Loading
 
 
 
Loading
 
“Fiéis ao carisma, abertos a novas formas de apostolado”, sugere Papa a Camilianos
Loading
 
18 de Março de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 18-03-2019, Gaudium Press) Em uma Audiência nesta segunda-feira, 18/03, o Papa Francisco falou na Sala Clementina, no Vaticano, a setenta religiosos da família camiliana, fundada por São Camilo de Lellis.

Fiéis ao carisma e abertos a novas formas de apostolado, recomenda Papa aos Camilianos.jpg

No discurso que proferiu, Francisco ressaltou que esta família religiosa tem uma ação comprometida com o serviço amoroso e generoso aos doentes que eles desempenham "uma missão preciosa na Igreja e na sociedade ao lado dos sofredores".

Quando vem a doença

"Quando a doença chega a perturbar e às vezes a abalar a nossa vida, então sentimos necessidade de ter um irmão ou irmã compassivo e competente ao nosso lado, que nos consola, nos sustenta, nos ajuda a recuperar o bem precioso da saúde ou nos acompanha até o limiar do nosso encontro final com o Senhor!"

O Espírito Santo e os Carismas

"Deus concedeu a São Camilo de Lellis e a todos aqueles que seguiram o seu exemplo, o dom de reviver e testemunhar o amor misericordioso de Cristo pelos doentes."

Segundo o Papa, a Igreja reconheceu esse dom "como um carisma autêntico do Espírito" que a Família Camiliana vive de "maneira exemplar, traduzindo-o em vida, dando assistência direta aos doentes, especialmente os mais pobres, em suas necessidades corporais e espirituais, e ensinando a outros a melhor maneira de servi-los, para o benefício da Igreja e da humanidade.

Todos os carismas são presentes doados pelo Espírito Santo.

Presentes doados não para serem escondidos, mas partilhados com o outros. Os carismas são graças particulares concedidas a alguns a fim de fazer o bem a muitos outros".

Os Camilianos "esforçaram-se para encarnar fielmente o seu carisma, traduzindo-o numa multiplicidade de obras apostólicas e no serviço pastoral em prol da humanidade sofredora do mundo inteiro", testemunha o Pontífice.

Olhar para o futuro

Para o Pontífice, os Camilianos "esforçaram-se para encarnar fielmente o seu carisma, traduzindo-o numa multiplicidade de obras apostólicas e no serviço pastoral em prol da humanidade sofredora do mundo inteiro".

Prosseguiu o Papa com suas palavras recomendando olhar para o futuro, abertos a novas formas de apostolado:

"Seguindo essa missão, que alguns membros de suas famílias religiosas viveram de modo heroico tornando-se modelos de santidade, vocês são chamados a prosseguir o seu serviço de maneira profética. Trata-se de olhar para o futuro, abertos às novas formas de apostolado que o Espírito os inspira e que os sinais dos tempos e as necessidades do mundo e da Igreja exigem. O grande dom que receberam é ainda atual e necessário também nessa época, pois é fundado na caridade que nunca terá fim."

Testemunho do amor misericordioso de Cristo pelos doentes

O Papa Francisco procurou destacar a importância dos camilianos.

Eles são "parte viva da Igreja, enviada a proclamar o Evangelho a fim de que os homens «tenham vida e a tenham em abundância», vocês têm a oportunidade maravilhosa de fazê-lo através de gestos de cuidado da vida e da saúde integral, tão necessárias em nosso tempo", sublinhou.

Uma constelação

Francisco disse que "Do carisma inicialmente suscitado em São Camilo, foram constituídas várias realidades eclesiais que formam hoje uma única constelação, uma "família carismática" composta por religiosos, religiosas, consagrados seculares e fiéis leigos."

Ainda dentro de seu pensamento e de acordo com suas observações, Francisco ressalta que "nenhuma dessas realidades é sozinha a única depositária ou detentora do carisma, mas cada uma o recebe como dom, o interpreta e atualiza de acordo com sua vocação específica, em diferentes contextos históricos e geográficos.

Cada uma delas se oferece às outras numa troca recíproca de dons que enriquecem a todos, para a utilidade comum e em vista da realização da missão: testemunhar em todos os tempos e lugares o amor misericordioso de Cristo pelos doentes".

Carisma de todos, Comunhão entre irmãos

Caminhando para o encerramento de suas palavras, o Pontífice incentivou os membros da Família Camiliana a cultivarem sempre a comunhão entre eles, pois é na comunhão "que um carisma se revela autenticamente e misteriosamente fecundo".

E Francisco, para encerrar, fez uma proclamação:

"Fiéis à inspiração inicial do fundador e das fundadoras, e ouvindo as várias formas de sofrimento e pobreza da humanidade de hoje, vocês farão resplandecer de luz sempre nova o dom recebido, e muitos jovens do mundo se sentirão atraídos por ele e se unirão a vocês a fim de continuar testemunhando a ternura de Deus", concluiu Francisco. (JSG)

 

 

Loading
“Fiéis ao carisma, abertos a novas formas de apostolado”, sugere Papa a Camilianos

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 18-03-2019, Gaudium Press) Em uma Audiência nesta segunda-feira, 18/03, o Papa Francisco falou na Sala Clementina, no Vaticano, a setenta religiosos da família camiliana, fundada por São Camilo de Lellis.

Fiéis ao carisma e abertos a novas formas de apostolado, recomenda Papa aos Camilianos.jpg

No discurso que proferiu, Francisco ressaltou que esta família religiosa tem uma ação comprometida com o serviço amoroso e generoso aos doentes que eles desempenham "uma missão preciosa na Igreja e na sociedade ao lado dos sofredores".

Quando vem a doença

"Quando a doença chega a perturbar e às vezes a abalar a nossa vida, então sentimos necessidade de ter um irmão ou irmã compassivo e competente ao nosso lado, que nos consola, nos sustenta, nos ajuda a recuperar o bem precioso da saúde ou nos acompanha até o limiar do nosso encontro final com o Senhor!"

O Espírito Santo e os Carismas

"Deus concedeu a São Camilo de Lellis e a todos aqueles que seguiram o seu exemplo, o dom de reviver e testemunhar o amor misericordioso de Cristo pelos doentes."

Segundo o Papa, a Igreja reconheceu esse dom "como um carisma autêntico do Espírito" que a Família Camiliana vive de "maneira exemplar, traduzindo-o em vida, dando assistência direta aos doentes, especialmente os mais pobres, em suas necessidades corporais e espirituais, e ensinando a outros a melhor maneira de servi-los, para o benefício da Igreja e da humanidade.

Todos os carismas são presentes doados pelo Espírito Santo.

Presentes doados não para serem escondidos, mas partilhados com o outros. Os carismas são graças particulares concedidas a alguns a fim de fazer o bem a muitos outros".

Os Camilianos "esforçaram-se para encarnar fielmente o seu carisma, traduzindo-o numa multiplicidade de obras apostólicas e no serviço pastoral em prol da humanidade sofredora do mundo inteiro", testemunha o Pontífice.

Olhar para o futuro

Para o Pontífice, os Camilianos "esforçaram-se para encarnar fielmente o seu carisma, traduzindo-o numa multiplicidade de obras apostólicas e no serviço pastoral em prol da humanidade sofredora do mundo inteiro".

Prosseguiu o Papa com suas palavras recomendando olhar para o futuro, abertos a novas formas de apostolado:

"Seguindo essa missão, que alguns membros de suas famílias religiosas viveram de modo heroico tornando-se modelos de santidade, vocês são chamados a prosseguir o seu serviço de maneira profética. Trata-se de olhar para o futuro, abertos às novas formas de apostolado que o Espírito os inspira e que os sinais dos tempos e as necessidades do mundo e da Igreja exigem. O grande dom que receberam é ainda atual e necessário também nessa época, pois é fundado na caridade que nunca terá fim."

Testemunho do amor misericordioso de Cristo pelos doentes

O Papa Francisco procurou destacar a importância dos camilianos.

Eles são "parte viva da Igreja, enviada a proclamar o Evangelho a fim de que os homens «tenham vida e a tenham em abundância», vocês têm a oportunidade maravilhosa de fazê-lo através de gestos de cuidado da vida e da saúde integral, tão necessárias em nosso tempo", sublinhou.

Uma constelação

Francisco disse que "Do carisma inicialmente suscitado em São Camilo, foram constituídas várias realidades eclesiais que formam hoje uma única constelação, uma "família carismática" composta por religiosos, religiosas, consagrados seculares e fiéis leigos."

Ainda dentro de seu pensamento e de acordo com suas observações, Francisco ressalta que "nenhuma dessas realidades é sozinha a única depositária ou detentora do carisma, mas cada uma o recebe como dom, o interpreta e atualiza de acordo com sua vocação específica, em diferentes contextos históricos e geográficos.

Cada uma delas se oferece às outras numa troca recíproca de dons que enriquecem a todos, para a utilidade comum e em vista da realização da missão: testemunhar em todos os tempos e lugares o amor misericordioso de Cristo pelos doentes".

Carisma de todos, Comunhão entre irmãos

Caminhando para o encerramento de suas palavras, o Pontífice incentivou os membros da Família Camiliana a cultivarem sempre a comunhão entre eles, pois é na comunhão "que um carisma se revela autenticamente e misteriosamente fecundo".

E Francisco, para encerrar, fez uma proclamação:

"Fiéis à inspiração inicial do fundador e das fundadoras, e ouvindo as várias formas de sofrimento e pobreza da humanidade de hoje, vocês farão resplandecer de luz sempre nova o dom recebido, e muitos jovens do mundo se sentirão atraídos por ele e se unirão a vocês a fim de continuar testemunhando a ternura de Deus", concluiu Francisco. (JSG)

 

 


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

As religiosas avançam no notável projeto de edificar um mosteiro de pedra inspirado em uma ideia d ...
 
O purpurado está surpreso com a generosidade das pessoas: “As oferendas da Missão são muito con ...
 
Dom Beni permanecerá na função até que o Papa Francisco nomeie um novo Bispo para a igreja local ...
 
“A devoção do Escapulário do Carmo fez descer sobre o mundo copiosa chuva de graças espirituai ...
 
Em sua homilia, o prelado invocou a proteção maternal da Santíssima Virgem sobre os mais vulnerá ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading