Loading
 
 
 
Loading
 
Banco de dados sobre vítimas de perseguição religiosa é criado nos EUA
Loading
 
21 de Outubro de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Estados Unidos - Washington (Segunda-feira, 21-10-2019, Gaudium Press) A Comissão dos Estados Unidos para a Liberdade Religiosa Internacional (USCIRF) lançou uma nova iniciativa para fomentar o respeito à liberdade religiosa no mundo: um banco de dados que espera registrar os nomes de todas as vítimas de perseguição por conta de suas crenças religiosas. A lista já exibe 126 vítimas.

Banco de dados sobre vítimas de perseguição religiosa é criado nos EUA.png

A Lista de Vítimas da Liberdade de Crença de Religião é um dos requisitos impostos pela Lei da Liberdade Religiosa Internacional e deve guardar o registro de pessoas "que estão encarceradas ou detidas, desaparecendo, colocadas sob prisão domiciliar, sendo torturadas ou submetidas a renúncias forçadas à sua Fé por sua atividade religiosa ou defesa da liberdade religiosa".

"Uma de nossas esperanças para este projeto é trabalhar em colaboração para construir e manter um sólido banco de dados de vítimas da Liberdade de Religião que aumente a consciência sobre a grave situação das vítimas de violações da liberdade religiosa", expôs o Presidente da USCIRF, Tony Perkins. "O lançamento deste banco de dados é um desenvolvimento emocionante na história da Comissão. Juntos, podemos fazer a Lista de Vítimas da Liberdade de Crença de Religião um pilar central do compromisso da USCIRF com a comunidade de defesa da liberdade religiosa".

Os primeiros casos a serem introduzidos no banco de dados serão os de países já classificados como "de Preocupação Particular" nos relatórios da Comissão por suas limitações à liberdade religiosa mas também incluirá em um futuro as vítimas dos países que a Comissão recomendou para serem incluídos na classificação. "Os casos dentro deste banco de dados devem ser vistos como indicativos das violações praticadas pelos governos ou atores não estatais, não como listas exaustivas ou representativas do total de vítimas ou um reflexo das tendências mundiais", esclareceu a Comissão.

A lista pode ser consultada de maneira livre através do website da USCIRF e se incluiu um formulário de admissão para que os usuários possam fornecer informação sobre as vítimas que consideram que deveriam ser incluídas. (EPC)

Loading
Banco de dados sobre vítimas de perseguição religiosa é criado nos EUA

Estados Unidos - Washington (Segunda-feira, 21-10-2019, Gaudium Press) A Comissão dos Estados Unidos para a Liberdade Religiosa Internacional (USCIRF) lançou uma nova iniciativa para fomentar o respeito à liberdade religiosa no mundo: um banco de dados que espera registrar os nomes de todas as vítimas de perseguição por conta de suas crenças religiosas. A lista já exibe 126 vítimas.

Banco de dados sobre vítimas de perseguição religiosa é criado nos EUA.png

A Lista de Vítimas da Liberdade de Crença de Religião é um dos requisitos impostos pela Lei da Liberdade Religiosa Internacional e deve guardar o registro de pessoas "que estão encarceradas ou detidas, desaparecendo, colocadas sob prisão domiciliar, sendo torturadas ou submetidas a renúncias forçadas à sua Fé por sua atividade religiosa ou defesa da liberdade religiosa".

"Uma de nossas esperanças para este projeto é trabalhar em colaboração para construir e manter um sólido banco de dados de vítimas da Liberdade de Religião que aumente a consciência sobre a grave situação das vítimas de violações da liberdade religiosa", expôs o Presidente da USCIRF, Tony Perkins. "O lançamento deste banco de dados é um desenvolvimento emocionante na história da Comissão. Juntos, podemos fazer a Lista de Vítimas da Liberdade de Crença de Religião um pilar central do compromisso da USCIRF com a comunidade de defesa da liberdade religiosa".

Os primeiros casos a serem introduzidos no banco de dados serão os de países já classificados como "de Preocupação Particular" nos relatórios da Comissão por suas limitações à liberdade religiosa mas também incluirá em um futuro as vítimas dos países que a Comissão recomendou para serem incluídos na classificação. "Os casos dentro deste banco de dados devem ser vistos como indicativos das violações praticadas pelos governos ou atores não estatais, não como listas exaustivas ou representativas do total de vítimas ou um reflexo das tendências mundiais", esclareceu a Comissão.

A lista pode ser consultada de maneira livre através do website da USCIRF e se incluiu um formulário de admissão para que os usuários possam fornecer informação sobre as vítimas que consideram que deveriam ser incluídas. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/105734-Banco-de-dados-sobre-vitimas-de-perseguicao-religiosa-e-criado-nos-EUA. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Francisco nomeou um jesuíta para o cargo de Secretário para a Economia da Santa Sé. ...
 
A Campanha da Fraternidade 2020, que segue o tema “Fraternidade e vida: dom e compromisso” e o l ...
 
Papa alertou para o uso da tecnologia digital na promoção de abusos de menores e pediu ações con ...
 
O propósito do evento internacional é o de aprofundar e difundir a devoção a Maria Auxiliadora e ...
 
Um novo horário será estabelecido para a visita de peregrinos e turistas, na Basílica da Nativi ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading