Loading
 
 
 
Loading
 
Veneza: a Catedral de São Marcos está inundada
Loading
 
14 de Novembro de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Veneza - Itália (Quinta-feira,14-11-2019, Gaudium Press) A cidade italiana de Veneza está debaixo d'água.

Veneza- a Catedral de São Marcos está inundada-foto ACI.jpg

A famosa cidade italiana sofreu a inundação mais grave desde 1966, com um nível de água que chegou a 1,87 metros de altura e causou graves estragos em Igrejas, como, por exemplo, a histórica Basílica de São Marcos.

Patriarcado de Veneza

A Basílica de São Marcos não é o único templo católico afetado. 

Segundo o Patriarcado de Veneza, "a situação também é muito complicada para Sant'Alvise, São Girolamo, Santa Sofia, São Marcuola (Cannaregio), São Giacomo dall'Orio e São Simeón Grande.

As igrejas que estão completamente debaixo d'água são São Moisè, São Cassiano, a igreja dos Carmini, de São Polo e de São Donato di Murano. Em outras igrejas como S. Maria Mater Domini também não se pôde entrar."

O Seminário Patriarcal e a Basílica da Saúde também foram afetados.

Enquanto percorria preocupado a Basílica de São Marcos, já que a cripta ficou cheia de água, o Patriarca de Veneza, Dom Francesco Moraglia airmou:

Tenho "Muita dor pelo que aconteceu. Mas meu primeiro pensamento é para os venezianos, com muita proximidade, pois mais de 80% da cidade está debaixo d'água e há um grande desastre".

Dom Francesco Moraglia continua:

"Eu já pedi à Cáritas para que ative de todas as formas possíveis para que coloquem os fundos de emergência para a caridade à disposição, especialmente para as pessoas mais frágeis".

O Arcebispo destacou no site da Arquidiocese que
Durante a noite, "dormi muito pouco e rezei muito pelo meu povo", disse.

Caritas

Diante da emergência, a Cáritas diocesana já iniciou as ações de ajuda instalando alguns locais para acolher pessoas e famílias em dificuldade.

Também foi disponibilizado o refeitório de San Martino, na zona de Tana, para que permaneça aberto durante as 24h, pelo menos dois dias, para acolher as pessoas necessitadas.

Autoridades

Trata-se de uma "devastação apocalíptica", disse o presidente da região de Veneto, Luca Zaia.

Para o prefeito de Veneza, Luigi Brugnaro, a inundação se deve às mudanças climáticas.

Pelo Twitter, Brugnaro disse: ocorreram "enormes danos com a água do mar, isso não é água doce".
"Veneza está de joelhos. A Basílica de São Marcos sofreu graves danos, assim como toda a cidade e as ilhas".

Chegou o momento de dar "uma resposta histórica" para recuperar uma das cidades mais importantes da Itália.

O governo italiano informou que a situação de Veneza será discutida em um próximo conselho de ministros para rever "as intervenções necessárias e urgentes para proteger a cidade e os habitantes".

O presidente Giuseppe Conte e algumas autoridades governamentais, devem chegar nesta quinta-feira a Veneza para avaliar os danos.
(JSG)

 

 

Loading
Veneza: a Catedral de São Marcos está inundada

Veneza - Itália (Quinta-feira,14-11-2019, Gaudium Press) A cidade italiana de Veneza está debaixo d'água.

Veneza- a Catedral de São Marcos está inundada-foto ACI.jpg

A famosa cidade italiana sofreu a inundação mais grave desde 1966, com um nível de água que chegou a 1,87 metros de altura e causou graves estragos em Igrejas, como, por exemplo, a histórica Basílica de São Marcos.

Patriarcado de Veneza

A Basílica de São Marcos não é o único templo católico afetado. 

Segundo o Patriarcado de Veneza, "a situação também é muito complicada para Sant'Alvise, São Girolamo, Santa Sofia, São Marcuola (Cannaregio), São Giacomo dall'Orio e São Simeón Grande.

As igrejas que estão completamente debaixo d'água são São Moisè, São Cassiano, a igreja dos Carmini, de São Polo e de São Donato di Murano. Em outras igrejas como S. Maria Mater Domini também não se pôde entrar."

O Seminário Patriarcal e a Basílica da Saúde também foram afetados.

Enquanto percorria preocupado a Basílica de São Marcos, já que a cripta ficou cheia de água, o Patriarca de Veneza, Dom Francesco Moraglia airmou:

Tenho "Muita dor pelo que aconteceu. Mas meu primeiro pensamento é para os venezianos, com muita proximidade, pois mais de 80% da cidade está debaixo d'água e há um grande desastre".

Dom Francesco Moraglia continua:

"Eu já pedi à Cáritas para que ative de todas as formas possíveis para que coloquem os fundos de emergência para a caridade à disposição, especialmente para as pessoas mais frágeis".

O Arcebispo destacou no site da Arquidiocese que
Durante a noite, "dormi muito pouco e rezei muito pelo meu povo", disse.

Caritas

Diante da emergência, a Cáritas diocesana já iniciou as ações de ajuda instalando alguns locais para acolher pessoas e famílias em dificuldade.

Também foi disponibilizado o refeitório de San Martino, na zona de Tana, para que permaneça aberto durante as 24h, pelo menos dois dias, para acolher as pessoas necessitadas.

Autoridades

Trata-se de uma "devastação apocalíptica", disse o presidente da região de Veneto, Luca Zaia.

Para o prefeito de Veneza, Luigi Brugnaro, a inundação se deve às mudanças climáticas.

Pelo Twitter, Brugnaro disse: ocorreram "enormes danos com a água do mar, isso não é água doce".
"Veneza está de joelhos. A Basílica de São Marcos sofreu graves danos, assim como toda a cidade e as ilhas".

Chegou o momento de dar "uma resposta histórica" para recuperar uma das cidades mais importantes da Itália.

O governo italiano informou que a situação de Veneza será discutida em um próximo conselho de ministros para rever "as intervenções necessárias e urgentes para proteger a cidade e os habitantes".

O presidente Giuseppe Conte e algumas autoridades governamentais, devem chegar nesta quinta-feira a Veneza para avaliar os danos.
(JSG)

 

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/106148-Veneza--a-Catedral-de-Sao-Marcos-esta-inundada. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Porei “inimizades entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a descendência dela” e Ela t ...
 
O mundo parece ter medo de recordar o que realmente é o Natal e mostra só um imaginário banal e c ...
 
A cerimônia foi presidida pelo cardeal Bertello, presidente do Governatorato da Cidade do Vaticano. ...
 
Cardeal Sturla: a iniciativa “volta a colocar Jesus no centro da atenção natalina num país tão ...
 
O Bispo de Phoenix, Estados Unidos, Dom Thomas Olmsted, escreveu um artigo para analisar um dos tran ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading