Loading
 
 
 
Loading
 
Os estilos arquitetônicos revelam aspectos da história e espiritualidade católicas
Loading
 
10 de Setembro de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Estados Unidos - Greenville (Terça-feira, 10-09-2019, Gaudium Press) O Padre Dwight Longenecker, pároco do templo de Nossa Senhora do Rosário em Greenville, Estados Unidos, e reconhecido evangelizador através da internet, publicou uma reflexão pessoal sobre dois dos principais estilos arquitetônicos católicos: o Românico e o Gótico. Suas impressões são derivadas de uma recente visita à igreja da Abadia românica de Fleury e a Catedral gótica de Chartres na França.

Abadia de Fleury, França, Foto-Nguyenld.jpg

"A arquitetura sempre reflete a cultura e as crenças de sua época", recordou o sacerdote em seu blog pessoal. "A bela simplicidade austera do românico se desenvolveu à medida que se desenvolvia o monacato, e a igreja da abadia em Fleury (e también em Vézelay) é um exemplo perfeito da idoneidade do românico para o ideal monástico da fusão da simplicidade e da beleza".

Inspirados diretamente na experiência espiritual dos monges, os templos românicos transmitem austeridade e beleza. "São robustos, estáveis e sérios, mas também são como lanternas de pedra", explicou o Padre Longenecker. "Projetados para filtrar a luz através da pedra, são eloquentes em sua revelação de que a graça flui através das estruturas estáveis, sérias e austeras da vida beneditina. Aqui não há absurdos, nem frustração, nem tolice, mas uma concentração de trabalho humano duro e a cooperação da humanidade com a proteção e a providência divinas".

Este estilo contrasta com a ornamentação e colorido das Catedrais góticas, que manifestam outra experiência da Fé. "As esculturas e a arquitetura inteligente se combinam para mostrar uma comunidade ativa, abundante, criativa e fecunda de artesanatos, clérigos, arquitetos, teólogos, poetas e artistas", relatou o sacerdote. "O cristianismo cresceu e floresceu nesta era incrivelmente criativa, onde o engenho e o intelecto, a habilidade e a sutileza fluem juntos e explodem em uma profusão de edifícios assombrosos".

Catedral de Chartres, França, Foto - Andreas F. Borchert.jpg

Estas obras coexistiram ao ponto que o Mosteiro de Mont St Michel se combina em um templo românico com um coro gótico de grande altura. "O século XV de repente chega ao seu auge na construção em toda Europa da mais surpreendente extravagância gótica... antes de que tudo comece a cair na tragédia da revolução protestante e quinhentos anos subsequentes de revolução, rebelião e terror". (EPC)

Loading
Os estilos arquitetônicos revelam aspectos da história e espiritualidade católicas

Estados Unidos - Greenville (Terça-feira, 10-09-2019, Gaudium Press) O Padre Dwight Longenecker, pároco do templo de Nossa Senhora do Rosário em Greenville, Estados Unidos, e reconhecido evangelizador através da internet, publicou uma reflexão pessoal sobre dois dos principais estilos arquitetônicos católicos: o Românico e o Gótico. Suas impressões são derivadas de uma recente visita à igreja da Abadia românica de Fleury e a Catedral gótica de Chartres na França.

Abadia de Fleury, França, Foto-Nguyenld.jpg

"A arquitetura sempre reflete a cultura e as crenças de sua época", recordou o sacerdote em seu blog pessoal. "A bela simplicidade austera do românico se desenvolveu à medida que se desenvolvia o monacato, e a igreja da abadia em Fleury (e también em Vézelay) é um exemplo perfeito da idoneidade do românico para o ideal monástico da fusão da simplicidade e da beleza".

Inspirados diretamente na experiência espiritual dos monges, os templos românicos transmitem austeridade e beleza. "São robustos, estáveis e sérios, mas também são como lanternas de pedra", explicou o Padre Longenecker. "Projetados para filtrar a luz através da pedra, são eloquentes em sua revelação de que a graça flui através das estruturas estáveis, sérias e austeras da vida beneditina. Aqui não há absurdos, nem frustração, nem tolice, mas uma concentração de trabalho humano duro e a cooperação da humanidade com a proteção e a providência divinas".

Este estilo contrasta com a ornamentação e colorido das Catedrais góticas, que manifestam outra experiência da Fé. "As esculturas e a arquitetura inteligente se combinam para mostrar uma comunidade ativa, abundante, criativa e fecunda de artesanatos, clérigos, arquitetos, teólogos, poetas e artistas", relatou o sacerdote. "O cristianismo cresceu e floresceu nesta era incrivelmente criativa, onde o engenho e o intelecto, a habilidade e a sutileza fluem juntos e explodem em uma profusão de edifícios assombrosos".

Catedral de Chartres, França, Foto - Andreas F. Borchert.jpg

Estas obras coexistiram ao ponto que o Mosteiro de Mont St Michel se combina em um templo românico com um coro gótico de grande altura. "O século XV de repente chega ao seu auge na construção em toda Europa da mais surpreendente extravagância gótica... antes de que tudo comece a cair na tragédia da revolução protestante e quinhentos anos subsequentes de revolução, rebelião e terror". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/105023-Os-estilos-arquitetonicos-revelam-aspectos-da-historia-e-espiritualidade-catolicas. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A iniciativa, organizada pela Diocese de Getafe, se propõem animar a reflexão sobre a necessidade ...
 
O evento é organizado de forma conjunta pela Conferência Episcopal Portuguesa, da Rede Mundial de ...
 
O Papa Francisco recebeu, no Vaticano, a equipe técnica de televisão e de jornalismo do canal ...
 
“Os sacerdotes não podem cumprir com a lei que lhes exigiria violar seu compromisso com o ensinam ...
 
O Calendário com as cerimônias que serão presididas pelo Papa Francisco nos meses de setembro e o ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading