Loading
 
 
 
Loading
 
Papa aos Pediatras: para tratar crianças, imitar Humanidade e Dedicação de Jesus
Loading
 
21 de Março de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 21-03-2019, Gaudium Press) Nesta quinta-feira (21/03), o Papa Francisco recebeu em audiência uma delegação de 20 médicos da Federação Italiana de Pediatras.

Por seu empenho nos âmbitos da formação, da prevenção e da pesquisa a Federação é creditada como sociedade científica.
Em seus 40 anos de atuação ela tutela cerca de 5 mil filiados, oferecendo-lhes auxílio e suporte em diferentes áreas: da assistência à previdência, da jurídica à econômica.

Papa aos Pediatras- para tratar crianças, imitar Humanidade e Dedicação de Jesus.png

Pedido do Papa por assistência médica solidária


Em seu discurso que foi entregue aos presentes, o Pontífice enalteceu a contribuição da Federação para o surgimento do Serviço Nacional de Saúde da Itália, mas, sobretudo, o Papa elogiou a dedicação dos pediatras do nascimento à adolescência, "que exige conhecimento global do corpo humano e das suas patologias".

Isso exige "uma formação profunda de base e uma constante atividade de atualização" para que se possa "promover uma cultura mais eficaz para proteger a saúde das pessoas, em especial, dos pequenos".

O Papa mostrou sua preocupação para com as consequências do progresso desenfreado e, por isso, afirmou que é "urgente implementar um sério programa de educação à saúde e a estilos de vida que respeitam o organismo".

Francisco encorajou os pediatras a trabalharem como "promotores de uma cultura e de uma assistência médica solidária e inclusiva", que leve em conta os mais vulneráveis assegurando a eles "assistência e prevenção, como direitos da pessoa".

Jesus, a inspiração

Francisco abordou a atenção dada às pessoas atendidas, incentivou na atuação da Federação a escuta, a compreensão e a inspiração de confiança, como fazia Jesus:

" Em virtude da fé que receberam, são chamados a tomar sempre como modelo de humanidade e dedicação aos outros a pessoa de Jesus, fonte de proximidade e ternura. Lendo e relendo frequentemente os textos do Evangelho em que Jesus encontra e cura os doentes, vocês atingem a linfa sempre nova para o ser e o agir de vocês. "

Ao lidar com crianças, ter em mente as palavras de Jesus
Francisco recordou aos médicos pediatras a relação primária que têm com os pequenos pacientes e também com os pais, que não buscam apenas competência médica, mas segurança do ponto de vista humano ao cuidar do que eles têm de mais precioso na vida:

"Em relação às crianças que atendem, elas são dotadas de antenas poderosas e captam rápido se estamos bem dispostos ou se, ao contrário, estamos distraídos - porque talvez gostaríamos de já ter terminado o turno, ou fazer tudo mais rápido ou ainda encontrar um paciente que grite menos...

Vocês também são homens e mulheres, com as suas preocupações, mas sabemos que são também treinados ao sorriso, necessário para dar coragem e para se abrir à confiança dos pequenos; assim os remédios, então, são mais eficazes."

" Ao lidar com as crianças, tenhamos sempre em mente as palavras de Jesus. "

Para cumprir a missão de pediatras: seguir Jesus como modelo

O Papa recorda que o comportamento de Jesus era atrativo: não usava de convites ou presentes, mas da força e serenidade que faziam as crianças sempre irem ao encontro de d'Ele.

Para o Papa, seguindo o modelo de Jesus, os médicos conseguem dar um testemunho cristão:

"Vivendo com essa inspiração, o trabalho que realizam representa uma verdadeira e própria missão que envolve a mente e o coração.

E, de qualquer maneira, não conhece desligamentos, porque mesmo que existam períodos de férias e folgas da atividade de trabalho, a profissão acompanha vocês sempre, e os envolve por mais tempo e bem mais a fundo que durante as horas em que estão no lugar de trabalho. " (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações Vatican News)

 

Loading
Papa aos Pediatras: para tratar crianças, imitar Humanidade e Dedicação de Jesus

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 21-03-2019, Gaudium Press) Nesta quinta-feira (21/03), o Papa Francisco recebeu em audiência uma delegação de 20 médicos da Federação Italiana de Pediatras.

Por seu empenho nos âmbitos da formação, da prevenção e da pesquisa a Federação é creditada como sociedade científica.
Em seus 40 anos de atuação ela tutela cerca de 5 mil filiados, oferecendo-lhes auxílio e suporte em diferentes áreas: da assistência à previdência, da jurídica à econômica.

Papa aos Pediatras- para tratar crianças, imitar Humanidade e Dedicação de Jesus.png

Pedido do Papa por assistência médica solidária


Em seu discurso que foi entregue aos presentes, o Pontífice enalteceu a contribuição da Federação para o surgimento do Serviço Nacional de Saúde da Itália, mas, sobretudo, o Papa elogiou a dedicação dos pediatras do nascimento à adolescência, "que exige conhecimento global do corpo humano e das suas patologias".

Isso exige "uma formação profunda de base e uma constante atividade de atualização" para que se possa "promover uma cultura mais eficaz para proteger a saúde das pessoas, em especial, dos pequenos".

O Papa mostrou sua preocupação para com as consequências do progresso desenfreado e, por isso, afirmou que é "urgente implementar um sério programa de educação à saúde e a estilos de vida que respeitam o organismo".

Francisco encorajou os pediatras a trabalharem como "promotores de uma cultura e de uma assistência médica solidária e inclusiva", que leve em conta os mais vulneráveis assegurando a eles "assistência e prevenção, como direitos da pessoa".

Jesus, a inspiração

Francisco abordou a atenção dada às pessoas atendidas, incentivou na atuação da Federação a escuta, a compreensão e a inspiração de confiança, como fazia Jesus:

" Em virtude da fé que receberam, são chamados a tomar sempre como modelo de humanidade e dedicação aos outros a pessoa de Jesus, fonte de proximidade e ternura. Lendo e relendo frequentemente os textos do Evangelho em que Jesus encontra e cura os doentes, vocês atingem a linfa sempre nova para o ser e o agir de vocês. "

Ao lidar com crianças, ter em mente as palavras de Jesus
Francisco recordou aos médicos pediatras a relação primária que têm com os pequenos pacientes e também com os pais, que não buscam apenas competência médica, mas segurança do ponto de vista humano ao cuidar do que eles têm de mais precioso na vida:

"Em relação às crianças que atendem, elas são dotadas de antenas poderosas e captam rápido se estamos bem dispostos ou se, ao contrário, estamos distraídos - porque talvez gostaríamos de já ter terminado o turno, ou fazer tudo mais rápido ou ainda encontrar um paciente que grite menos...

Vocês também são homens e mulheres, com as suas preocupações, mas sabemos que são também treinados ao sorriso, necessário para dar coragem e para se abrir à confiança dos pequenos; assim os remédios, então, são mais eficazes."

" Ao lidar com as crianças, tenhamos sempre em mente as palavras de Jesus. "

Para cumprir a missão de pediatras: seguir Jesus como modelo

O Papa recorda que o comportamento de Jesus era atrativo: não usava de convites ou presentes, mas da força e serenidade que faziam as crianças sempre irem ao encontro de d'Ele.

Para o Papa, seguindo o modelo de Jesus, os médicos conseguem dar um testemunho cristão:

"Vivendo com essa inspiração, o trabalho que realizam representa uma verdadeira e própria missão que envolve a mente e o coração.

E, de qualquer maneira, não conhece desligamentos, porque mesmo que existam períodos de férias e folgas da atividade de trabalho, a profissão acompanha vocês sempre, e os envolve por mais tempo e bem mais a fundo que durante as horas em que estão no lugar de trabalho. " (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações Vatican News)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/102034-Papa-aos-Pediatras--para-tratar-criancas--imitar-Humanidade-e-Dedicacao-de-Jesus. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O ano jubilar se estenderá até o dia 19 de abril de 2020, quando a Devoção do Senhor do Bonfim t ...
 
É importante conhecer a mentalidade dos fariseus e as tremendas increpações que o Divino Mestre ...
 
Santa Ifigênia: um rico acervo esquecido, em processo de degradação, poderá ser perdido? ...
 
Símbolo de fé que triunfa sobre o mal, São Jorge é considerado Padroeiro dos cavaleiros, soldado ...
 
Os cristãos do Sri Lanka estão em estado de choque após os ataques da Páscoa: 310 mortos e 500 f ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading