-de-Confrades-na-Espanha-triplicou-nas-ultimas-duas-decadas. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Estão sendo realizados vários eventos para encerrar os ‘Oito séculos da presença franciscana e ...
 
Mais de 15 mil peregrinos procedentes de diversas partes do mundo serão acolhidos em Nicarágua no ...
 
É essencial que continuemos fazendo o esforço consciente de motivar os jovens a estarem abertos a ...
 
As missões salesianas fazem parte da Rede de Dom Bosco -Dom Bosco Network-, federação mundial de ...
 
"Fátima Hoje: qual o sentido?": procurar novas maneiras de dizer Fátima, para a humanidade do séc ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading