Loading
 
 
 
Loading
 
Austrália aprova leis que atentam contra o segredo de Confissão
Loading
 
16 de Setembro de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Austrália - Melbourne (Segunda-feira, 16-09-2019, Gaudium Press) O estado de Victoria na Austrália aprovou uma lei que impõem aos sacerdotes a obrigação civil de denunciar os delitos de abuso infantil conhecidos durante o Sacramento da Confissão. Esta disposição contradiz de maneira direta as estritas normas da Igreja sobre o Sigilo Sacramental e ameaça aos sacerdotes a enfrentar penas de até três anos de prisão.

Austrália aprova leis que atentam contra o segredo de Confissão.jpg

"O mais importante é enviar uma mensagem de que a lei deve ser levada a sério, se as pessoas não a obedecem, as sanções são muito significativas", indicou o Primeiro Ministro de Victoria, Daniel Andrews. Uma lei similar foi aprovada no estado australiano da Tasmânia. O Arcebispo de Hobart, Dom Julián Charles Porteous, advertiu que os sacerdotes não podem violar o segredo de Confissão apesar do que determinem as normas civis.

"Os sacerdotes e todos os que trabalham para a Igreja entendem suas obrigações diante da lei de informar sobre assuntos de abuso sexual infantil. No entanto, os sacerdotes não podem cumprir com a lei que lhes exigiria violar seu compromisso com o ensinamento constante da Igreja sobre a inviolabilidade do selo sacramental", indicou o Arcebispo. "Como Arcebispo, é meu dever defender o ensino católico sobre este assunto".

O prelado advertiu que o estado poderia argumentar qualquer gênero de motivos para indagar os conteúdos das confissões dos cidadãos, mas "a realidade é que os Santos, como São Mateo Correa Magallanes e São João Nepomuceno, que deram sua vida defendendo o selo do confessionário, sabiam que não importava a razão dada pelo governo, não importa quão nobres foram suas intenções, romper o sigilo do confessionário constituiria o fim do Sacramento". (EPC)

Loading
Austrália aprova leis que atentam contra o segredo de Confissão

Austrália - Melbourne (Segunda-feira, 16-09-2019, Gaudium Press) O estado de Victoria na Austrália aprovou uma lei que impõem aos sacerdotes a obrigação civil de denunciar os delitos de abuso infantil conhecidos durante o Sacramento da Confissão. Esta disposição contradiz de maneira direta as estritas normas da Igreja sobre o Sigilo Sacramental e ameaça aos sacerdotes a enfrentar penas de até três anos de prisão.

Austrália aprova leis que atentam contra o segredo de Confissão.jpg

"O mais importante é enviar uma mensagem de que a lei deve ser levada a sério, se as pessoas não a obedecem, as sanções são muito significativas", indicou o Primeiro Ministro de Victoria, Daniel Andrews. Uma lei similar foi aprovada no estado australiano da Tasmânia. O Arcebispo de Hobart, Dom Julián Charles Porteous, advertiu que os sacerdotes não podem violar o segredo de Confissão apesar do que determinem as normas civis.

"Os sacerdotes e todos os que trabalham para a Igreja entendem suas obrigações diante da lei de informar sobre assuntos de abuso sexual infantil. No entanto, os sacerdotes não podem cumprir com a lei que lhes exigiria violar seu compromisso com o ensinamento constante da Igreja sobre a inviolabilidade do selo sacramental", indicou o Arcebispo. "Como Arcebispo, é meu dever defender o ensino católico sobre este assunto".

O prelado advertiu que o estado poderia argumentar qualquer gênero de motivos para indagar os conteúdos das confissões dos cidadãos, mas "a realidade é que os Santos, como São Mateo Correa Magallanes e São João Nepomuceno, que deram sua vida defendendo o selo do confessionário, sabiam que não importava a razão dada pelo governo, não importa quão nobres foram suas intenções, romper o sigilo do confessionário constituiria o fim do Sacramento". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/105126-Australia-aprova-leis-que-atentam-contra-o-segredo-de-Confissao. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A imagem do Senhor do Veneno, também conhecida como o “Cristo Negro”, salvou um homem ao qual p ...
 
Propaga-se que ele seja uma inocente brincadeira para descontrair e divertir-se de um modo... difere ...
 
A obra, intitulada “História da Congregação do Santíssimo Redentor: as origens”, foi organiz ...
 
O Terço dos Homens surgiu em 1936 no estado de Sergipe, chegando a Trindade em 2015, onde foi receb ...
 
Francisco falou também a missão de São Paulo e São Barnabé e o Concílio de Jerusalém. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading