Loading
 
 
 
Loading
 
Nicarágua: estudantes defendem a Igreja contra ataques das autoridades
Loading
 
22 de Novembro de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Nicarágua - Manágua (Sexta-feira, 22-11-2019, Gaudium Press) A indignação popular suscitada em Nicarágua pelo assédio policial a um templo e o ataque à Catedral de Manágua no qual ficaram feridos um sacerdote e uma religiosa se expressou na última terça-feira, 19, em uma manifestação dos estudantes da Universidade Centroamericana (UCA) de Manágua. Os manifestantes tentaram sair do recinto gritando slogans como "Na Igreja não se toca" e "A Igreja se respeita", mas foram contidos dentro da instituição por parte da Polícia Orteguista, gerando assim um enfrentamento.

Nicarágua estudantes defendem a Igreja contra ataques das autoridades.png

O ponto auge dos protestos convocados espontaneamente como apoio ao Padre Rodolfo López e a religiosa Arelys Guzmán, feridos por simpatizantes do governo no interior da Catedral, se produziu nas portas da universidade, fechadas por agentes da polícia.

A tropa de choque lutou com os manifestantes, que responderam jogando água sobre os uniformizados, mas não conseguiram abrir as portas para levar seus protestos às ruas. Uma das participantes na marcha, a jovem ativista Zayda Hernández, relatou aos meios de comunicação que ficou comovida até às lágrimas quando conheceu sobre a agressão sofrida pelo Padre López.

Os estudantes expressaram aos meios que os protestos anônimos são o único meio de expressão que encontram diante dos perigos de assédio por parte da Polícia Orteguista. Segundo declararam ao informativo ‘La Prensa', o governo "não está respeitando nada, não deixa nem protestar, já não estão respeitando nem a Igreja Católica". (EPC)

Loading
Nicarágua: estudantes defendem a Igreja contra ataques das autoridades

Nicarágua - Manágua (Sexta-feira, 22-11-2019, Gaudium Press) A indignação popular suscitada em Nicarágua pelo assédio policial a um templo e o ataque à Catedral de Manágua no qual ficaram feridos um sacerdote e uma religiosa se expressou na última terça-feira, 19, em uma manifestação dos estudantes da Universidade Centroamericana (UCA) de Manágua. Os manifestantes tentaram sair do recinto gritando slogans como "Na Igreja não se toca" e "A Igreja se respeita", mas foram contidos dentro da instituição por parte da Polícia Orteguista, gerando assim um enfrentamento.

Nicarágua estudantes defendem a Igreja contra ataques das autoridades.png

O ponto auge dos protestos convocados espontaneamente como apoio ao Padre Rodolfo López e a religiosa Arelys Guzmán, feridos por simpatizantes do governo no interior da Catedral, se produziu nas portas da universidade, fechadas por agentes da polícia.

A tropa de choque lutou com os manifestantes, que responderam jogando água sobre os uniformizados, mas não conseguiram abrir as portas para levar seus protestos às ruas. Uma das participantes na marcha, a jovem ativista Zayda Hernández, relatou aos meios de comunicação que ficou comovida até às lágrimas quando conheceu sobre a agressão sofrida pelo Padre López.

Os estudantes expressaram aos meios que os protestos anônimos são o único meio de expressão que encontram diante dos perigos de assédio por parte da Polícia Orteguista. Segundo declararam ao informativo ‘La Prensa', o governo "não está respeitando nada, não deixa nem protestar, já não estão respeitando nem a Igreja Católica". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/106266-Nicaragua--estudantes-defendem-a-Igreja-contra-ataques-das-autoridades. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Ano Jubilar Mariano ocorre por ocasião dos 400 anos do encontro da sagrada imagem de Nossa Senhor ...
 
As velas acesas do Advento simbolizam nossa fé, nossa alegria, nossa esperança que não decepciona ...
 
O acontecimento ocorrerá em todas as Dioceses da nação latino-americana no próximo domingo, 08 d ...
 
O Ministério Público estadual e federal da Austrália impôs uma medida que visa obrigar os sacerd ...
 
Dom Thomas Olmsted, Bispo de Phoenix, Arizona, concedeu uma entrevista por ocasião dos 50 anos de s ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading