Loading
 
 
 
Loading
 
Solenidade da Santíssima Trindade: Papa reza Angelus em Camerino
Loading
 
17 de Junho de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 17-06-2019, Gaudium Press) Neste domingo, 16 de julho, quando se comemorou a Festa da Santíssima Trindade, o Papa Francisco rezou o Angelus em Camerino, no centro da Itália, no final da Missa celebrada durante sua visita a esta região duramente atingida por um terremoto em 2016.

Solenidade de Pentecostes-Papa reza Angelus em Camerino-Foto ACI .jpg

Antes de rezar a oração mariana, na Praça Cavour, contígua à Catedral de Camerino, Francisco recordou "os numerosos testemunhos de santidade dos quais a vossa terra é rica". Ele citou vários Santos da região e lembrou "santos da porta ao lado", não beatificados ou canonizados, mas que sustentaram e transformaram famílias e comunidades com a força de sua vida cristã".

O Papa recordou também a beatificação, no sábado, de Edviges Carboni:
"Ontem, em Pozzomaggiore, na Sardenha, foi proclamada Beata Edviges Carboni, uma simples mulher do povo que na sua humilde cotidianidade abraçou a Cruz, dando testemunho de fé e de caridade. Demos graças por esta fiel discípula de Cristo, que dedicou toda a sua vida a serviço de Deus e do próximo".

Golfo Pérsico

Também antes da recitação do Angelus, Francisco lembrou-se das tensões no Golfo Pérsico:

"Acompanho, com preocupação, o aumento das tensões no Golfo Pérsico. Convido todos a fazerem uso dos instrumentos da diplomacia para resolver os complexos problemas dos conflitos no Oriente Médio. Renovo também à comunidade internacional um veemente apelo para realizar todo esforço possível para favorecer o diálogo e a paz"

Doentes, idosos e testemunho de Santos locais

Saudando os presentes, Francisco não se esqueceu "os doentes, os idosos, os encarcerados e a todos aqueles que através da rádio e da televisão", estiveram unidos espiritualmente à Santa Missa, agradecendo também a todos que trabalharam para que esta "breve mas intensa visita" pudesse ser realizada.

Aproveitando a ocasião, o Papa enviou uma "saudação especial e um encorajamento aos habitantes de San Severino Marche".
Quando, mais tarde, sobrevoou San Severino o Pontífice enviou uma mensagem:

"Queridos irmãos e irmãs, que vocês possam caminhar unidos e alegres no caminho da fé, da esperança e da caridade, fiéis aos numerosos testemunhos de santidade dos quais a vossa terra é rica.

Penso, entre outros, em São Venâncio, São Severino, São Ansovino, São Nicolau de Tolentino, São Pacífico e na Beata Batista Varano.
Penso também nas numerosas figuras dos "santos da porta ao lado" não beatificados ou canonizados, mas que sustentaram - e sustentam - e transformaram famílias e comunidades com a força de sua vida cristã".

Confiados à Santa Maria in Via

Ainda antes de rezar o Angelus, o Papa confiou "toda a comunidade diocesana à Santa Virgem, a quem veneram em numerosos santuários e a quem invocais especialmente com o título de "Santa Maria in Via". Ela, que animou a primeira comunidade dos discípulos de Jesus com sua presença materna, ajude também a Igreja de hoje a dar bom testemunho do Evangelho". (JSG)


(Da Redação Gaudium Press, com informações Vatican News)

 

Loading
Solenidade da Santíssima Trindade: Papa reza Angelus em Camerino

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 17-06-2019, Gaudium Press) Neste domingo, 16 de julho, quando se comemorou a Festa da Santíssima Trindade, o Papa Francisco rezou o Angelus em Camerino, no centro da Itália, no final da Missa celebrada durante sua visita a esta região duramente atingida por um terremoto em 2016.

Solenidade de Pentecostes-Papa reza Angelus em Camerino-Foto ACI .jpg

Antes de rezar a oração mariana, na Praça Cavour, contígua à Catedral de Camerino, Francisco recordou "os numerosos testemunhos de santidade dos quais a vossa terra é rica". Ele citou vários Santos da região e lembrou "santos da porta ao lado", não beatificados ou canonizados, mas que sustentaram e transformaram famílias e comunidades com a força de sua vida cristã".

O Papa recordou também a beatificação, no sábado, de Edviges Carboni:
"Ontem, em Pozzomaggiore, na Sardenha, foi proclamada Beata Edviges Carboni, uma simples mulher do povo que na sua humilde cotidianidade abraçou a Cruz, dando testemunho de fé e de caridade. Demos graças por esta fiel discípula de Cristo, que dedicou toda a sua vida a serviço de Deus e do próximo".

Golfo Pérsico

Também antes da recitação do Angelus, Francisco lembrou-se das tensões no Golfo Pérsico:

"Acompanho, com preocupação, o aumento das tensões no Golfo Pérsico. Convido todos a fazerem uso dos instrumentos da diplomacia para resolver os complexos problemas dos conflitos no Oriente Médio. Renovo também à comunidade internacional um veemente apelo para realizar todo esforço possível para favorecer o diálogo e a paz"

Doentes, idosos e testemunho de Santos locais

Saudando os presentes, Francisco não se esqueceu "os doentes, os idosos, os encarcerados e a todos aqueles que através da rádio e da televisão", estiveram unidos espiritualmente à Santa Missa, agradecendo também a todos que trabalharam para que esta "breve mas intensa visita" pudesse ser realizada.

Aproveitando a ocasião, o Papa enviou uma "saudação especial e um encorajamento aos habitantes de San Severino Marche".
Quando, mais tarde, sobrevoou San Severino o Pontífice enviou uma mensagem:

"Queridos irmãos e irmãs, que vocês possam caminhar unidos e alegres no caminho da fé, da esperança e da caridade, fiéis aos numerosos testemunhos de santidade dos quais a vossa terra é rica.

Penso, entre outros, em São Venâncio, São Severino, São Ansovino, São Nicolau de Tolentino, São Pacífico e na Beata Batista Varano.
Penso também nas numerosas figuras dos "santos da porta ao lado" não beatificados ou canonizados, mas que sustentaram - e sustentam - e transformaram famílias e comunidades com a força de sua vida cristã".

Confiados à Santa Maria in Via

Ainda antes de rezar o Angelus, o Papa confiou "toda a comunidade diocesana à Santa Virgem, a quem veneram em numerosos santuários e a quem invocais especialmente com o título de "Santa Maria in Via". Ela, que animou a primeira comunidade dos discípulos de Jesus com sua presença materna, ajude também a Igreja de hoje a dar bom testemunho do Evangelho". (JSG)


(Da Redação Gaudium Press, com informações Vatican News)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/103630-Solenidade-da-Santissima-Trindade--Papa-reza-Angelus-em-Camerino. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Ano Jubilar Mariano ocorre por ocasião dos 400 anos do encontro da sagrada imagem de Nossa Senhor ...
 
As velas acesas do Advento simbolizam nossa fé, nossa alegria, nossa esperança que não decepciona ...
 
O acontecimento ocorrerá em todas as Dioceses da nação latino-americana no próximo domingo, 08 d ...
 
O Ministério Público estadual e federal da Austrália impôs uma medida que visa obrigar os sacerd ...
 
Dom Thomas Olmsted, Bispo de Phoenix, Arizona, concedeu uma entrevista por ocasião dos 50 anos de s ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading