Loading
 
 
 
Loading
 
Papa denuncia perseguição e discriminação contra católicos
Loading
 
11 de Dezembro de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 11-12-2019, Gaudium Press) Na Audiência Geral desta quarta-feira, 11/12, realizada na Sala Paulo VI, diante de uma multidão de fiéis e peregrinos, o Papa Francisco criticou a perseguição e discriminação contra cristãos no mundo contemporâneo.

Papa denuncia perseguição e discriminação contra católicos, Foto VaticanNews.jpeg

Antes da audiência geral, Francisco tinha saudado, na Basílica de São Pedro, um grupo de peregrinos ucranianos que festeja os 30 anos do fim da clandestinidade na qual eram obrigados a viver durante a "longa opressão do regime soviético".

Recordando a experiência vivida pelos católicos ucranianos durante o regime soviético, o Papa falou dos sofrimentos deles e da Fé que demonstraram ter e viver:

"Quanto foram perseguidas essas pessoas, quanto sofreram pelo Evangelho!
Mas não negociaram a fé. É um exemplo.
Hoje, no mundo, na Europa, muitos cristãos são perseguidos e dão a vida por causa da sua fé, ou são perseguidos com luvas brancas, ou seja, deixados de lado, marginalizados", afirmou Francisco.

O Pontífice disse ainda que "O martírio é o ar da vida de um cristão, de uma comunidade cristã. Haverá sempre mártires entre nós: e este é o sinal de que estamos seguindo o caminho de Jesus".

Aos peregrinos do Oriente Médio: sejam audazes por Cristo

Na saudação feita aos peregrinos do Oriente Médio, o Papa convidou os católicos do Iraque, Líbano e Síria, presentes no Vaticano, a "não ter medo, a manter a fé perante as provas, sendo audazes por Cristo".

Os batizados são chamados a serem evangelizadores

Francisco ainda saudou os peregrinos de língua portuguesa que estavam na Sala Paulo VI:

"Queridos amigos, não vos esqueçais de que todos os batizados estão chamados a ser evangelizadores.

O Espírito Santo tornar-vos-á capazes de viver e testemunhar a vossa fé e iluminará o coração das pessoas que encontrardes".

"Deixai-vos guiar por Ele, sem medo daquilo que vos peça ou aonde vos mande.
Que Nossa Senhora vos acompanhe e proteja a vós todos e aos vossos entes queridos", acrescentou. " (JSG)

 

Loading
Papa denuncia perseguição e discriminação contra católicos

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 11-12-2019, Gaudium Press) Na Audiência Geral desta quarta-feira, 11/12, realizada na Sala Paulo VI, diante de uma multidão de fiéis e peregrinos, o Papa Francisco criticou a perseguição e discriminação contra cristãos no mundo contemporâneo.

Papa denuncia perseguição e discriminação contra católicos, Foto VaticanNews.jpeg

Antes da audiência geral, Francisco tinha saudado, na Basílica de São Pedro, um grupo de peregrinos ucranianos que festeja os 30 anos do fim da clandestinidade na qual eram obrigados a viver durante a "longa opressão do regime soviético".

Recordando a experiência vivida pelos católicos ucranianos durante o regime soviético, o Papa falou dos sofrimentos deles e da Fé que demonstraram ter e viver:

"Quanto foram perseguidas essas pessoas, quanto sofreram pelo Evangelho!
Mas não negociaram a fé. É um exemplo.
Hoje, no mundo, na Europa, muitos cristãos são perseguidos e dão a vida por causa da sua fé, ou são perseguidos com luvas brancas, ou seja, deixados de lado, marginalizados", afirmou Francisco.

O Pontífice disse ainda que "O martírio é o ar da vida de um cristão, de uma comunidade cristã. Haverá sempre mártires entre nós: e este é o sinal de que estamos seguindo o caminho de Jesus".

Aos peregrinos do Oriente Médio: sejam audazes por Cristo

Na saudação feita aos peregrinos do Oriente Médio, o Papa convidou os católicos do Iraque, Líbano e Síria, presentes no Vaticano, a "não ter medo, a manter a fé perante as provas, sendo audazes por Cristo".

Os batizados são chamados a serem evangelizadores

Francisco ainda saudou os peregrinos de língua portuguesa que estavam na Sala Paulo VI:

"Queridos amigos, não vos esqueçais de que todos os batizados estão chamados a ser evangelizadores.

O Espírito Santo tornar-vos-á capazes de viver e testemunhar a vossa fé e iluminará o coração das pessoas que encontrardes".

"Deixai-vos guiar por Ele, sem medo daquilo que vos peça ou aonde vos mande.
Que Nossa Senhora vos acompanhe e proteja a vós todos e aos vossos entes queridos", acrescentou. " (JSG)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/106565-Papa-denuncia-perseguicao-e-discriminacao-contra-catolicos. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A Imagem peregrina do Santuário de Fátima estará na Argentina até finais de 2020. ...
 
Inveja e ciúme são sentimentos “criminosos, que procuram sempre matar”, “um verme que te co ...
 
“O aplicativo servirá para nos aproximar das pessoas e inovar na evangelização da região”, c ...
 
A mensagem traz reflexões sobre a narração e a importância das histórias na vida dos homens. ...
 
A maioria dos fracassos escolares, segundo o Instituto Nacional de Formação Docente (INFOD), ocorr ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading