Loading
 
 
 
Loading
 
Catedral de Sal da Polônia: o maior templo subterrâneo do mundo
Loading
 
29 de Janeiro de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Polônia - Wieliczka (Terça-feira, 29-01-2019, Gaudium Press) A Capela de Santa Kinga na Polônia é um dos templos mais chamativos do país, por se encontrar debaixo da terra e ter sido elaborado em sal, na sua totalidade. A história deste templo está ligada a um milagre realizado pela Santa ao chegar ao país, que mereceu ser considerada Padroeira dos Mineiros.

Catedral de Sal da Polo?nia- o maior templo subterra?neo do mundo 1.jpg

A tradição conta que o dote oferecido para o matrimônio de Santa Kinga, sobrinha de Santa Isabel da Hungria e irmã de Santa Margarida da Hungria e da Beata Yolanda da Polônia, foi uma rocha de sal, considerada de grande valor em seu tempo. Para cumprir esta condição e poder se casar com Boleslao V, o Casto da Polônia, a Santa jogou seu anel de compromisso em uma mina de sal húngara. Depois viajou para Polônia e em Wieliczka pediu que se fizesse uma escavação até encontrar uma rocha. Resultou ser uma rocha de sal, que ao ser rompida em dois tinha em seu interior o anel de compromisso. Nesse lugar se encontraram os valiosos depósitos de sal da mina atual.

O templo foi talhado a 330 pés de profundidade e tem uma área de cinco mil pés quadrados e 36 pés de altura. Todas as esculturas e altares foram talhados na rocha de sal e inclusive os candelabros que a iluminam foram elaborados em cristais de sal. O templo exibe talhas do Natal, da Última Ceia, da Crucifixão e de outras cenas de vida de Cristo, além de ter uma imagem em sal de Santa Kinga da Polônia após o altar maior.

Catedral de Sal da Polo?nia- o maior templo subterra?neo do mundo 2.jpg

A Catedral de Sal da Polônia conserva uma relíquia de sua Padroeira, Santa Kinga e do Papa São João Paulo II, que visitou o templo em três oportunidades antes de ser eleito Pontífice. Em sua honra, os mineiros talharam uma imagem que também é venerada no templo subterrâneo.

O templo de Santa Kinga da Polônia foi agregado à Lista de Patrimônio Mundial da UNESCO em 1978 junto com a mina e é visitada por cerca de um milhão de pessoas a cada ano. A Santa Missa se celebra na Capela cada Domingo e em festividades especiais. (EPC)

Loading
Catedral de Sal da Polônia: o maior templo subterrâneo do mundo

Polônia - Wieliczka (Terça-feira, 29-01-2019, Gaudium Press) A Capela de Santa Kinga na Polônia é um dos templos mais chamativos do país, por se encontrar debaixo da terra e ter sido elaborado em sal, na sua totalidade. A história deste templo está ligada a um milagre realizado pela Santa ao chegar ao país, que mereceu ser considerada Padroeira dos Mineiros.

Catedral de Sal da Polo?nia- o maior templo subterra?neo do mundo 1.jpg

A tradição conta que o dote oferecido para o matrimônio de Santa Kinga, sobrinha de Santa Isabel da Hungria e irmã de Santa Margarida da Hungria e da Beata Yolanda da Polônia, foi uma rocha de sal, considerada de grande valor em seu tempo. Para cumprir esta condição e poder se casar com Boleslao V, o Casto da Polônia, a Santa jogou seu anel de compromisso em uma mina de sal húngara. Depois viajou para Polônia e em Wieliczka pediu que se fizesse uma escavação até encontrar uma rocha. Resultou ser uma rocha de sal, que ao ser rompida em dois tinha em seu interior o anel de compromisso. Nesse lugar se encontraram os valiosos depósitos de sal da mina atual.

O templo foi talhado a 330 pés de profundidade e tem uma área de cinco mil pés quadrados e 36 pés de altura. Todas as esculturas e altares foram talhados na rocha de sal e inclusive os candelabros que a iluminam foram elaborados em cristais de sal. O templo exibe talhas do Natal, da Última Ceia, da Crucifixão e de outras cenas de vida de Cristo, além de ter uma imagem em sal de Santa Kinga da Polônia após o altar maior.

Catedral de Sal da Polo?nia- o maior templo subterra?neo do mundo 2.jpg

A Catedral de Sal da Polônia conserva uma relíquia de sua Padroeira, Santa Kinga e do Papa São João Paulo II, que visitou o templo em três oportunidades antes de ser eleito Pontífice. Em sua honra, os mineiros talharam uma imagem que também é venerada no templo subterrâneo.

O templo de Santa Kinga da Polônia foi agregado à Lista de Patrimônio Mundial da UNESCO em 1978 junto com a mina e é visitada por cerca de um milhão de pessoas a cada ano. A Santa Missa se celebra na Capela cada Domingo e em festividades especiais. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/100950-Catedral-de-Sal-da-Polonia--o-maior-templo-subterraneo-do-mundo. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

São Pio X ensinou que um catequista “tem um coração imenso, apaixonado por Jesus e pelo anúnci ...
 
“Afastai-vos de Mim, malditos! Ide para o fogo eterno, preparado para o diabo e para os seus anjo ...
 
Era o dia 20 de agosto de 1914: a Igreja chorou a perda de seu Anjo guardião, que por ela velara co ...
 
Padre Vitor Coutinho presidiu a missa que fez memória da quarta aparição de nossa senhora aos pas ...
 
Francisco: uma vida marcada somente em tirar proveito e vantagem das situações provoca a morte int ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading