Loading
 
 
 
Loading
 
Igreja na Espanha celebra Dia do Apostolado do Mar
Loading
 
15 de Julho de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Espanha - Madri (Segunda-feira, 15-07-2019, Gaudium Press) No próximo dia 16 de julho, festividade de Nossa Senhora do Carmo, a Igreja na Espanha celebra o Dia do Apostolado do Mar e a Jornada da Pastoral do Mar, que este ano leva por lema "Confia, marinheiro, dê a Ele o timão".

Por ocasião da jornada, Dom Luis Quinteiro Fiuza, Bispo de Tui-Vigo e Promotor do Apostolado do Mar na Conferência Episcopal Espanhola, dirigiu uma mensagem na qual recordou as dificuldades e diferentes situações que diariamente enfrentam as pessoas que trabalham no mundo do mar, e convidou a confiar o timão da vida ao Senhor dos mares.

Igreja na Espanha celebra Dia do Apostolado do Mar.jpeg

"Novamente a Igreja, no dia de Nossa Senhora do Carmo, dirige seu olhar para as pessoas do mar. E o faz sabendo de seus gozos e suas tristezas e animando neste ano de 2019 a reconhecer que se entregamos nosso timão ao Senhor dos mares -com a intercessão de Nossa Senhora do Carmo- a barca de nossas vidas chegará ao bom porto", diz o prelado ao iniciar a missiva.

Às mulheres e homens do mar, Dom Quinteiro Fiuza recorda que a confiança está mais ancorada e segura "nas mãos e no coração de quem conduz o timão marinheiro: Nosso Senhor Jesus Cristo, o Filho de Santa Maria". E que por esta razão o dia do apostolado do mar é ocasião propícia "para renovar nossa confiança nEle".

Em outra parte da mensagem, o Bispo Promotor do Apostolado do Mar afirma que este é por um lado "um elemento de contemplação e de admiração", e por outro "um bem comum que devemos proteger mediante leis adequadas, porque às vezes a ação humana tem um impacto negativo sobre os mares".

Além disso, recorda que os mares "são vias de união da família humana e às vezes são fontes de energia, alimento e comércio".

Mais adiante, Dom Quinteiro Fiuza aborda o tema da solidariedade, sobretudo no campo do mar. O prelado faz eco da "solidariedade humana", a qual se refere o Papa Francisco na Encíclica 'Laudato si':

"Quando se põem as necessidades de nossos contemporâneos, especialmente dos jovens, e também das gerações vindouras, no centro dos esforços para cuidar da criação, se pode promover e proteger o bem comum de todos, 'já que o mundo que temos recebido também pertence aos que nos seguirão'".

À este respeito, acrescenta: "É básico para o mundo do mar que a solidariedade e a preocupação fraterna estendam a mão da amizade e da compaixa?o aos mais pobres de nossos espaços com expressões concretas para o apoio às comunidades próximas à vida do mar ou aos que visitam nossos portos".

O Bispo de Tui-Vigo faz um chamado às Dioceses, Paróquias, Associações, Confrarias e Instituições sociais marinheiras para que continuem trabalhando pelas realidades das pessoas do mar.

"Os convidamos a confiar no diálogo para que se fomentem uma série de respostas cada vez mais eficazes aos complexos desafios com que os quais nos defrontamos", indica.

Do mesmo modo faz um convite para continuar orando pelos homens e mulheres do mar encomendando suas vidas ao Senhor, dono do mar, e expressa a eles sua gratidão:

"Enquanto confiamos de todo coração no Timoneiro que dirige a barca de nossas vidas e a barca que é a Igreja, rezamos por todas as pessoas relacionadas com o mundo do mar, onde quer que estejam. E, às vezes, queremos expressar nossa gratidão pelo duro trabalho cheio de sacrifícios que levam a cabo e que redunda em nosso benefício econômico social, religioso e cultural". (EPC)

Loading
Igreja na Espanha celebra Dia do Apostolado do Mar

Espanha - Madri (Segunda-feira, 15-07-2019, Gaudium Press) No próximo dia 16 de julho, festividade de Nossa Senhora do Carmo, a Igreja na Espanha celebra o Dia do Apostolado do Mar e a Jornada da Pastoral do Mar, que este ano leva por lema "Confia, marinheiro, dê a Ele o timão".

Por ocasião da jornada, Dom Luis Quinteiro Fiuza, Bispo de Tui-Vigo e Promotor do Apostolado do Mar na Conferência Episcopal Espanhola, dirigiu uma mensagem na qual recordou as dificuldades e diferentes situações que diariamente enfrentam as pessoas que trabalham no mundo do mar, e convidou a confiar o timão da vida ao Senhor dos mares.

Igreja na Espanha celebra Dia do Apostolado do Mar.jpeg

"Novamente a Igreja, no dia de Nossa Senhora do Carmo, dirige seu olhar para as pessoas do mar. E o faz sabendo de seus gozos e suas tristezas e animando neste ano de 2019 a reconhecer que se entregamos nosso timão ao Senhor dos mares -com a intercessão de Nossa Senhora do Carmo- a barca de nossas vidas chegará ao bom porto", diz o prelado ao iniciar a missiva.

Às mulheres e homens do mar, Dom Quinteiro Fiuza recorda que a confiança está mais ancorada e segura "nas mãos e no coração de quem conduz o timão marinheiro: Nosso Senhor Jesus Cristo, o Filho de Santa Maria". E que por esta razão o dia do apostolado do mar é ocasião propícia "para renovar nossa confiança nEle".

Em outra parte da mensagem, o Bispo Promotor do Apostolado do Mar afirma que este é por um lado "um elemento de contemplação e de admiração", e por outro "um bem comum que devemos proteger mediante leis adequadas, porque às vezes a ação humana tem um impacto negativo sobre os mares".

Além disso, recorda que os mares "são vias de união da família humana e às vezes são fontes de energia, alimento e comércio".

Mais adiante, Dom Quinteiro Fiuza aborda o tema da solidariedade, sobretudo no campo do mar. O prelado faz eco da "solidariedade humana", a qual se refere o Papa Francisco na Encíclica 'Laudato si':

"Quando se põem as necessidades de nossos contemporâneos, especialmente dos jovens, e também das gerações vindouras, no centro dos esforços para cuidar da criação, se pode promover e proteger o bem comum de todos, 'já que o mundo que temos recebido também pertence aos que nos seguirão'".

À este respeito, acrescenta: "É básico para o mundo do mar que a solidariedade e a preocupação fraterna estendam a mão da amizade e da compaixa?o aos mais pobres de nossos espaços com expressões concretas para o apoio às comunidades próximas à vida do mar ou aos que visitam nossos portos".

O Bispo de Tui-Vigo faz um chamado às Dioceses, Paróquias, Associações, Confrarias e Instituições sociais marinheiras para que continuem trabalhando pelas realidades das pessoas do mar.

"Os convidamos a confiar no diálogo para que se fomentem uma série de respostas cada vez mais eficazes aos complexos desafios com que os quais nos defrontamos", indica.

Do mesmo modo faz um convite para continuar orando pelos homens e mulheres do mar encomendando suas vidas ao Senhor, dono do mar, e expressa a eles sua gratidão:

"Enquanto confiamos de todo coração no Timoneiro que dirige a barca de nossas vidas e a barca que é a Igreja, rezamos por todas as pessoas relacionadas com o mundo do mar, onde quer que estejam. E, às vezes, queremos expressar nossa gratidão pelo duro trabalho cheio de sacrifícios que levam a cabo e que redunda em nosso benefício econômico social, religioso e cultural". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/104059-Igreja-na-Espanha-celebra-Dia-do-Apostolado-do-Mar. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Em entrevista, Bispo diz que quardará segredo de confissão e que está pronto para ser preso. ...
 
Bispo de Frederico Westphalen, comenta a liturgia do XXI Domingo do Tempo Comum e ressalta a uni ...
 
O 8.º encontro bilateral realçou “desenvolvimentos positivos” na relação entre a Santa Sé e ...
 
Seu nome de batismo era Isabel Mariana de Jesus Paredes Flores y Oliva. Bela como uma flor, todos a ...
 
Em outubro a Igreja vai promover em todo o mundo o Mês Missionário Extraordinário, com o tema: Ba ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading