Loading
 
 
 
Loading
 
As obras do Altíssimo nunca fracassam
Loading
 
3 de Junho de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Redação (Segunda-feira, 03-06-2019, Gaudium Press) Quando Eu for levantado da terra, atrairei todos os homens a Mim" (Jo 12, 32). Essas palavras saídas dos lábios do Divino Mestre podem muito bem se aplicar à Catedral de Notre-Dame de Paris.

Desde que ela foi erguida, no período medieval, a altaneira construção nunca deixou de atrair a si peregrinos do mundo inteiro, desejosos de admirar sua grandeza e esplendor, além de venerar as preciosas relíquias para as quais serve de monumental escrínio.

As obras do Altíssimo nunca fracassam 1.jpg

Ante sua imponente fachada se detiveram, enlevadas, almas inocentes e generosas, sedentas de contemplar um sublime reflexo da glória de Deus nesta terra e que, sensíveis a tudo quanto diz respeito a essa mesma glória, ali choraram de emoção.

No decorrer dos séculos, ela assistiu ao vaivém de alegrias, tristezas, dramas e vitórias que compuseram a história da charmosa Paris, e em todos os momentos continuou convidando a quantos dela se aproximavam, cativados por sua beleza, a não fixarem os olhos nas coisas passageiras desta vida, mas elevarem-se ao Céu, para onde apontava sua elegante agulha.

As obras do Altíssimo nunca fracassam 2.jpg

Quer na penumbra da noite, quer banhada pelos raios do sol, a nobre catedral se apresentava como uma ge-nuína flor da civilização, permitindo aos homens de hoje conhecer e se encantar com aquela primavera da Fé que a engendrou, e sonhar com os esplendores do Reino de Maria anunciado por tantos Santos e profetas.

Por tudo isso, os corações dos fiéis se consternaram ao ver o magnífico templo em chamas. Cientes, porém, da vitória definitiva de Cristo na Cruz, tal pesar não sobrepujou a esperança de contemplar em breve o surgi-mento de maravilhas ainda maiores. As obras do Altíssimo nunca fracassam: quando Ele permite algum desas-tre, é porque fará nascer daí algo melhor. Não foi acaso que de sua Paixão e Morte sobreveio a ­Ressurreição!

As obras do Altíssimo nunca fracassam 3.jpg

Quiçá a maior das lições que a venerável catedral deu ao mundo enquanto as chamas a consumiam tenha sido a de atrair mais uma vez para si o olhar dos homens, fazendo-os se elevarem até a Cruz.

Nesse trono de dor e de glória, o Cordeiro Imolado aguarda a chegada de almas corajosas que se levantem para extinguir o funesto incêndio de pecado e relativismo que grassa na nossa sociedade...

As obras do Altíssimo nunca fracassam 4.jpg

Deus quer ser servido por filhos que, fortificados pelo infalível e ilimitado poder da graça divina, não hesitem em desafiar o fogo e as nuvens negras de fumaça que nos cercam, mostrando que, em meio ao desmoronamento geral, há um refúgio seguro. Ele se encontra junto Àquela que Se manteve de pé no Calvário e que jamais aban-donará a Santa Igreja!

Por Lorena Mello da Veiga Lima

Loading
As obras do Altíssimo nunca fracassam

Redação (Segunda-feira, 03-06-2019, Gaudium Press) Quando Eu for levantado da terra, atrairei todos os homens a Mim" (Jo 12, 32). Essas palavras saídas dos lábios do Divino Mestre podem muito bem se aplicar à Catedral de Notre-Dame de Paris.

Desde que ela foi erguida, no período medieval, a altaneira construção nunca deixou de atrair a si peregrinos do mundo inteiro, desejosos de admirar sua grandeza e esplendor, além de venerar as preciosas relíquias para as quais serve de monumental escrínio.

As obras do Altíssimo nunca fracassam 1.jpg

Ante sua imponente fachada se detiveram, enlevadas, almas inocentes e generosas, sedentas de contemplar um sublime reflexo da glória de Deus nesta terra e que, sensíveis a tudo quanto diz respeito a essa mesma glória, ali choraram de emoção.

No decorrer dos séculos, ela assistiu ao vaivém de alegrias, tristezas, dramas e vitórias que compuseram a história da charmosa Paris, e em todos os momentos continuou convidando a quantos dela se aproximavam, cativados por sua beleza, a não fixarem os olhos nas coisas passageiras desta vida, mas elevarem-se ao Céu, para onde apontava sua elegante agulha.

As obras do Altíssimo nunca fracassam 2.jpg

Quer na penumbra da noite, quer banhada pelos raios do sol, a nobre catedral se apresentava como uma ge-nuína flor da civilização, permitindo aos homens de hoje conhecer e se encantar com aquela primavera da Fé que a engendrou, e sonhar com os esplendores do Reino de Maria anunciado por tantos Santos e profetas.

Por tudo isso, os corações dos fiéis se consternaram ao ver o magnífico templo em chamas. Cientes, porém, da vitória definitiva de Cristo na Cruz, tal pesar não sobrepujou a esperança de contemplar em breve o surgi-mento de maravilhas ainda maiores. As obras do Altíssimo nunca fracassam: quando Ele permite algum desas-tre, é porque fará nascer daí algo melhor. Não foi acaso que de sua Paixão e Morte sobreveio a ­Ressurreição!

As obras do Altíssimo nunca fracassam 3.jpg

Quiçá a maior das lições que a venerável catedral deu ao mundo enquanto as chamas a consumiam tenha sido a de atrair mais uma vez para si o olhar dos homens, fazendo-os se elevarem até a Cruz.

Nesse trono de dor e de glória, o Cordeiro Imolado aguarda a chegada de almas corajosas que se levantem para extinguir o funesto incêndio de pecado e relativismo que grassa na nossa sociedade...

As obras do Altíssimo nunca fracassam 4.jpg

Deus quer ser servido por filhos que, fortificados pelo infalível e ilimitado poder da graça divina, não hesitem em desafiar o fogo e as nuvens negras de fumaça que nos cercam, mostrando que, em meio ao desmoronamento geral, há um refúgio seguro. Ele se encontra junto Àquela que Se manteve de pé no Calvário e que jamais aban-donará a Santa Igreja!

Por Lorena Mello da Veiga Lima

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/103349-As-obras-do-Altissimo-nunca-fracassam. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Reportagem exclusiva à Gaudium Press traz esclarecimentos sobre o comissariado dos Arautos do Evan ...
 
"Não envelhecemos por termos vivido um certo número de anos. Ficamos velhos porque desertamos de n ...
 
Nascida na Itália, Santa Francisca Xavier Cabrini adotou a cidadania estado-unidense, realizando um ...
 
O Papa Francisco visitará o Japão de 23 a 26 de novembro e se encontrará os 440.893 católicos do ...
 
A fama de santidade de Beata Benigna começou logo após o seu martírio, há mais de 70 anos. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading