Loading
 
 
 
Loading
 
Viver um Advento de "espera vigilante", convite do Reitor do Santuário de Fátima aos peregrinos
Loading
 
3 de Dezembro de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Fátima - Portugal (Terça-feira, 03-12-2019, Gaudium Press) "Há muitas coisas que nos fazem adormecer na nossa fé e nos distraem quotidianamente do que é essencial":

Viver um advento de espera vigilantae convite do reitor do Santuário de Fátima.jpg

"a rotina que se vai instalando na nossa relação com Deus e com os outros;

a sedução dos caminhos fáceis que nos afastam de Deus;

as mil e uma preocupações que preenchem os nosso dias e que tantas vezes nos distraem".

Esta foram palavras do padre Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima ao assinalar durante Missa no domingo o início do Advento deste Novo Ano litúrgico.

Convite aos peregrinos

O reitor do Santuário de Fátima convidou os peregrinos presentes na missa dominical na Basílica da Santíssima Trindade a fazerem do Advento um tempo de "espera vigilante" e alertou para os riscos das distrações que consomem o dia-a-dia e fazem "esmorecer a fé", a relação com Deus e com os outros.

Vigiar, ser vigilante, Ano Pastoral

"Vigiar é estar vigilante é estar desperto, atento, não adormecido" afirmou o padre Carlos Cabecinhas na primeira homilia do novo ano pastoral que começa em Fátima nesse Domingo do Advento e que é inspirado no tema "Dar graças por viver em Deus" .

"Estar atento e vigilante não é um convite a uma atitude passiva, de cruzar os braços, mas sim uma atitude ativa que implica conversão do coração e compromisso efetivo com a vontade de Deus", esclareceu o reitor no início de suas palavras.

Os Santos Pastorinhos

Padre Carlos desafiou os peregrinos a aprender o sentido desta vigilância com os Santos Pastorinhos, Francisco e Jacinta Marto.

Desta marca de atenção e vigilância o reitor destacou "a centralidade de Deus nas suas vidas", o tempo dedicado à oração com Jesus e a atenção para com os outros, nomeadamente nos sacrifícios que faziam.

Advento, espera, escuta da Palavra de Deus

"Este tempo de Advento é desafio a um tempo de escuta mais atenta e assídua da palavra de Deus para, à luz dessa palavra, avaliarmos as nossas atitudes e as nossas opções" concluiu o reitor.

 

(JSG)

 

Loading
Viver um Advento de "espera vigilante", convite do Reitor do Santuário de Fátima aos peregrinos

Fátima - Portugal (Terça-feira, 03-12-2019, Gaudium Press) "Há muitas coisas que nos fazem adormecer na nossa fé e nos distraem quotidianamente do que é essencial":

Viver um advento de espera vigilantae convite do reitor do Santuário de Fátima.jpg

"a rotina que se vai instalando na nossa relação com Deus e com os outros;

a sedução dos caminhos fáceis que nos afastam de Deus;

as mil e uma preocupações que preenchem os nosso dias e que tantas vezes nos distraem".

Esta foram palavras do padre Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima ao assinalar durante Missa no domingo o início do Advento deste Novo Ano litúrgico.

Convite aos peregrinos

O reitor do Santuário de Fátima convidou os peregrinos presentes na missa dominical na Basílica da Santíssima Trindade a fazerem do Advento um tempo de "espera vigilante" e alertou para os riscos das distrações que consomem o dia-a-dia e fazem "esmorecer a fé", a relação com Deus e com os outros.

Vigiar, ser vigilante, Ano Pastoral

"Vigiar é estar vigilante é estar desperto, atento, não adormecido" afirmou o padre Carlos Cabecinhas na primeira homilia do novo ano pastoral que começa em Fátima nesse Domingo do Advento e que é inspirado no tema "Dar graças por viver em Deus" .

"Estar atento e vigilante não é um convite a uma atitude passiva, de cruzar os braços, mas sim uma atitude ativa que implica conversão do coração e compromisso efetivo com a vontade de Deus", esclareceu o reitor no início de suas palavras.

Os Santos Pastorinhos

Padre Carlos desafiou os peregrinos a aprender o sentido desta vigilância com os Santos Pastorinhos, Francisco e Jacinta Marto.

Desta marca de atenção e vigilância o reitor destacou "a centralidade de Deus nas suas vidas", o tempo dedicado à oração com Jesus e a atenção para com os outros, nomeadamente nos sacrifícios que faziam.

Advento, espera, escuta da Palavra de Deus

"Este tempo de Advento é desafio a um tempo de escuta mais atenta e assídua da palavra de Deus para, à luz dessa palavra, avaliarmos as nossas atitudes e as nossas opções" concluiu o reitor.

 

(JSG)

 


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O monumental presépio é um dos maiores de Andaluzia, ganhando ano após ano mais fama e presença. ...
 
O problema do sofrimento não está tanto no que o ocasiona, mas no modo como é suportado. Ele exis ...
 
Apesar de ser uma apresentação gratuita, os espectadores são convidados a doarem ao menos um quil ...
 
Podemos correr o risco de fazer a festa sem a presença do festejado e o que Ele é e significa para ...
 
Magnificat: Maria nos ensina duas coisas: sermos fervorosos com Deus e críticos ou realistas conos ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading