Loading
 
 
 
Loading
 
Papa Francisco afirma desejo de visitar Iraque
Loading
 
10 de Junho de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 10-06-2019, Gaudium Press) No Vaticano, nesta segunda-feira, 10/06, o Papa recebeu em audiência, na Sala do Consistório, cerca de cem participantes da 92ª Assembleia Plenária da Reunião das Obras de Ajuda às Igrejas Orientais (Roaco).

Papa Francisco afirma ter desejo de visitar Iraque-Foto Vatican News.jpeg

Falando aos participantes, Francisco recordou que desde o último encontro que teve com a Roaco ele teve várias ocasiões para encontrar as realidades ligadas ao trabalho da Congregação para as Igrejas Orientais.

Ele lembrou as viagens apostólicas à Bulgária, Macedônia do Norte e Romênia e o encontro em Bari, na Itália.

Esperanças roubadas

O Pontífice citou as contribuições dos representantes Pontifícios:
"Nesses dias, as contribuições dos representantes pontifícios de alguns países, bem como dos relatores que foram escolhidos, ajudarão vocês a ouvir o grito daqueles que, nestes anos, lhes foram roubadas a esperança: penso com tristeza, mais uma vez, no drama da Síria e nas nuvens densas que parecem aumentar sobre ela em algumas áreas ainda instáveis e onde o risco de uma crise humanitária ainda maior permanece alto."

Iraque nos desejos do Papa

Disse Francisco:
"Um pensamento insistente me acompanha pensando no Iraque, onde tenho o desejo de ir no próximo ano, para que possa olhar adiante através da participação pacífica e partilhada na construção do bem comum de todos'.

Que ele "não caia novamente em tensões que vêm dos conflitos intermináveis de potências regionais".

Ucrânia

A Ucrânia esteve presente no pensamento e nas palavras do Pontífice dirigidas aos membros do Roaco: "para que a sua população possa encontrar a paz, cujas feridas causadas pelo conflito" ele tentou "aliviar com a iniciativa de caridade à qual contribuíram muitas realidades eclesiais".

Terra Santa

Francisco mostrou o que pensa e deseja para a Terra Santa:
"Na Terra Santa, espero que o recente anúncio de uma segunda fase de estudo da restauração do Santo Sepulcro, que vê as comunidades cristãs do Statu quo lado a lado, seja acompanhado pelos sinceros esforços de todos os protagonistas locais e internacionais para que chegue logo uma pacífica convivência no respeito de todos aqueles que vivem naquela terra, sinal para todos da bênção do Senhor."

Eco incansável da Caridade

Em suas palavras, entre outras recordações, Francisco convidou todos a ouvirem o grito de dor das pessoas que fogem dos conflitos, que deixam tudo para ir a um lugar de esperança.

Ele lembrou que ao lado da dor, há sempre esperança e consolação, "eco da incansável obra de caridade" que a Roaco realiza e que "manifesta o rosto da Igreja e contribui para torná-la viva, em particular alimentando a esperança das jovens gerações".

Pelos Jovens

"Peço a vocês para prosseguir e aumentar o seu compromisso para que nos países e nas situações que vocês apoiam, os jovens possam crescer em humanidade, livres das colonizações ideológicas, com os corações e mentes abertos, valorizando as suas raízes nacionais e eclesiais e desejando um futuro de paz e prosperidade". (JSG)

 

 

Loading
Papa Francisco afirma desejo de visitar Iraque

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 10-06-2019, Gaudium Press) No Vaticano, nesta segunda-feira, 10/06, o Papa recebeu em audiência, na Sala do Consistório, cerca de cem participantes da 92ª Assembleia Plenária da Reunião das Obras de Ajuda às Igrejas Orientais (Roaco).

Papa Francisco afirma ter desejo de visitar Iraque-Foto Vatican News.jpeg

Falando aos participantes, Francisco recordou que desde o último encontro que teve com a Roaco ele teve várias ocasiões para encontrar as realidades ligadas ao trabalho da Congregação para as Igrejas Orientais.

Ele lembrou as viagens apostólicas à Bulgária, Macedônia do Norte e Romênia e o encontro em Bari, na Itália.

Esperanças roubadas

O Pontífice citou as contribuições dos representantes Pontifícios:
"Nesses dias, as contribuições dos representantes pontifícios de alguns países, bem como dos relatores que foram escolhidos, ajudarão vocês a ouvir o grito daqueles que, nestes anos, lhes foram roubadas a esperança: penso com tristeza, mais uma vez, no drama da Síria e nas nuvens densas que parecem aumentar sobre ela em algumas áreas ainda instáveis e onde o risco de uma crise humanitária ainda maior permanece alto."

Iraque nos desejos do Papa

Disse Francisco:
"Um pensamento insistente me acompanha pensando no Iraque, onde tenho o desejo de ir no próximo ano, para que possa olhar adiante através da participação pacífica e partilhada na construção do bem comum de todos'.

Que ele "não caia novamente em tensões que vêm dos conflitos intermináveis de potências regionais".

Ucrânia

A Ucrânia esteve presente no pensamento e nas palavras do Pontífice dirigidas aos membros do Roaco: "para que a sua população possa encontrar a paz, cujas feridas causadas pelo conflito" ele tentou "aliviar com a iniciativa de caridade à qual contribuíram muitas realidades eclesiais".

Terra Santa

Francisco mostrou o que pensa e deseja para a Terra Santa:
"Na Terra Santa, espero que o recente anúncio de uma segunda fase de estudo da restauração do Santo Sepulcro, que vê as comunidades cristãs do Statu quo lado a lado, seja acompanhado pelos sinceros esforços de todos os protagonistas locais e internacionais para que chegue logo uma pacífica convivência no respeito de todos aqueles que vivem naquela terra, sinal para todos da bênção do Senhor."

Eco incansável da Caridade

Em suas palavras, entre outras recordações, Francisco convidou todos a ouvirem o grito de dor das pessoas que fogem dos conflitos, que deixam tudo para ir a um lugar de esperança.

Ele lembrou que ao lado da dor, há sempre esperança e consolação, "eco da incansável obra de caridade" que a Roaco realiza e que "manifesta o rosto da Igreja e contribui para torná-la viva, em particular alimentando a esperança das jovens gerações".

Pelos Jovens

"Peço a vocês para prosseguir e aumentar o seu compromisso para que nos países e nas situações que vocês apoiam, os jovens possam crescer em humanidade, livres das colonizações ideológicas, com os corações e mentes abertos, valorizando as suas raízes nacionais e eclesiais e desejando um futuro de paz e prosperidade". (JSG)

 

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/103470-Papa-Francisco-afirma-desejo-de-visitar-Iraque. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Originalmente, o projeto de lei ordenava que os sacerdotes da Califórnia quebrassem o sigilo de con ...
 
Na Idade Média havia a perfeita caridade, “a filosofia do Evangelho governava os Estados [...], a ...
 
As escolas católicas fomentam a excelência, especialmente entre os menos favorecidos, mas padecem ...
 
O governo eritreu decidiu nacionalizar os hospitais da Igreja: “retaliação contra a Igreja cat ...
 
É o que diz o relatório divulgado recentemente pelo Observatório sobre Intolerância e Discrimina ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading