Loading
 
 
 
Loading
 
Catedral de Notre-Dame: Galo que continha relíquias é encontrado
Loading
 
17 de Abril de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

França - Paris (Quarta-feira, 17-04-2019, Gaudium Press) Entre os muitos destroços que sobraram da Catedral de Notre-Dame de Paris por ocasião do incêndio da última segunda-feira, 15, havia uma perda que tocou sensivelmente o coração de numerosas pessoas no mundo inteiro: o desaparecimento do galo que coroava a flecha de Viollet-le-Duc. O galo también era obra de Viollet-le-Duc.

Catedral de Notre-Dame Galo que continha relíquias é encontrado 1.jpg

O galo portava três relíquias do mais alto valor: um pedaço da Coroa de Espinhos, uma relíquia de Santa Genoveva (que conseguiu com a oração, impedir que Átila destruísse Paris), e uma relíquia de São Dionísio, primeiro Bispo de Paris. Além disso, ‘le coq' (o galo) era símbolo da França, de sua graça e elegância, de seu gosto pela honrosa luta, decidida e digna.

Por tudo isso, é mais compreensível o rosto de grande alegria do especialista em restauração de monumentos históricos que ontem encontrou entre os escombros o galo da flecha de Notre-Dame. Era mais que um sinal de esperança. A notícia foi anunciada via Twitter por Jacques Chanut, chefe da Federação francesa de construção, e depois confirmada pelo Ministério da Cultura do país.

As relíquias do galo de Notre-Dame foram ali colocadas em 1935 pelo então Arcebispo de Paris, Cardeal Verdier, para que a flecha fosse uma espécie de "para-raios espiritual", e por isso a judiciosa escolha das mesmas: um resto da coroa de espinhos símbolo de nossa redenção que custou o sangue de Deus; outra de Genoveva, aquela que não permitiu, através de sua santidade e sua Fé, que o pior bárbaro de toda a história destruísse a incipiente Cidade Luz; e uma de Dionísio, símbolo de uma Fé que já havia se arraigado na qual seria a joia arquitetônica do mundo inteiro.

Catedral de Notre-Dame Galo que continha relíquias é encontrado 2.jpg

O reitor de Notre-Dame, Dom Patrick Chauvet, não assegura que as relíquias ainda se encontram dentro dos restos do galo. Uma fonte do ministério da Cultura afirmou que apesar dos muitos estragos feitos no galo de bronze, ele poderá ser restaurado. Esta fonte ainda não pode afirmar ainda se as relíquias ali se encontram. (EPC)

Loading
Catedral de Notre-Dame: Galo que continha relíquias é encontrado

França - Paris (Quarta-feira, 17-04-2019, Gaudium Press) Entre os muitos destroços que sobraram da Catedral de Notre-Dame de Paris por ocasião do incêndio da última segunda-feira, 15, havia uma perda que tocou sensivelmente o coração de numerosas pessoas no mundo inteiro: o desaparecimento do galo que coroava a flecha de Viollet-le-Duc. O galo también era obra de Viollet-le-Duc.

Catedral de Notre-Dame Galo que continha relíquias é encontrado 1.jpg

O galo portava três relíquias do mais alto valor: um pedaço da Coroa de Espinhos, uma relíquia de Santa Genoveva (que conseguiu com a oração, impedir que Átila destruísse Paris), e uma relíquia de São Dionísio, primeiro Bispo de Paris. Além disso, ‘le coq' (o galo) era símbolo da França, de sua graça e elegância, de seu gosto pela honrosa luta, decidida e digna.

Por tudo isso, é mais compreensível o rosto de grande alegria do especialista em restauração de monumentos históricos que ontem encontrou entre os escombros o galo da flecha de Notre-Dame. Era mais que um sinal de esperança. A notícia foi anunciada via Twitter por Jacques Chanut, chefe da Federação francesa de construção, e depois confirmada pelo Ministério da Cultura do país.

As relíquias do galo de Notre-Dame foram ali colocadas em 1935 pelo então Arcebispo de Paris, Cardeal Verdier, para que a flecha fosse uma espécie de "para-raios espiritual", e por isso a judiciosa escolha das mesmas: um resto da coroa de espinhos símbolo de nossa redenção que custou o sangue de Deus; outra de Genoveva, aquela que não permitiu, através de sua santidade e sua Fé, que o pior bárbaro de toda a história destruísse a incipiente Cidade Luz; e uma de Dionísio, símbolo de uma Fé que já havia se arraigado na qual seria a joia arquitetônica do mundo inteiro.

Catedral de Notre-Dame Galo que continha relíquias é encontrado 2.jpg

O reitor de Notre-Dame, Dom Patrick Chauvet, não assegura que as relíquias ainda se encontram dentro dos restos do galo. Uma fonte do ministério da Cultura afirmou que apesar dos muitos estragos feitos no galo de bronze, ele poderá ser restaurado. Esta fonte ainda não pode afirmar ainda se as relíquias ali se encontram. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/102588-Catedral-de-Notre-Dame--Galo-que-continha-reliquias-e-encontrado. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Esta será a segunda edição da procissão, que ocorreu pela primeira vez no ano de 2017, com a par ...
 
Com expectativa de participação de 50 mil pessoas por dia, de 23 a 26 de maio, a Igreja em Recife ...
 
O novo museu faz parte do projeto cultural ‘Segóvia Sacra' e busca dar uma oportunidade aos fiéi ...
 
O Hospital dos Inocentes de Florença, há seiscentos anos, acolhe, assiste e promove a infância h ...
 
Francisco defende necessidade de colocar pessoas antes dos projetos, na ação social da Igreja. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading