Loading
 
 
 
Loading
 
Em pleno Advento “Netflix dá bofetão no rosto dos cristãos; zomba de nossa fé”
Loading
 
9 de Dezembro de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Redação (Segunda-feira, 09-12-2019, Gaudium Press) "Debochado e desrespeitoso ao extremo" para com a fé cristã.
Estas são palavras de Dom Henrique Soares da Costa, Bispo de Palmares (PE), ditas a propósito do filme de Natal lançado pela Netflix.

 

Em pleno Advento Netflix dá bofetão no rosto dos cristãos, zomba de nossa fé- Foto Face Book.jpg

Dom Henrique ainda exortou os fiéis a cancelaram sua assinatura da plataforma de streaming, "como um presente a Nosso Senhor".

Apresentado como um especial de Natal, no dia 3 de dezembro, a Netflix estreou o filme ‘A Primeira Tentação de Cristo', do Porta dos Fundos.

A sinopse apresentada pela empresa já mostra o desrespeito que deve imperar no filme: Jesus retorna de uma viagem de 40 dias pelo deserto e é surpreendido com uma festa surpresa pelos seus 30 anos.

O filme retrata os personagens caricaturados e o próprio Cristo como sendo homossexual.

"Sem Netflix: um simples e belo presente para Deus nascido da Virgem"


O lançamento do filme gerou diversas reações de cristãos, incentivando o cancelamento da assinatura de Netflix, como manifestação contra obra.

No último sábado, Dom Henrique Soares da Costa somou-se aos protestos nascidos desse lançamento. Através das redes sociais ele publicou seu protesto que tinha o título:

"Sem Netflix: um simples e belo presente para Deus nascido da Virgem".

Palavras de Dom Henrique

O Prelado lamenta que, "em pleno tempo de preparação para o Natal do Senhor, a Netflix deu um bofetão no rosto de todos os cristãos; cuspiu na nossa cara, zombando da nossa fé".

Dom Henrique contou que era assinante da plataforma de streaming, mas, "nesta semana, desfiz a minha assinatura".

"Tinha que desfazê-la! Era o mínimo que poderia fazer! Desfi-la e senti-me feliz, contente, como quem presta uma homenagem a Alguém muito amado!", afirmou.

Força demoníaca

Segundo ele, "certamente instigada pela força demoníaca que tem inspirado tantos e tantos corações e mentes nestes tempos de neo-paganismo", a Netflix ofereceu como "especial de Natal" neste ano "um filme blasfemo, vulgar e desrespeitoso para com o nosso Deus e Senhor Jesus Cristo e sarcástico com a fé de todos os cristãos".

Liberdade de Expressão , Filme debochado e Ação Judicial

Conforme assinalou o Bispo de Palmares, diante de um "filme debochado e desrespeitoso ao extremo com alguém a quem você ama", talvez o "ideal" seria promover uma "ação judicial".

"Mas, com a desculpa de liberdade de expressão, todo lixo é permitido, todo sarcasmo para com a fé alheia é louvado, tudo quanto trinca e corrói os alicerces da nossa cultura e da nossa sociedade é reputado como avanço e progresso".

"O que nos resta fazer, se realmente cremos no Senhor Jesus Cristo, se O amamos, se O confessamos como Deus verdadeiro feito verdadeiro homem?

Uma só coisa: atingir essa gente naquilo que realmente lhe importa: o bolso! Sim, porque o deus dessa turma é o dinheiro", expressou.

Cancelar a Netflix e amor a Jesus

"Como Bispo da Igreja", Dom Henrique exortou "vivamente aos cristãos: neste Natal, proclame seu amor, sua fé, seu respeito em relação a Nosso Senhor Jesus Cristo; mostre que seu amor por Ele é real e ativo: cancele a assinatura da Netflix e lá, no menu apropriado, explique o motivo: ‘desrespeito por Jesus Cristo', ‘desrespeito pelo cristianismo'".

"Este cancelamento é uma interessante prova do quanto Cristo é ou não Alguém realmente significativo na sua vida!", sublinhou.

Perguntas incômodas

E mesmo a quem "não acredita que Jesus seja o Cristo de Deus, mas é um cidadão sensato, uma pessoa de bem, de visão ampla", o Prelado convidou a refletir:

"para onde vai uma sociedade que desrespeita a religião e a sensibilidade das pessoas?
Como construiremos um espaço de tolerância e respeito deste modo?
É positivo zombar dos valores religiosos caros à grande maioria de uma sociedade, divertir-se fazendo chacota com realidades que são sagradas para muitos?
A Netflix tinha o direito moral de fazê-lo?".

Mesmo não sendo Cristão ou crente

"Se você acha isto um erro grave, peço-lhe que, mesmo não sendo crente, também cancele sua assinatura, em nome da saúde da nossa sociedade e da boa convivência entre os brasileiros! Cancele e diga o motivo: ‘falta de respeito pela religião dos demais'".

Segundo o Bispo de Palmares, "não devemos nunca permitir que se desrespeite os valores e legítimos sentimentos religiosos ou morais das pessoas, sejam a que religião pertençam...

O que desejava partilhar

Assim concluiu Dom Henrique em seu pronunciamento feito nas redes sociais:

"Era isto que desejava partilhar. E também minha alegria imensa de, num um pequeno gesto, ter dado um humilde sinal de amor pelo meu querido Jesus Cristo, como um presente a Nosso Senhor.

Nunca esqueça: ‘Deus amou tanto o mundo que entregou o Seu Filho único'... (Jo 3,16)

Escarnecê-Lo deveria sempre tocar profundamente todo cristão que preze este nome de discípulo do Salvador".

(JSG)

Loading
Em pleno Advento “Netflix dá bofetão no rosto dos cristãos; zomba de nossa fé”

Redação (Segunda-feira, 09-12-2019, Gaudium Press) "Debochado e desrespeitoso ao extremo" para com a fé cristã.
Estas são palavras de Dom Henrique Soares da Costa, Bispo de Palmares (PE), ditas a propósito do filme de Natal lançado pela Netflix.

 

Em pleno Advento Netflix dá bofetão no rosto dos cristãos, zomba de nossa fé- Foto Face Book.jpg

Dom Henrique ainda exortou os fiéis a cancelaram sua assinatura da plataforma de streaming, "como um presente a Nosso Senhor".

Apresentado como um especial de Natal, no dia 3 de dezembro, a Netflix estreou o filme ‘A Primeira Tentação de Cristo', do Porta dos Fundos.

A sinopse apresentada pela empresa já mostra o desrespeito que deve imperar no filme: Jesus retorna de uma viagem de 40 dias pelo deserto e é surpreendido com uma festa surpresa pelos seus 30 anos.

O filme retrata os personagens caricaturados e o próprio Cristo como sendo homossexual.

"Sem Netflix: um simples e belo presente para Deus nascido da Virgem"


O lançamento do filme gerou diversas reações de cristãos, incentivando o cancelamento da assinatura de Netflix, como manifestação contra obra.

No último sábado, Dom Henrique Soares da Costa somou-se aos protestos nascidos desse lançamento. Através das redes sociais ele publicou seu protesto que tinha o título:

"Sem Netflix: um simples e belo presente para Deus nascido da Virgem".

Palavras de Dom Henrique

O Prelado lamenta que, "em pleno tempo de preparação para o Natal do Senhor, a Netflix deu um bofetão no rosto de todos os cristãos; cuspiu na nossa cara, zombando da nossa fé".

Dom Henrique contou que era assinante da plataforma de streaming, mas, "nesta semana, desfiz a minha assinatura".

"Tinha que desfazê-la! Era o mínimo que poderia fazer! Desfi-la e senti-me feliz, contente, como quem presta uma homenagem a Alguém muito amado!", afirmou.

Força demoníaca

Segundo ele, "certamente instigada pela força demoníaca que tem inspirado tantos e tantos corações e mentes nestes tempos de neo-paganismo", a Netflix ofereceu como "especial de Natal" neste ano "um filme blasfemo, vulgar e desrespeitoso para com o nosso Deus e Senhor Jesus Cristo e sarcástico com a fé de todos os cristãos".

Liberdade de Expressão , Filme debochado e Ação Judicial

Conforme assinalou o Bispo de Palmares, diante de um "filme debochado e desrespeitoso ao extremo com alguém a quem você ama", talvez o "ideal" seria promover uma "ação judicial".

"Mas, com a desculpa de liberdade de expressão, todo lixo é permitido, todo sarcasmo para com a fé alheia é louvado, tudo quanto trinca e corrói os alicerces da nossa cultura e da nossa sociedade é reputado como avanço e progresso".

"O que nos resta fazer, se realmente cremos no Senhor Jesus Cristo, se O amamos, se O confessamos como Deus verdadeiro feito verdadeiro homem?

Uma só coisa: atingir essa gente naquilo que realmente lhe importa: o bolso! Sim, porque o deus dessa turma é o dinheiro", expressou.

Cancelar a Netflix e amor a Jesus

"Como Bispo da Igreja", Dom Henrique exortou "vivamente aos cristãos: neste Natal, proclame seu amor, sua fé, seu respeito em relação a Nosso Senhor Jesus Cristo; mostre que seu amor por Ele é real e ativo: cancele a assinatura da Netflix e lá, no menu apropriado, explique o motivo: ‘desrespeito por Jesus Cristo', ‘desrespeito pelo cristianismo'".

"Este cancelamento é uma interessante prova do quanto Cristo é ou não Alguém realmente significativo na sua vida!", sublinhou.

Perguntas incômodas

E mesmo a quem "não acredita que Jesus seja o Cristo de Deus, mas é um cidadão sensato, uma pessoa de bem, de visão ampla", o Prelado convidou a refletir:

"para onde vai uma sociedade que desrespeita a religião e a sensibilidade das pessoas?
Como construiremos um espaço de tolerância e respeito deste modo?
É positivo zombar dos valores religiosos caros à grande maioria de uma sociedade, divertir-se fazendo chacota com realidades que são sagradas para muitos?
A Netflix tinha o direito moral de fazê-lo?".

Mesmo não sendo Cristão ou crente

"Se você acha isto um erro grave, peço-lhe que, mesmo não sendo crente, também cancele sua assinatura, em nome da saúde da nossa sociedade e da boa convivência entre os brasileiros! Cancele e diga o motivo: ‘falta de respeito pela religião dos demais'".

Segundo o Bispo de Palmares, "não devemos nunca permitir que se desrespeite os valores e legítimos sentimentos religiosos ou morais das pessoas, sejam a que religião pertençam...

O que desejava partilhar

Assim concluiu Dom Henrique em seu pronunciamento feito nas redes sociais:

"Era isto que desejava partilhar. E também minha alegria imensa de, num um pequeno gesto, ter dado um humilde sinal de amor pelo meu querido Jesus Cristo, como um presente a Nosso Senhor.

Nunca esqueça: ‘Deus amou tanto o mundo que entregou o Seu Filho único'... (Jo 3,16)

Escarnecê-Lo deveria sempre tocar profundamente todo cristão que preze este nome de discípulo do Salvador".

(JSG)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Cardeal Orani tem exortado os fiéis a seguirem o exemplo de São Sebastião e viverem a missionar ...
 
Celibato: carisma dado a alguns membros da Igreja, chamado para consagrar completamente a vida a Deu ...
 
O Caminho de Santiago de Compostela, cuja meta é a Catedral de Santiago, é conhecido também como ...
 
“A Assembleia da República manifesta o seu pesar pelos mais de 1.000 cristãos mortos em 2019 na ...
 
Seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Príncipe da Paz, Rei dos Reis, Senhor dos Senhores (Isaías 9-6 ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading