Loading
 
 
 
Loading
 
Governo da China Comunista proíbe Bispo de celebrar o Tríduo Pascal
Loading
 
29 de Março de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

China - Mindong (Quinta-feira, 29-03-2018, Gaudium Press) O Bispo de Mindong, China, Dom Vicente Guo Xijin, foi capturado na noite de 26 de março junto ao Chanceler da Diocese, Padre Xu, após ter realizado uma reunião com as autoridades de Assuntos Religiosos. Se desconhece o motivo da prisão do prelado e seu retorno ocorreu na noite da terça-feira, 27 de março, mas as autoridades lhe proibiram de presidir como Bispo a Missa Crismal e as Missas Dominicais. O fato recorda uma prisão similar em 2017 a este mesmo Bispo e que não lhe permitiu presidir as celebrações da Semana Santa.

Governo da China Comunista proíbe Bispo de celebrar o Tríduo Pascal.jpg

Segundo relatou à AsiaNews, Dom Guo foi convocado pelo Departamento de Assuntos Religiosos no dia 26 de março às 15h. O bispo manteve uma discussão com as autoridades locais durante, pelo menos, duas horas, das quais se desconhece seu conteúdo. Finalmente, o prelado retornou à residência episcopal às 19h e preparou sua bagagem. Às 22h a polícia chegou para levá-lo.

De acordo fontes locais consultados pela agência de imprensa, Dom Guo pode ter sido sequestrado por se recusar a concelebrar com um Bispo ilegítimo durante as festas de Páscoa. O prelado não reconhecido pela Igreja seria o Bispo oficial Zhan Silu, um dos 7 Bispos excomungados que ainda não se reconciliaram com o Papa.

Dom Guo é reconhecido como Bispo pela Santa Sé, mas não é reconhecido pelas autoridades civis, por isso pertence à chamada "Igreja Subterrânea". Os novos regulamentos sobre assuntos religiosos na China preveem o desmantelamento das comunidades subterrâneas e novos controles mais rigorosos sobre as atividades religiosas. (EPC)

Loading
Governo da China Comunista proíbe Bispo de celebrar o Tríduo Pascal

China - Mindong (Quinta-feira, 29-03-2018, Gaudium Press) O Bispo de Mindong, China, Dom Vicente Guo Xijin, foi capturado na noite de 26 de março junto ao Chanceler da Diocese, Padre Xu, após ter realizado uma reunião com as autoridades de Assuntos Religiosos. Se desconhece o motivo da prisão do prelado e seu retorno ocorreu na noite da terça-feira, 27 de março, mas as autoridades lhe proibiram de presidir como Bispo a Missa Crismal e as Missas Dominicais. O fato recorda uma prisão similar em 2017 a este mesmo Bispo e que não lhe permitiu presidir as celebrações da Semana Santa.

Governo da China Comunista proíbe Bispo de celebrar o Tríduo Pascal.jpg

Segundo relatou à AsiaNews, Dom Guo foi convocado pelo Departamento de Assuntos Religiosos no dia 26 de março às 15h. O bispo manteve uma discussão com as autoridades locais durante, pelo menos, duas horas, das quais se desconhece seu conteúdo. Finalmente, o prelado retornou à residência episcopal às 19h e preparou sua bagagem. Às 22h a polícia chegou para levá-lo.

De acordo fontes locais consultados pela agência de imprensa, Dom Guo pode ter sido sequestrado por se recusar a concelebrar com um Bispo ilegítimo durante as festas de Páscoa. O prelado não reconhecido pela Igreja seria o Bispo oficial Zhan Silu, um dos 7 Bispos excomungados que ainda não se reconciliaram com o Papa.

Dom Guo é reconhecido como Bispo pela Santa Sé, mas não é reconhecido pelas autoridades civis, por isso pertence à chamada "Igreja Subterrânea". Os novos regulamentos sobre assuntos religiosos na China preveem o desmantelamento das comunidades subterrâneas e novos controles mais rigorosos sobre as atividades religiosas. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/94104-Governo-da-China-Comunista-proibe-Bispo-de-celebrar-o-Triduo-Pascal. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Instituto de Educação São Francisco acolheu um grupo que se reuniu para planejar ações direci ...
 
Esta é a quinta vez que a Rainha da Amazônia visita a cidade paulista. ...
 
Em 7 de julho o Santo Padre irá a Bari, Itália, para reflexionar sobre a situação do Oriente Mé ...
 
Estão sendo realizados vários eventos para encerrar os ‘Oito séculos da presença franciscana e ...
 
Mais de 15 mil peregrinos procedentes de diversas partes do mundo serão acolhidos em Nicarágua no ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading