Loading
 
 
 
Loading
 
Papa fala aos jovens na Catedral Bangcoc
Loading
 
22 de Novembro de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Bangcoc - Tailândia (Sexta-feira, 22-11-2019, Gaudium Press) Ainda no contexto da viagem apostólica do Papa Francisco à Tailândia, nesta sexta-feira, 22 de novembro, a catedral da Assunção de Bangcoc acolheu jovens para participarem da Missa celebrada pelo Papa.

Papa fala aos jovens na Catedral Bangcoc-Foto Vatican News.jpeg

Por meio dos Jovens

Em sua homilia, o Pontífice disse aos jovens que, por meio deles, "entra o futuro nestas terras e no mundo", e Deus "conta convosco para continuar hoje a sua missão":

"Assim como Deus tinha um plano para o povo escolhido, também tem um plano para cada um de vós. Ele é o primeiro a sonhar em convidar-nos a todos para um banquete que devemos preparar juntos, Ele e nós, como comunidade: o banquete do seu Reino, do qual ninguém pode ser excluído".

Vamos ao encontro de Cristo Senhor, que vem!

Comentando as leituras do dia, o Papa disse em sua homilia, ao comentar o Evangelho:

"O Evangelho que acabamos de ouvir, convida a pormo-nos em movimento com o olhar fixo no futuro, para nos encontrarmos com o mais belo dom que nos reserva:

a vinda definitiva de Cristo à nossa vida e ao nosso mundo.

Demos-Lhe as boas-vindas ao nosso meio, com imensa alegria e amor como só vós, jovens, sabeis fazer!

Sabemos que, antes de sairmos à sua procura, já o Senhor nos procurava; vem ao nosso encontro e chama-nos a partir da história que é necessário construir, criar, inventar.

Vamos com alegria, porque sabemos que Ele nos espera lá."

Pelos Jovens entra o futuro e Deus conta com eles

Francisco afirmou que "o Senhor sabe que através de vós, jovens, entra o futuro nestas terras e no mundo, e conta convosco para continuar hoje a sua missão (cf. Christus vivit, 174). "

"Assim como Deus tinha um plano para o povo escolhido, também tem um plano para cada um de vós.

Ele é o primeiro a sonhar em convidar-nos a todos para um banquete que devemos preparar juntos, Ele e nós, como comunidade: o banquete do seu Reino, do qual ninguém pode ser excluído."

Preparados para receber o Senhor?

"O Evangelho de hoje fala-nos de dez jovens convidadas a olhar para o futuro e participar na festa do Senhor.

O problema é que algumas delas não estavam preparadas para O receber; não porque adormeceram, mas porque lhes faltou o azeite necessário, o combustível interno para manter aceso o fogo do amor.

Com grande entusiasmo e motivação, queriam tomar parte na chamada e convocação do Mestre, mas, com o tempo, as forças e os anseios foram-se amortecendo, apagando, e chegaram tarde.

É uma parábola daquilo que pode acontecer conosco, os cristãos, quando ouvimos, cheios de entusiasmo e decisão, a chamada do Senhor para tomar parte no seu Reino e partilhar a sua alegria com os outros.

Mas com frequência, perante os problemas e obstáculos que muitas vezes são tantos (como cada um de vós bem sabe, no seu coração), perante o sofrimento de pessoas queridas ou a impotência sentida face a situações que parecem impossíveis de ser alteradas, então a desconfiança e a amargura podem ganhar espaço e infiltrar-se silenciosamente nos nossos sonhos, fazendo com que se resfrie o coração, percamos a alegria, e cheguemos tarde.

Por isso, gostaria de vos perguntar: Quereis manter vivo o fogo que vos pode iluminar no meio da noite e das dificuldades? Quereis preparar-vos para responder à chamada do Senhor? Quereis estar prontos para cumprir a sua vontade?"

O azeite e a catedral que testemunha a Fé

O Papa continuou falando aos jovens tailandeses:

"Como obter o azeite que vos mantenha em movimento e encoraje a buscar o Senhor em todas as situações?

Sois herdeiros duma magnífica história de evangelização, que vos foi transmitida como um tesouro sagrado.

Esta bela Catedral é testemunha da fé em Jesus Cristo que tiveram os vossos antepassados: a sua fidelidade, profundamente arraigada, impeliu-os a cumprir boas obras, a construir o outro templo ainda mais esplêndido, composto de pedras vivas para poder levar o amor misericordioso de Deus às pessoas do seu tempo.

E conseguiram fazê-lo, porque estavam convencidos daquilo que o profeta Oseias diz na primeira Leitura de hoje: Deus lhes falará com ternura, os abraçará com um amor forte, para sempre (cf. Os 2, 16.21-22)."

Não apagar o fogo do Espírito

Em sua longa homilia Francisco ainda disse:

"Queridos amigos, para que o fogo do Espírito não se apague e possais manter despertos o olhar e o coração, é necessário estar bem arraigados na fé dos mais velhos: pais, avós e mestres. Não para ficar prisioneiros do passado, mas para aprender a ter a mesma coragem, capaz de nos ajudar a responder às novas situações históricas.

A vida deles resistiu a muitas provações e sofrimentos.

Mas descobriram, ao longo do caminho, que o segredo dum coração feliz é a segurança que encontramos quando estamos ancorados, enraizados em Jesus: na sua vida, nas suas palavras, na sua morte e ressurreição."

Conselho: Arraigados em Cristo, olhai com alegria e confiança

"Queridos jovens, sois uma nova geração, com novas esperanças, sonhos e interrogativos; seguramente também com algumas dúvidas, mas, enraizados em Cristo, convido-vos a manter viva a alegria e a não ter medo de olhar para o futuro com confiança.

Arraigados em Cristo, olhai com alegria e confiança.

Esta condição nasce da certeza de se saber procurado, encontrado e amado infinitamente pelo Senhor.

A amizade cultivada com Jesus é o azeite necessário para iluminar o caminho; não só o vosso caminho, mas também o de todas as pessoas que vos rodeiam: amigos, vizinhos, colegas de estudo e trabalho, mesmo o caminho de quantos estão em total desacordo convosco.

Vamos ao encontro de Cristo Senhor, que vem!

Não tenhais medo do futuro nem vos deixeis aviltar; pelo contrário, sabei que lá está à vossa espera o Senhor para preparar e celebrar a festa do seu Reino."

(ARM)

 

 

Loading
Papa fala aos jovens na Catedral Bangcoc

Bangcoc - Tailândia (Sexta-feira, 22-11-2019, Gaudium Press) Ainda no contexto da viagem apostólica do Papa Francisco à Tailândia, nesta sexta-feira, 22 de novembro, a catedral da Assunção de Bangcoc acolheu jovens para participarem da Missa celebrada pelo Papa.

Papa fala aos jovens na Catedral Bangcoc-Foto Vatican News.jpeg

Por meio dos Jovens

Em sua homilia, o Pontífice disse aos jovens que, por meio deles, "entra o futuro nestas terras e no mundo", e Deus "conta convosco para continuar hoje a sua missão":

"Assim como Deus tinha um plano para o povo escolhido, também tem um plano para cada um de vós. Ele é o primeiro a sonhar em convidar-nos a todos para um banquete que devemos preparar juntos, Ele e nós, como comunidade: o banquete do seu Reino, do qual ninguém pode ser excluído".

Vamos ao encontro de Cristo Senhor, que vem!

Comentando as leituras do dia, o Papa disse em sua homilia, ao comentar o Evangelho:

"O Evangelho que acabamos de ouvir, convida a pormo-nos em movimento com o olhar fixo no futuro, para nos encontrarmos com o mais belo dom que nos reserva:

a vinda definitiva de Cristo à nossa vida e ao nosso mundo.

Demos-Lhe as boas-vindas ao nosso meio, com imensa alegria e amor como só vós, jovens, sabeis fazer!

Sabemos que, antes de sairmos à sua procura, já o Senhor nos procurava; vem ao nosso encontro e chama-nos a partir da história que é necessário construir, criar, inventar.

Vamos com alegria, porque sabemos que Ele nos espera lá."

Pelos Jovens entra o futuro e Deus conta com eles

Francisco afirmou que "o Senhor sabe que através de vós, jovens, entra o futuro nestas terras e no mundo, e conta convosco para continuar hoje a sua missão (cf. Christus vivit, 174). "

"Assim como Deus tinha um plano para o povo escolhido, também tem um plano para cada um de vós.

Ele é o primeiro a sonhar em convidar-nos a todos para um banquete que devemos preparar juntos, Ele e nós, como comunidade: o banquete do seu Reino, do qual ninguém pode ser excluído."

Preparados para receber o Senhor?

"O Evangelho de hoje fala-nos de dez jovens convidadas a olhar para o futuro e participar na festa do Senhor.

O problema é que algumas delas não estavam preparadas para O receber; não porque adormeceram, mas porque lhes faltou o azeite necessário, o combustível interno para manter aceso o fogo do amor.

Com grande entusiasmo e motivação, queriam tomar parte na chamada e convocação do Mestre, mas, com o tempo, as forças e os anseios foram-se amortecendo, apagando, e chegaram tarde.

É uma parábola daquilo que pode acontecer conosco, os cristãos, quando ouvimos, cheios de entusiasmo e decisão, a chamada do Senhor para tomar parte no seu Reino e partilhar a sua alegria com os outros.

Mas com frequência, perante os problemas e obstáculos que muitas vezes são tantos (como cada um de vós bem sabe, no seu coração), perante o sofrimento de pessoas queridas ou a impotência sentida face a situações que parecem impossíveis de ser alteradas, então a desconfiança e a amargura podem ganhar espaço e infiltrar-se silenciosamente nos nossos sonhos, fazendo com que se resfrie o coração, percamos a alegria, e cheguemos tarde.

Por isso, gostaria de vos perguntar: Quereis manter vivo o fogo que vos pode iluminar no meio da noite e das dificuldades? Quereis preparar-vos para responder à chamada do Senhor? Quereis estar prontos para cumprir a sua vontade?"

O azeite e a catedral que testemunha a Fé

O Papa continuou falando aos jovens tailandeses:

"Como obter o azeite que vos mantenha em movimento e encoraje a buscar o Senhor em todas as situações?

Sois herdeiros duma magnífica história de evangelização, que vos foi transmitida como um tesouro sagrado.

Esta bela Catedral é testemunha da fé em Jesus Cristo que tiveram os vossos antepassados: a sua fidelidade, profundamente arraigada, impeliu-os a cumprir boas obras, a construir o outro templo ainda mais esplêndido, composto de pedras vivas para poder levar o amor misericordioso de Deus às pessoas do seu tempo.

E conseguiram fazê-lo, porque estavam convencidos daquilo que o profeta Oseias diz na primeira Leitura de hoje: Deus lhes falará com ternura, os abraçará com um amor forte, para sempre (cf. Os 2, 16.21-22)."

Não apagar o fogo do Espírito

Em sua longa homilia Francisco ainda disse:

"Queridos amigos, para que o fogo do Espírito não se apague e possais manter despertos o olhar e o coração, é necessário estar bem arraigados na fé dos mais velhos: pais, avós e mestres. Não para ficar prisioneiros do passado, mas para aprender a ter a mesma coragem, capaz de nos ajudar a responder às novas situações históricas.

A vida deles resistiu a muitas provações e sofrimentos.

Mas descobriram, ao longo do caminho, que o segredo dum coração feliz é a segurança que encontramos quando estamos ancorados, enraizados em Jesus: na sua vida, nas suas palavras, na sua morte e ressurreição."

Conselho: Arraigados em Cristo, olhai com alegria e confiança

"Queridos jovens, sois uma nova geração, com novas esperanças, sonhos e interrogativos; seguramente também com algumas dúvidas, mas, enraizados em Cristo, convido-vos a manter viva a alegria e a não ter medo de olhar para o futuro com confiança.

Arraigados em Cristo, olhai com alegria e confiança.

Esta condição nasce da certeza de se saber procurado, encontrado e amado infinitamente pelo Senhor.

A amizade cultivada com Jesus é o azeite necessário para iluminar o caminho; não só o vosso caminho, mas também o de todas as pessoas que vos rodeiam: amigos, vizinhos, colegas de estudo e trabalho, mesmo o caminho de quantos estão em total desacordo convosco.

Vamos ao encontro de Cristo Senhor, que vem!

Não tenhais medo do futuro nem vos deixeis aviltar; pelo contrário, sabei que lá está à vossa espera o Senhor para preparar e celebrar a festa do seu Reino."

(ARM)

 

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/106259-Papa-fala-aos-jovens-na-Catedral-Bangcoc. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Ano Jubilar Mariano ocorre por ocasião dos 400 anos do encontro da sagrada imagem de Nossa Senhor ...
 
As velas acesas do Advento simbolizam nossa fé, nossa alegria, nossa esperança que não decepciona ...
 
O acontecimento ocorrerá em todas as Dioceses da nação latino-americana no próximo domingo, 08 d ...
 
O Ministério Público estadual e federal da Austrália impôs uma medida que visa obrigar os sacerd ...
 
Dom Thomas Olmsted, Bispo de Phoenix, Arizona, concedeu uma entrevista por ocasião dos 50 anos de s ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading