Loading
 
 
 
Loading
 
Papa fala à Academia Alfonsiana nos 70 anos de sua fundação
Loading
 
12 de Fevereiro de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 12-02-2019, Gaudium Press) O Papa Francisco recebeu na manhã de sábado (09/02) os membros da Academia Alfonsiana e no discurso ao Instituto inspirado em Santo Afonso de Liguori, o Pontífice disse:

"O específico setor teológico que identifica a Academia Alfonsiana é o do saber moral, ao qual compete a difícil, mas indispensável tarefa de fazer encontrar e acolher Cristo na concretude da vida diária".

Papa fala à Academia Alfonsiana nos 70 anos de sua fundação.jpg

A Academia

A Academia Alfonsiana foi incorporada à Faculdade de Teologia da Pontifícia Universidade Lateranense em 1960.
Com Curso Superior e Doutorado em Teologia Moral, a Academia celebra os 70 anos de sua fundação neste ano de 2019.

70 anos

Tratando dos 70 anos da academia, o Papa recordou aos seus ouvintes que "A celebração do aniversário de uma instituição como esta, não pode se limitar às recordações do que foi feito, mas deve, principalmente, levar o olhar adiante e reencontrar entusiasmo na missão, e fazer passos corajosos para responder melhor às expectativas do povo de Deus "

Fidelidade às raízes

O Papa afirmou que "A fidelidade às raízes do Instituto Alfonsiano pede agora a todos vocês um compromisso com mais convicção e generosidade para uma teologia moral animada pela tensão missionária da Igreja "em saída". Evitando posições cômodas de escola ou de juízos "longe de situações concretas e das efetivas possibilidades das pessoas e das famílias".

Recordou Francisco, "se nos colocarmos na escuta respeitosa da realidade procurando juntos discernir os sinais da presença do Espírito, que gera libertação e novas possibilidades, poderemos ajudar todos a caminhar com alegria no caminho do bem".

Para Francisco, "As realidades a serem ouvidas são principalmente os sofrimentos e as esperanças dos que por causa das muitas versões do poder do pecado continuam condenados à insegurança, à pobreza e à marginalização.

Não se trata de um mundo a ser condenado, prossegue o Papa, mas "a ser curado e libertado". Imitando a ação de Cristo, com misericórdia.

O ensinamento da teologia moral, afirmou o Pontífice, deve encorajar os valores mais altos do Evangelho, como a caridade. Deve também apostar na libertação da lei do pecado e da morte; uma liberdade que jamais pode ser indiferença para com os mais necessitados. (JSG)

 

Loading
Papa fala à Academia Alfonsiana nos 70 anos de sua fundação

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 12-02-2019, Gaudium Press) O Papa Francisco recebeu na manhã de sábado (09/02) os membros da Academia Alfonsiana e no discurso ao Instituto inspirado em Santo Afonso de Liguori, o Pontífice disse:

"O específico setor teológico que identifica a Academia Alfonsiana é o do saber moral, ao qual compete a difícil, mas indispensável tarefa de fazer encontrar e acolher Cristo na concretude da vida diária".

Papa fala à Academia Alfonsiana nos 70 anos de sua fundação.jpg

A Academia

A Academia Alfonsiana foi incorporada à Faculdade de Teologia da Pontifícia Universidade Lateranense em 1960.
Com Curso Superior e Doutorado em Teologia Moral, a Academia celebra os 70 anos de sua fundação neste ano de 2019.

70 anos

Tratando dos 70 anos da academia, o Papa recordou aos seus ouvintes que "A celebração do aniversário de uma instituição como esta, não pode se limitar às recordações do que foi feito, mas deve, principalmente, levar o olhar adiante e reencontrar entusiasmo na missão, e fazer passos corajosos para responder melhor às expectativas do povo de Deus "

Fidelidade às raízes

O Papa afirmou que "A fidelidade às raízes do Instituto Alfonsiano pede agora a todos vocês um compromisso com mais convicção e generosidade para uma teologia moral animada pela tensão missionária da Igreja "em saída". Evitando posições cômodas de escola ou de juízos "longe de situações concretas e das efetivas possibilidades das pessoas e das famílias".

Recordou Francisco, "se nos colocarmos na escuta respeitosa da realidade procurando juntos discernir os sinais da presença do Espírito, que gera libertação e novas possibilidades, poderemos ajudar todos a caminhar com alegria no caminho do bem".

Para Francisco, "As realidades a serem ouvidas são principalmente os sofrimentos e as esperanças dos que por causa das muitas versões do poder do pecado continuam condenados à insegurança, à pobreza e à marginalização.

Não se trata de um mundo a ser condenado, prossegue o Papa, mas "a ser curado e libertado". Imitando a ação de Cristo, com misericórdia.

O ensinamento da teologia moral, afirmou o Pontífice, deve encorajar os valores mais altos do Evangelho, como a caridade. Deve também apostar na libertação da lei do pecado e da morte; uma liberdade que jamais pode ser indiferença para com os mais necessitados. (JSG)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/101237-Papa-fala-a-Academia-Alfonsiana-nos-70-anos-de-sua-fundacao. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Na manhã desta quarta-feira, 19, o Papa Francisco nomeou Dom Otacílio Ferreira de Lacerda como Bis ...
 
O “Lauda Sion” é uma Síntese Teológica em forma de poesia onde São Tomás expõe a doutrina ...
 
Originalmente, o projeto de lei ordenava que os sacerdotes da Califórnia quebrassem o sigilo de con ...
 
Na Idade Média havia a perfeita caridade, “a filosofia do Evangelho governava os Estados [...], a ...
 
As escolas católicas fomentam a excelência, especialmente entre os menos favorecidos, mas padecem ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading