Loading
 
 
 
Loading
 
Em Fátima, Bispo desafia peregrinos a fazer da Cova da Iria “lugar de vida”
Loading
 
13 de Setembro de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Fátima - Portugal (Sexta-feira, 13-09-2019, Gaudium Press) Dom Rui Valério declarou na abertura da peregrinação internacional aniversária de setembro na Cova da Iria que a peregrinação a Fátima é sinônimo da "alegria de encontrar" uma Mãe.

O bispo das Forças Armadas Portuguesas desafiou os peregrinos a fazer de Fátima "um lugar de vida".

 

Em Fátima, Bispo desafia peregrinos a fazer da Cova da Iria lugar de vida-Foto Santuário Fátima.jpg

Maria mostra Cristo e ensina a fazer o que Ele quer

Falando durante a saudação à Virgem Maria, na Capelinha das Aparições, Dom Rui Valério disse sobre Nossa Senhora que "Ela mostra-nos Cristo, acolhe as nossas preces e ensina-nos a fazer o que Ele quer".

Por isso o prelado convidou os peregrinos: "Acolhamos Maria no nosso coração para que ele seja morada do Senhor e do Espirito Santo".

O Silêncio em Fátima

O site do Santuário de Fátima informou que o momento de oração contou com a presença do cardeal Dom Antônio Marto, bispo de Leiria-Fátima, que sublinhou a importância do silêncio em Fátima como "a expressão mais bela e apropriada" da homenagem que os peregrinos fazem quando chegam à Capelinha das Aparições e, diante da imagem de Nossa Senhora, rezam em silêncio.

Para Dom Marto, "É a reação mais profunda de quem chega. Todos ficamos em silêncio junto dela, na contemplação do seu rosto, sentindo e experimentando a sua proximidade".

Apelo do Bispo Castrense

Na Missa vespertina, o bispo das Forças Armadas e de Segurança apelou ao reencontro com o "mistério" de Deus, como aconteceu com a Virgem Maria, na Anunciação do anjo em Nazaré, que leva a "uma mudança radical de perspectiva".

A peregrinação deste mês de setembro

Para esta peregrinação, que assinala a quinta aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos, em 1917, inscreveram-se 87 grupos de peregrinos, de 23 países:
Portugal, Alemanha, Austrália, Brasil, Cabo Verde, Coreia do Sul, Eslováquia, Espanha, EUA, França, Holanda, Indonésia, Irlanda, Itália, Polônia, Singapura, Burquina Faso, Canadá, China, República Checa, Filipinas, África do Sul e Reino Unido. (JSG)

 

Loading
Em Fátima, Bispo desafia peregrinos a fazer da Cova da Iria “lugar de vida”

Fátima - Portugal (Sexta-feira, 13-09-2019, Gaudium Press) Dom Rui Valério declarou na abertura da peregrinação internacional aniversária de setembro na Cova da Iria que a peregrinação a Fátima é sinônimo da "alegria de encontrar" uma Mãe.

O bispo das Forças Armadas Portuguesas desafiou os peregrinos a fazer de Fátima "um lugar de vida".

 

Em Fátima, Bispo desafia peregrinos a fazer da Cova da Iria lugar de vida-Foto Santuário Fátima.jpg

Maria mostra Cristo e ensina a fazer o que Ele quer

Falando durante a saudação à Virgem Maria, na Capelinha das Aparições, Dom Rui Valério disse sobre Nossa Senhora que "Ela mostra-nos Cristo, acolhe as nossas preces e ensina-nos a fazer o que Ele quer".

Por isso o prelado convidou os peregrinos: "Acolhamos Maria no nosso coração para que ele seja morada do Senhor e do Espirito Santo".

O Silêncio em Fátima

O site do Santuário de Fátima informou que o momento de oração contou com a presença do cardeal Dom Antônio Marto, bispo de Leiria-Fátima, que sublinhou a importância do silêncio em Fátima como "a expressão mais bela e apropriada" da homenagem que os peregrinos fazem quando chegam à Capelinha das Aparições e, diante da imagem de Nossa Senhora, rezam em silêncio.

Para Dom Marto, "É a reação mais profunda de quem chega. Todos ficamos em silêncio junto dela, na contemplação do seu rosto, sentindo e experimentando a sua proximidade".

Apelo do Bispo Castrense

Na Missa vespertina, o bispo das Forças Armadas e de Segurança apelou ao reencontro com o "mistério" de Deus, como aconteceu com a Virgem Maria, na Anunciação do anjo em Nazaré, que leva a "uma mudança radical de perspectiva".

A peregrinação deste mês de setembro

Para esta peregrinação, que assinala a quinta aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos, em 1917, inscreveram-se 87 grupos de peregrinos, de 23 países:
Portugal, Alemanha, Austrália, Brasil, Cabo Verde, Coreia do Sul, Eslováquia, Espanha, EUA, França, Holanda, Indonésia, Irlanda, Itália, Polônia, Singapura, Burquina Faso, Canadá, China, República Checa, Filipinas, África do Sul e Reino Unido. (JSG)

 


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A imagem do Senhor do Veneno, também conhecida como o “Cristo Negro”, salvou um homem ao qual p ...
 
Propaga-se que ele seja uma inocente brincadeira para descontrair e divertir-se de um modo... difere ...
 
A obra, intitulada “História da Congregação do Santíssimo Redentor: as origens”, foi organiz ...
 
O Terço dos Homens surgiu em 1936 no estado de Sergipe, chegando a Trindade em 2015, onde foi receb ...
 
Francisco falou também a missão de São Paulo e São Barnabé e o Concílio de Jerusalém. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading