Loading
 
 
 
Loading
 
Fiéis chineses impedem comunistas de destruir Santuário mariano
Loading
 
11 de Abril de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

China - Fengxiang (Quinta-feira, 11-04-2019, Gaudium Press) Ao menos 600 funcionários do governo comunista chinês, acompanhados por forças policiais, chegaram na manhã desta quinta-feira, 11, ao Santuário de mariano de Mujiaping para destruí-lo. O templo está localizado na Diocese de Fengxiang (Shaanxi), mesma região onde no dia 04 de abril, as autoridades arrasaram com a igreja de Qianyang.

Fiéis chineses impedem comunistas de destruir Santuário mariano.jpg

Informados sobre as maléficas intenções do governo local, desde a noite anterior, 200 fiéis da região se posicionaram na escadaria que conduz à porta do Santuário como forma de impedir a entrada dos funcionários do governo e da polícia. "Estamos dispostos a dar as nossas vidas", afirmou um dos fiéis. Entretanto, o número de funcionários e policiais é três vezes maior que o de fiéis, o que torna mais difícil o trabalho de proteção ao Santuário. E por este motivo pedem orações.

Apesar de ser dedicada ao Sagrado Coração de Jesus, é forte o costume de serem organizadas peregrinações até a imagem de Nossa Senhora localizada no Santuário. É exatamente essa imagem um dos alvos da polícia, que pretende destruir também o portão principal, a igreja e a escadaria que dá acesso ao Santuário.

Fiéis chineses impedem comunistas de destruir Santuário mariano 2.jpg

Essa é apenas uma das igrejas na lista de destruição das autoridades. Nos próximos dias se pretende destruir ao menos outras três. A violência contra as igrejas de Fengxiang ocorrem porque as autoridades querem que as instalações, pessoas, sacerdotes e o Bispo pertençam à Associação Patriótica, que é controlada pelo Partido Comunista, que pretende edificar uma Igreja independente da Santa Sé. "Se não se inscreverem, destruiremos tudo", disse um funcionário do governo comunista. (EPC)

Loading
Fiéis chineses impedem comunistas de destruir Santuário mariano

China - Fengxiang (Quinta-feira, 11-04-2019, Gaudium Press) Ao menos 600 funcionários do governo comunista chinês, acompanhados por forças policiais, chegaram na manhã desta quinta-feira, 11, ao Santuário de mariano de Mujiaping para destruí-lo. O templo está localizado na Diocese de Fengxiang (Shaanxi), mesma região onde no dia 04 de abril, as autoridades arrasaram com a igreja de Qianyang.

Fiéis chineses impedem comunistas de destruir Santuário mariano.jpg

Informados sobre as maléficas intenções do governo local, desde a noite anterior, 200 fiéis da região se posicionaram na escadaria que conduz à porta do Santuário como forma de impedir a entrada dos funcionários do governo e da polícia. "Estamos dispostos a dar as nossas vidas", afirmou um dos fiéis. Entretanto, o número de funcionários e policiais é três vezes maior que o de fiéis, o que torna mais difícil o trabalho de proteção ao Santuário. E por este motivo pedem orações.

Apesar de ser dedicada ao Sagrado Coração de Jesus, é forte o costume de serem organizadas peregrinações até a imagem de Nossa Senhora localizada no Santuário. É exatamente essa imagem um dos alvos da polícia, que pretende destruir também o portão principal, a igreja e a escadaria que dá acesso ao Santuário.

Fiéis chineses impedem comunistas de destruir Santuário mariano 2.jpg

Essa é apenas uma das igrejas na lista de destruição das autoridades. Nos próximos dias se pretende destruir ao menos outras três. A violência contra as igrejas de Fengxiang ocorrem porque as autoridades querem que as instalações, pessoas, sacerdotes e o Bispo pertençam à Associação Patriótica, que é controlada pelo Partido Comunista, que pretende edificar uma Igreja independente da Santa Sé. "Se não se inscreverem, destruiremos tudo", disse um funcionário do governo comunista. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/102469-Fieis-chineses-impedem-comunistas-de-destruir-Santuario-mariano. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Por volta de mil fiéis participaram da cerimônia de dedicação do altar do templo construído no ...
 
O templo permaneceu fechado durante 18 anos, sendo reaberto em 2018 após reforma. ...
 
No Vaticano, a venda de descartáveis foi proibida. Até o fim do ano, espera-se que o estoque termi ...
 
O Padre Paul Sheller, OSB, diretor vocacional da ‘Conception Abbey', abadia beneditina em Missouri ...
 
A oração é o mais seguro caminho que nos conduz à salvação. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading