Loading
 
 
 
Loading
 
Frei Cantalamessa fará pregações da Quaresma para a Cúria Romana
Loading
 
14 de Março de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 14-03-2019, Gaudium Press) Na próxima sexta-feira (15/03) tem início as pregações de Quaresma que reúne os membros da Cúria Romana.

Frei Cantalamessa fará pregações da Quaresma para a Cúria Romana.jpeg

Os encontros semanais serão realizados na Capela Redemptoris Mater, no Vaticano, todas as sextas-feiras da Quaresma tendo como condutor o pregador da Casa Pontifícia, frei Raniero Cantalamessa.

O tema das pregações é "Retorne em si mesmo", frase de Santo Agostinho que convida a distanciar-se dos afazeres cotidianos e das distrações do mundo para reencontrar Deus no próprio coração.

O convite de Santo Agostinho para se voltar à própria interioridade, "In te ipsum redi", é tirado de sua obra "A verdadeira religião" e trata-se de uma exortação para se encontrar tempo e espaço para Deus a fim de ouvi-lo e, então, despojar-se de si.

Claro está que o ápice desse encontro é conhecer Deus em sua revelação suprema, em Jesus crucificado, "amor que se doa até a imolação total", explica o frei Cantalamessa.

Serão realizadas cinco pregações. Nelas, o frei capuchinho vai propor um itinerário para que seja aberto espaço para Deus e colocado de lado o de cada um.

Palavras de Frei Cantalamessa

Frei Cantalamessa falou ao Vatican News a propósito de suas pregações e da temática delas:

"As meditações da Quaresma pretendem prosseguir a reflexão que eu iniciei no Advento passado que tem origem no versículo de um Salmo: "A minha alma tem sede do Deus vivo".

É um colocar-se nos passos de Deus, não somente para descobrir a existência de Deus, mas perceber Deus, viver de forma consciente a sua presença. É como um despertar da consciência e não somente saber de modo abstrato que Deus existe, mas saber que está vivo, que está ao nosso lado. Nesse contexto, o tema das pregações da Quaresma "Retorne em si mesmo", frase de Santo Agostinho, evidencia o lugar ou a condição para entrar em contato com o Deus vivo, pois encontramos o Deus vivo na Eucaristia, na Palavra de Deus, mas também o encontramos em nosso coração. Portanto, como nos diz Agostinho, se não retornarmos a nós mesmos, se não nos afastarmos um pouco da exterioridade e do barulho, não poderemos encontrar o Deus vivo.

A frase de Santo Agostinho "Retorne em si mesmo" tem uma mensagem muito forte. Eu a coloquei como título, mas está num contexto de um tema mais amplo, o descobrir. A palavra que eu gosto é "perceber", notar Deus."

Como retornar em si mesmo?

Tendo sido feita esta pergunta a Frei Cantalamessa, ele respondeu:

" Algumas condições externas são sugeridas pelo Tempo da Quaresma, pois a Quaresma nos lembra Jesus no deserto em oração e jejum. Encontrar um espaço de silêncio, de escuta da Palavra de Deus, participar de uma função religiosa, fazer, se possível, um momento sozinho, por exemplo, voltando para casa do trabalho, entrar numa capela, numa igreja, num momento em que não há missa, e ficar ali um momento, pois é necessário que interrompamos o fluxo que vem de fora através das cinco portas dos sentidos, caso contrário não podemos entrar em contato com o nosso coração.

Somos projetados para o externo, somos como uma centrífuga contínua e constante."

Como Encontrar, ouvir Deus?

Tendo sido perguntado a Frei Cantalamessa qual a melhor modalidade para Encontrar e também ouvir a Deus, ele respondeu:

"Ouvir Deus que nos fala através da consciência, como nesses momentos de reflexão, de solidão com Deus. Deus fala ao coração, continua falando com as pessoas. Se dermos a Ele um pouco de tempo e espaço, o Espírito Santo inspira. Falamos das inspirações do Espírito Santo. Elas são uma maneira de Deus fazer-se presente.

Depois, há o meio universal que é a Palavra de Deus. Portanto, ao participar da Liturgia, procurar uma palavra que sozinha seja capaz de acender em mim o pensamento de Deus, torná-Lo presente ou dedicar um momento para a leitura da Bíblia por conta própria, ouvir também uma pregação, por que não?

Esta pode ser uma ocasião para voltar a si mesmo, porque o trabalho sempre nos leva a lidar com negócios, problemas, mas precisamos de momentos em que nos desligamos, como se diz na linguagem atual, a fim de entrar em contato com uma outra dimensão." (JSG)

 

(Da Redação Gaudium Press, com informações Vatican News)

 

Loading
Frei Cantalamessa fará pregações da Quaresma para a Cúria Romana

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 14-03-2019, Gaudium Press) Na próxima sexta-feira (15/03) tem início as pregações de Quaresma que reúne os membros da Cúria Romana.

Frei Cantalamessa fará pregações da Quaresma para a Cúria Romana.jpeg

Os encontros semanais serão realizados na Capela Redemptoris Mater, no Vaticano, todas as sextas-feiras da Quaresma tendo como condutor o pregador da Casa Pontifícia, frei Raniero Cantalamessa.

O tema das pregações é "Retorne em si mesmo", frase de Santo Agostinho que convida a distanciar-se dos afazeres cotidianos e das distrações do mundo para reencontrar Deus no próprio coração.

O convite de Santo Agostinho para se voltar à própria interioridade, "In te ipsum redi", é tirado de sua obra "A verdadeira religião" e trata-se de uma exortação para se encontrar tempo e espaço para Deus a fim de ouvi-lo e, então, despojar-se de si.

Claro está que o ápice desse encontro é conhecer Deus em sua revelação suprema, em Jesus crucificado, "amor que se doa até a imolação total", explica o frei Cantalamessa.

Serão realizadas cinco pregações. Nelas, o frei capuchinho vai propor um itinerário para que seja aberto espaço para Deus e colocado de lado o de cada um.

Palavras de Frei Cantalamessa

Frei Cantalamessa falou ao Vatican News a propósito de suas pregações e da temática delas:

"As meditações da Quaresma pretendem prosseguir a reflexão que eu iniciei no Advento passado que tem origem no versículo de um Salmo: "A minha alma tem sede do Deus vivo".

É um colocar-se nos passos de Deus, não somente para descobrir a existência de Deus, mas perceber Deus, viver de forma consciente a sua presença. É como um despertar da consciência e não somente saber de modo abstrato que Deus existe, mas saber que está vivo, que está ao nosso lado. Nesse contexto, o tema das pregações da Quaresma "Retorne em si mesmo", frase de Santo Agostinho, evidencia o lugar ou a condição para entrar em contato com o Deus vivo, pois encontramos o Deus vivo na Eucaristia, na Palavra de Deus, mas também o encontramos em nosso coração. Portanto, como nos diz Agostinho, se não retornarmos a nós mesmos, se não nos afastarmos um pouco da exterioridade e do barulho, não poderemos encontrar o Deus vivo.

A frase de Santo Agostinho "Retorne em si mesmo" tem uma mensagem muito forte. Eu a coloquei como título, mas está num contexto de um tema mais amplo, o descobrir. A palavra que eu gosto é "perceber", notar Deus."

Como retornar em si mesmo?

Tendo sido feita esta pergunta a Frei Cantalamessa, ele respondeu:

" Algumas condições externas são sugeridas pelo Tempo da Quaresma, pois a Quaresma nos lembra Jesus no deserto em oração e jejum. Encontrar um espaço de silêncio, de escuta da Palavra de Deus, participar de uma função religiosa, fazer, se possível, um momento sozinho, por exemplo, voltando para casa do trabalho, entrar numa capela, numa igreja, num momento em que não há missa, e ficar ali um momento, pois é necessário que interrompamos o fluxo que vem de fora através das cinco portas dos sentidos, caso contrário não podemos entrar em contato com o nosso coração.

Somos projetados para o externo, somos como uma centrífuga contínua e constante."

Como Encontrar, ouvir Deus?

Tendo sido perguntado a Frei Cantalamessa qual a melhor modalidade para Encontrar e também ouvir a Deus, ele respondeu:

"Ouvir Deus que nos fala através da consciência, como nesses momentos de reflexão, de solidão com Deus. Deus fala ao coração, continua falando com as pessoas. Se dermos a Ele um pouco de tempo e espaço, o Espírito Santo inspira. Falamos das inspirações do Espírito Santo. Elas são uma maneira de Deus fazer-se presente.

Depois, há o meio universal que é a Palavra de Deus. Portanto, ao participar da Liturgia, procurar uma palavra que sozinha seja capaz de acender em mim o pensamento de Deus, torná-Lo presente ou dedicar um momento para a leitura da Bíblia por conta própria, ouvir também uma pregação, por que não?

Esta pode ser uma ocasião para voltar a si mesmo, porque o trabalho sempre nos leva a lidar com negócios, problemas, mas precisamos de momentos em que nos desligamos, como se diz na linguagem atual, a fim de entrar em contato com uma outra dimensão." (JSG)

 

(Da Redação Gaudium Press, com informações Vatican News)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/101905-Frei-Cantalamessa-fara-pregacoes-da-Quaresma-para-a-Curia-Romana. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Foram ordenados, em Caieiras - São Paulo, pelo Bispo Dom Benedito Beni dos Santos, dezessete novos ...
 
De acordo com o Cardeal Konrad Krajewski, atual Esmoler, a sua função é "esvaziar a conta do Sant ...
 
O objetivo é tornar o conteúdo acessível às 38 mil pessoas surdas que vivem no Uruguai, aproxima ...
 
Não sejamos nós ingratos, mas – como Isabel – recebamos de coração aberto a visita de Deus e ...
 
“Amar como Ele nos amou e ama é amar sempre. A medida deste amor é amor sem medida. É amar sem ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading